Menu Fechar

A BMW lança a R1300GS Adventure no festival Motorrad Days na Alemanha com caixa de velocidades semi-automática opcional

A BMW finalmente levantou o véu da sua nova R1300GS Adventure, revelando a moto em frente de milhares de fãs no festival Motorrad Days deste anom na cidade bávara de Garmisch-Partenkirchen.

A revelação há muito esperada, vem após inúmeras fotos de espionagem, comentários da equipa sénior da BMW e até mesmo um teaser oficial de media social na quarta-feira, 3 de julho. A moto substituirá a R1250GS Adventure que está connosco desde 2019.

A base da nova GSA é o mesmo motor boxer twin de 1300 cc encontrado na R1300GS padrão, que foi revelado antes da temporada de pilotagem de 2024, e vem alojado num quadro principal de chapa metálica. Com um diâmetro e curso de 106,5 x 73, espera-se uma potência de 145 cv às 7750 rpm e mais 149 nm de binário às 6500 rpm.

A GS existente também mantém o impressionante farol de LED com design em cruz, além do sistema de controlo de cruzeiro guiado por radar frontal que também oferece avisos de colisão, aviso de mudança de faixa e muito mais, sendo a maior alteração visual o depósito de combustível em alumínio achatado.

A capacidade foi aumentada para 30 litros – contra os 19 da R1300GS – elevando o peso em ordem de marcha para 269 kg. Como resultado, apresenta agora um conjunto de ombros mais largo – com um farol LED adicional colocado de cada lado, a ladear o bico dianteiro.

Concebido para aumentar a proteção do motociclista contra as intempéries, o perfil lateral do depósito também foi alterado, com superfícies planas de cada lado com borracha anti-derrapante para colocar objectos quando se está parado.

Uma inspeção mais atenta revela também três pontos de montagem pré-fixados para um saco de depósito de 12 litros feito à medida, que estará disponível como acessório opcional. A bagagem adicional é composta por uma mala superior em alumínio de 37 litros e um espaço combinado de 73,5 litros para as malas. A mala esquerda maior, de 37 litros, oferece também uma útil tomada de carregamento USB.

Como seria de esperar, a R1300GS Adventure está repleta de actualizações electrónicas em relação à 1250, que vão desde toques elegantes como as faixas indicadoras integradas no protetor de mãos, até um sistema de suspensão auto-rebaixável para facilitar a vida aos condutores mais baixos com a altura do assento de 870 mm-890 mm.

Também tem quatro modos de condução de série, além do habitual conjunto de ajudas ao condutor sensíveis à inclinação, incluindo o controlo de retenção em subida, ABS em curva e muito mais. Existe também um modo de condução Enduro extra opcional para exploração fora de estrada.

Voltando à suspensão, a nova GSA recebe algo chamado Ajuste Dinâmico da Suspensão (DSA) de série. Utilizando computadores de bordo inteligentes, o sistema semi-ativo combina amortecimento dianteiro e traseiro ajustável com ajustes na taxa de mola em tempo real, dependendo do modo de condução selecionado, das condições de condução e dos resultados do condutor.

Além disso, a taxa de mola também muda com base na carga da mota – seja um motociclista a solo, ou a dois com um passageiro, ou carregado com a bagagem de um fim de semana.

Ao parar, a altura de condução também pode ser reduzida em 30 mm para garantir uma posição mais plana. Tudo isto funciona em conjunto com um sistema “EVO Telelever” na frente e “EVO Paralever” na traseira, ambos alegadamente mais rígidos e reactivos.

A R1300GSA tem uma série de equipamentos de série, incluindo punhos aquecidos e ignição sem chave. No entanto, sendo uma BMW, existe também um extenso catálogo de extras opcionais para ir mais longe.

Isto inclui a bagagem já mencionada e o sistema de aviso de colisão, sendo que até o descanso central tem um custo adicional. Outros acessórios incluem também bancos confortáveis, um alarme anti-roubo, entre outros.

Para além disso, estão disponíveis vários pacotes de cores e acabamentos. De série em vermelho, a moto pode ser actualizada para um design Triple Black, GS Trophy ou Option 719 Karakorum, cada um com um nível diferente de equipamento de série.

Na altura do lançamento, a BMW também confirmou que a R1300GS Adventure estará disponível com a opção de uma função Automated Shift Assistant (ASA). Revelado como um conceito no início de maio de 2024, o sistema elimina a necessidade de uma alavanca de embraiagem e até oferece um modo totalmente automático. A marca alemã tem estado a trabalhar neste sistema nos últimos cinco anos.

Todo o sistema ASA é essencialmente uma transmissão de motociclo convencional controlada por computador, com actuadores eléctricos que accionam a embraiagem para arrancar e parar e que mudam as relações de transmissão.

No modo “M”, o condutor ainda pode selecionar as mudanças, utilizando um pedal de controlo tradicional, com o modo “D” a oferecer pontos de mudança pré-seleccionados, para uma experiência de condução mais fácil. A alavanca das mudanças está ligada a um pequeno veio no interior do motor, com um sensor que detecta quando o condutor a move para cima ou para baixo. Não existe qualquer ligação mecânica.

Entretanto, a unidade de controlo da transmissão ajusta os parâmetros de mudança de velocidade de acordo com o estilo de condução e o modo de condução em que a moto se encontra.

Sérgio Gonçalves

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.