Menu Fechar

ABERTURA DE ENCOMENDAS DO NOVO CITROËN C3 AIRCROSS: O SUV COMPACTO MULTIENERGIAS MAIS ACESSÍVEL, CONFORTÁVEL DE ATÉ 7 LUGARES

Numa mudança radical na forma como aborda o mercado dos SUV compactos, a Citroën reinventou completamente o C3 Aircross. Na sua variante europeia, este novíssimo modelo partilha a plataforma Smart Car com o novo C3, o que lhe permite posicionar-se a um preço muito atrativo; outras caraterísticas comuns aos dois modelos incluem a nova identidade da marca e o mesmo estilo, tanto no interior como no exterior. Um verdadeiro SUV, proporciona proteção, robustez, facilidade de acesso e sensação de segurança, a par de um estilo assertivo, musculado e moderno. A estatura e as dimensões do novo C3 Aircross mudaram com o seu novo posicionamento. Com 4,39 metros de comprimento, a versão de 5 lugares oferece o melhor espaço interior do seu segmento na segunda fila. Paralelamente, a Citroën propõe também uma nova versão de 7 lugares, inédita no segmento: concebida com as mesmas proporções, oferece uma flexibilidade de utilização inigualável, mantendo-se compacta e manobrável.

Espaçoso e bem equipado, o novo C3 Aircross oferece uma condução quotidiana fácil e confortável, tanto em cidade como em estrada. A Citroën está sempre atenta às expetativas dos seus clientes em termos de conforto, espaço e praticidade. Assim, o novo C3 Aircross apresenta o conceito C-Zen-Lounge® com Head-Up Display e um volante de dimensões reduzidas, bem como novos bancos Citroën Advanced Comfort® redesenhados para um apoio ótimo dos ocupantes. O conforto de condução é reforçado graças à adoção das suspensões Citroën Advanced Comfort® com duplos batentes hidráulicos progressivos – disponível pela primeira vez no modelo e em todas as versões. E para uma maior tranquilidade, o C3 Aircross oferece todas as tecnologias de assistência à condução esperadas neste segmento, bem como um sistema de infoentretenimento de última geração com um ecrã tátil de 10,25 polegadas.

Para além de um motor a gasolina, o novo C3 Aircross propõe duas alternativas de eletrificação: um grupo propulsor Híbrido 48V de 136 cv, particularmente polivalente, que favorece a redução dos consumos, e uma versão 100% elétrica. Com uma autonomia superior a 300 km (certificação em curso), a versão elétrica facilita a vida quotidiana: pode recarregar dos 20% aos 80% em apenas 26 minutos e utiliza a aplicação ë-ROUTES – um planeador de viagens que se adapta em tempo real às evoluções de trânsito no trajeto. Em 2025 estará disponível uma versão com uma autonomia superior a 400 km.

Depois de reinventar o C3, a Citroën repete o feito com o novo C3 Aircross: um conceito de SUV familiar perfeito para pessoas ativas que procuram modularidade e robustez. É produzido na Europa, na fábrica de Trnava. Já disponível para encomenda, o C3 Aircross torna a mobilidade elétrica acessível a partir de 26.490€ e dá acesso à eletrificação a partir de 24.590€ com a versão Hybrid 136Na versão tradicional a gasolina, está disponível a partir de 18.990€.

1. UM SUV FAMILIAR COM UM DESIGN PODEROSO E ROBUSTO

Com 4,39 m de comprimento, o novo C3 Aircross adota novas proporções e uma nova atitude. O seu design exterior exprime força e potência ao estilo SUV. A nova atitude é mais assertiva, mais musculada e mais robusta – com um estilo mais vertical e ângulos mais acentuados. O novo SUV C3 Aircross integra a nova linguagem formal da Citroën, aplicada aos SUV.

Desde o início do projeto, quisemos reforçar a posição do C3 Aircross no mundo dos SUV. Optámos por um design robusto e bem afirmado, com um estilo musculado e que denota força. Com mais de 20 centímetros de distância ao solo, uma posição de condução elevada e subtis jogos de luz no seu design, o novíssimo C3 Aircross dá o próximo passo e torna-se um verdadeiro SUV“, Boris Reinmoller, Gestor de Design do Projeto C3 Aircross.

Reinterpretar a nova identidade visual da Citroën

Com um design assertivo e gráfico, e sustentado por guarda-lamas amplos e robustos, o novo C3 Aircross é um autêntico SUV. Os frisos dianteiros apresentam color clips verticais que os clientes podem alterar à vontade. O design da secção dianteira integra o novo logótipo revelado no concept car Oli em 2021 e recentemente adotado pelas berlinas ë-C3 e C3. O desenho dos faróis faz referência à nova assinatura luminosa de três pontos também inaugurada no Oli. O carácter SUV está bem patente no capot alto e horizontal e nas linhas verticais da frente. Com uma largura de 1,79 metros, o design confere músculo e força aos guarda-lamas dianteiros, os quais cobrem as grandes jantes até 690 milímetros. As proteções das cavas das rodas são inspiradas no conceito de design quadrado-redondo introduzido nas berlinas ë-C3 e C3. Linhas subtis e arestas animam as laterais do automóvel.

