Menu Fechar

A PORSCHE APRESENTA DUAS NOVAS VERSÕES E-HYBRID DO PANAMERA

A Porsche está a expandir a gama do Panamera com as variantes 4 E-Hybrid e 4S E-Hybrid. As novas versões híbridas plug-in oferecem valores de aceleração e performance de condução impressionantes, bem como uma E-Performance melhorada: a autonomia elétrica é agora de até 96 quilómetros.

A Porsche continua a expandir a gama de motorizações do Panamera. A berlina desportiva recebe, como parte da estratégia E-Performance, as variantes.

Panamera 4 E-Hybrid e o Panamera 4S E-Hybrid. Esta é a resposta da Porsche ao forte interesse em vários mercados por motorizações híbridas eficientes e dinâmicas. Desta forma, o Panamera estará disponível num total de quatro variantes com esta tecnologia de propulsão.

Motorização: performance híbrida otimizada

O Panamera 4 E-Hybrid é particularmente eficiente e versátil. De forma a produzir uma aceleração potente, a Porsche combinou um novo sistema e-hybrid com um renovado motor V6 de 2,9 litros biturbo a gasolina (224 kW/304 CV). A potência combinada chega aos 346 kW (470 CV) de potência e um binário máximo de 650 Nm, o que permite acelerar dos 0 aos 100 km/h em 4,1 segundos e atingir uma velocidade máxima de 280 km/h. A autonomia elétrica do Panamera 4 E-Hybrid aumenta para até 96 quilómetros em ciclo WLTP (autonomia em urbano).

No caso do Panamera 4S E-Hybrid há um maior foco na dinâmica de condução, bem como uma entrega sustentada de potência numa gama superior de rotações. O motor seis cilindros de 2,9 litros biturbo debita 260 kW (353 CV). A potência combinada é de 400 kW (544 CV) e 750 Nm de binário. Com estes valores, o Panamera 4S E-Hybrid acelera dos 0 aos 100 km/h em 3,7 segundos e atinge uma velocidade máxima de 290 km/h.

Em comparação com a geração anterior, todos os modelos Panamera E-Hybrid oferecem um incremento da autonomia elétrica, carregamentos mais rápidos, uma melhor resposta ao acelerador e melhor performance de condução em praticamente todos os capítulos. Com 25,9 kWh (capacidade bruta), a nova bateria oferece cerca de 45% mais capacidade num espaço semelhante. Em simultâneo, o novo carregador de 11 kW (AC) reduz o tempo de carregamento para 2 horas e 39 minutos. Com 140 kW (190 CV) e 450 Nm de binário, o novo motor elétrico oferece um incremento significativo de potência face ao antecessor. Este encontra-se integrado na transmissão de forma eficiente e otimizada em termos de peso, bem como na circulação de arrefecimento do óleo da transmissão PDK. O design do rotor interno reduz a inércia em 50%, o que melhora a resposta ao acelerador. O motor elétrico também contribui para o aumento significativo da autonomia elétrica dos modelos Panamera E-Hybrid ao permitir uma recuperação de energia de até 88 kW.

Modos de condução E-Hybrid otimizados

Os quatro modos de condução específicos E-Hybrid, bem como os modos Sport e Sport Plus melhorados, otimizam ainda mais a eficiência dos modelos E-Hybrid. Estas versões arrancam sempre em modo E-Power, ou seja, 100% elétrico. Quando o nível da bateria fica abaixo de um determinado valor mínimo, o sistema muda automaticamente para o modo Hybrid Auto, que adapta a estratégia consoante a situação de condução atual. Para além disso, com a orientação ativa do trajeto no modo Hybrid Auto, o funcionamento é ainda mais otimizado através do conhecimento do trajeto que se vai percorrer. Desta forma, é possível maximizar a proporção de distâncias percorridas apenas em modo elétrico no trânsito urbano e aumentar a eficiência. O sistema utiliza dados do automóvel e de navegação para este propósito.