Nas laterais, os genes SUV traduzem-se num equilíbrio perfeito. A sua altura de 1,66 m (com barras de tejadilho) e o tejadilho plano proporcionam um espaço a bordo generoso para todos os passageiros. Mais de 200 mm de distância ao solo oferecem maior proteção e fácil acesso, bem como uma posição de condução mais elevada. O longo vidro traseiro – sem defletor – permite muita luz a bordo, e o painel lateral traseiro apresenta um friso de cor personalizável, que faz a ligação com o do para-choques. A asa traseira reproduz o aspeto muscular da asa da frente e introduz as características luzes traseiras. Os farolins continuam o estilo inaugurado no concept Oli e nas berlinas ë-C3 e C3, enquanto a zona traseira reforça o aspeto robusto do C3 Aircross.

O acabamento bicolor disponível de série no nível Max, em branco ou preto – facilita a personalização; a continuidade entre a terceira janela lateral e a porta traseira reforça a independência do tejadilho. Incorporando a mesma faixa preta e o novo logótipo da frente do automóvel, a ampla porta da bagageira apresenta um design recortado com uma soleira de carga baixa, para um acesso fácil à bagageira.

O novo C3 Aircross está mais evoluído e as suas proporções são as de um verdadeiro SUV, com um capot muito horizontal e uma frente vertical muito pronunciada. As proporções são equilibradas, com um controlo perfeito das saliências e uma silhueta que demonstra a sua força. O design parece ter sido executado a partir de um único traço e é muito consistente“, afirmou Boris Reinmoller.

2. UM SUV COMPACTO E ESPAÇOSO QUE PODE ACOMODAR ATÉ 7 PESSOAS

Novas dimensões para mais espaço e praticidade

Com apenas 4,39 m de comprimento, o novo C3 Aircross tem um comportamento e agilidade excelentes, facilitando as manobras em cidade. A distância entre eixos de 2,67 m oferece o máximo de espaço a bordo: a versão de 5 lugares oferece um espaço recorde na segunda fila e uma bagageira de 460 litros. Para os clientes que procuram uma versatilidade ainda maior, o C3 Aircross está também disponível numa versão muito funcional de 7 lugares.

O novo C3 Aircross está disponível nas versões de 5 e 7 lugares, com formas de carroçaria e dimensões exteriores idênticas, permitindo aos clientes escolher a versão que corresponde às suas necessidades e desejos. A distância entre eixos de 2,67 m – a mais generosa da categoria – permite um comprimento sem precedentes das portas traseiras, proporcionando um excelente acesso à segunda fila na versão de 5 lugares e à terceira fila na versão de 7 lugares.

O novo Citroën C3 Aircross foi concebido para ser compatível com sete pessoas a bordo. E quando se concebe uma silhueta suficientemente espaçosa para 7 pessoas, é inevitável que a versão de 5 lugares seja a melhor da categoria em termos de espaço na segunda fila e de volume da bagageira“, afirma Thierry Blanchard, Gestor de Produto do Projeto C3 Aircross.

A versão de 7 lugares: engenhosa e versátil

A Citroën propõe uma inédita versão de 7 lugares no novo C3 Aircross. A conceção do painel traseiro cria uma zona traseira dinâmica e vertical, proporcionando um amplo espaço para os passageiros da terceira fila. Uma porta traseira de grandes dimensões e os encostos dos bancos de fácil reclinação na segunda fila (40/60) facilitam o acesso aos lugares traseiros, os quais incluem dois bancos suplementares confortáveis e retráteis. Disponíveis sempre que necessário, são constituídos por um banco e dois encostos que podem ser rebatidos 50/50, proporcionando uma superfície de carga plana quando não estão a ser utilizados.

Na sua versão de 7 lugares, o C3 Aircross oferece o mesmo comprimento joelho-joelho na segunda fila que a berlina C3, uma largura ao nível dos cotovelos 25 mm superior à média da classe e um generoso espaço para a cabeça. A terceira fila está equipada da mesma forma que os outros bancos, com apoios de cabeça, apoios de braços, suportes para copos, uma tomada USB, uma zona para os pés e ar condicionado. A nova versão de 7 lugares do C3 Aircross equilibra na perfeição um exterior compacto com o espaço interior. Com 93% dos proprietários europeus de B-SUV a conduzir menos de 80 km por dia, os dois bancos traseiros da versão de 7 lugares são a solução perfeita. Com todos os bancos ocupados, o volume da bagageira é de 40 litros, sendo de 330 litros na configuração de 5 lugares.