No modo E-Hold, o nível da bateria é preservado. Já no modo E-Charge, o motor de combustão carrega a bateria até 80% fora da cidade e acima dos 55 km/h, enquanto o Panamera utiliza os benefícios da eficiência da condução híbrida em cidade. Nos modos Sport e Sport Plus, a Porsche reduz o objetivo do nível da bateria para 20% e 30%, respetivamente (anteriormente 30% e 80%). Isto aumenta a eficiência sem sacrificar a performance.

Versões E-Hybrid com suspensão ativa inovadora

A Porsche equipa todas as variantes do novo Panamera de série com suspensão pneumática adaptativa incluindo Porsche Active Suspension Management (PASM) com amortecedores de duas válvulas. A inovadora suspensão ativa Porsche Active Ride também está disponível para os modelos E-Hybrid. Combina a capacidade de oferecer uma tração e uma performance em curva otimizados com um elevado grau de conforto. Cada amortecedor individual – equipado com a tecnologia de duas válvulas – tem uma bomba hidráulica operada de forma elétrica, que é alimentada pelo sistema de 400 volts e que pode ser usada para aumentar ativamente as forças nas fases de compressão e de expansão. Desta forma, a suspensão absorve quase por completo os movimentos da carroçaria causados pelas imperfeições da estrada e mantém o veículo sempre na horizontal durante uma condução mais dinâmica. Os amortecedores funcionam até 13 Hz, o que significa que podem ajustar a configuração até 13 vezes por segundo e, assim, reagir rapidamente à respetiva situação de condução e à estrada. A tecnologia também permite funções inovadoras como a sobrecompensação de movimentos de inclinação e rolamento, bem como a elevação da carroçaria ao entrar e sair do veículo. 

Detalhes desportivos e equipamento de série melhorado

Todas as variantes do novo Panamera possuem um design atlético e moderno. Na secção dianteira o visual é caracterizado por faróis em LED Matrix, disponíveis de série, e uma entrada de ar na horizontal adicional. Na traseira a berlina desportiva destaca-se pelas luzes traseiras com um design contínuo e o óculo traseiro sem moldura. Os frisos das janelas em cor Prata realçam a linha lateral do veículo.

O equipamento de série do Panamera 4 E-Hybrid inclui jantes de 19 polegadas, pinças de travão em Preto e faróis em LED Matrix. O inovador sistema de faróis em LED HDMatrix de alta resolução está disponível como opcional. O Panamera 4S E-Hybrid distingue-se pelas jantes Panamera AeroDesign de 20 polegadas, saídas de escape desportivas em cor Prata e pinças de travão em Vermelho. As pinças de travão em Verde Ácido e em Preto estão disponíveis como opcional. O Panamera 4S E-Hybrid está equipado de série com pinças de travão de dez êmbolos no eixo dianteiro. Em alternativa, o PCCB (Porsche Ceramic Composite Brake) está disponível para esta versão em combinação com jantes de 21 polegadas. Os discos em compósito cerâmico têm 440 mm de diâmetro no eixo dianteiro e 410 mm no eixo traseiro.

Lançamento e preços

O Porsche Panamera 4 E-Hybrid e o Panamera 4S E-Hybrid já estão disponíveis para encomenda. O equipamento de série do Panamera inclui ainda o ParkAssist e um compartimento para smartphones refrigerado e com carregamento sem fios de até 15W. Estão também disponíveis opções como o eixo traseiro direcional, o Remote ParkAssist, o Porsche InnoDrive incluindo manutenção ativa na faixa de rodagem, o ecrã para o passageiro e o sistema de qualidade do ar. A carroçaria Executive, com uma distância entre eixos mais longa, é oferecida em mercados específicos. Opções

como a climatização automática de quatro zonas ou a consola central de grandes dimensões estão incluídas de série.

Em Portugal, os preços do Panamera 4 E-Hybrid começam nos 133.019 euros e do Panamera 4 E-Hybrid Executive nos 144.757 euros. No que diz respeito ao Panamera 4S E-Hybrid, o preço arranca nos 148.796 euros. As entregas na Europa têm início no segundo trimestre de 2024.

Sérgio Gonçalves

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.