A versão de 5 lugares: um espaço interior líder no segmento

A versão de 5 lugares do C3 Aircross dispõe de um banco corrido 40/60, 65 mm mais recuado do que na versão de 7 lugares. O resultado é um espaço muito generoso na segunda fila, com o melhor espaço para os joelhos da categoria (+80 mm em comparação com a média do segmento). Os três ocupantes do banco corrido também beneficiam do melhor espaço para os cotovelos do mercado (+25 mm em comparação com a média do segmento). A reclinação de 65 mm do banco não prejudica os 460 litros de espaço da bagageira, um dos melhores do mercado.

De fácil acesso – com uma soleira baixa e de formato quadrado – a bagageira tem também um piso de duas posições, proporcionando uma superfície de carga completamente plana quando os encostos dos bancos traseiros na proporção 40/60 são rebatidos. Nesta configuração, oferece uns impressionantes 1.600 litros de volume. Com vários “truques na manga”, o C3 Aircross tem a flexibilidade para tornar a vida quotidiana mais fácil para toda a família. Prático, versátil e tranquilizador, continua suficientemente compacto para tornar a condução citadina livre de stress.

3 – UMA GAMA MULTIENERGIAS ACESSÍVEL

Em linha com a aposta da Citroën de proporcionar soluções acessíveis e centradas nas pessoas, o novo SUV compacto oferece uma gama movida a diferentes energias e a um preço ultracompetitivo. O novo C3 Aircross baseia-se na plataforma Smart Car, concebida para acolher uma gama de veículos de combustão interna, híbridos e elétricos. Este novo veículo demonstra o compromisso da Citroën em integrar os desafios da transição energética em todos os seus desenvolvimentos de produto. A par de um motor de combustão interna tradicional, o C3 Aircross propõe, pela primeira vez, uma gama híbrida: facilitando o acesso à eletrificação, a sua versatilidade adapta-se perfeitamente a este tipo de carroçaria. E para ir ainda mais longe, o novo C3 Aircross estará disponível pela primeira vez como veículo 100% elétrico.

O híbrido: um motor a gasolina com acesso à eletrificação

O novo C3 Aircross disponibiliza uma nova motorização Híbrida 136 equipada com uma caixa de velocidades automática e-DCT. O híbrido de 48V utiliza o motor 1.2 PureTech de nova geração, desenvolvido especificamente para aplicações híbridas, com 40% de componentes totalmente novos. Com uma cilindrada de 1.199 cm3, este motor de 3 cilindros desenvolve 100 kW/136 cv. Tem um turbocompressor de geometria variável e uma corrente de distribuição que contribui para a sua robustez. O motor de ciclo Miller é combinado com uma transmissão automática de dupla embraiagem eletrificada e-DCT que incorpora um motor elétrico de 21 kW/28 cv alimentado por uma bateria de iões de lítio de 48 V alojada sob o piso.

O grupo propulsor é fácil de utilizar e não necessita de carregamentos. Ideal para as famílias, reduz o consumo de combustível e as emissões, o que é bom para a carteira e para o planeta. O motor elétrico (máquina síncrona de ímanes permanentes) ajuda o motor de combustão interna a reduzir o consumo de combustível de forma transparente, permitindo uma condução 100% elétrica durante quase 50% da utilização urbana e recarregando a bateria durante a desaceleração. Esta nova transmissão é produzida em França e oferece a melhor otimização em termos de configuração e de custo. Assim, as emissões de C02 da versão híbrida foram reduzidas para apenas 124 g de CO2/km (homologação em curso). Esta nova experiência de condução estará disponível para um público tão vasto quanto possível, tanto na versão de 5 como na de 7 lugares.

Paralelamente a esta motorização eletrificada, a Citroën propõe para o C3 Aircross uma motorização turbo a gasolina de 75 kW/100 cv. Este motor PureTech Turbo 100 de 3 cilindros, associado a uma caixa manual de 6 velocidades, cumpre as normas Euro7. Esta versão estará disponível ao preço mais competitivo do mercado.

O primeiro SUV compacto totalmente elétrico da Citroën

Pela primeira vez no segmento dos SUV familiares do segmento B, a Citroën propõe uma versão elétrica do seu C3 Aircross de 5 lugares. Perfeitamente adaptada aos hábitos de condução dos clientes deste segmento, a versão elétrica é alimentada por um motor de 83 kW/113 cv associado a uma bateria LFP (fosfato de ferro-lítio) de 44 kWh. Esta tecnologia oferece o equilíbrio perfeito entre as performances exigidas (autonomia superior a 300 km – homologação pendente) e um preço muito acessível. O seu motor e a sua transmissão totalmente automática oferecem uma aceleração linear com um binário imediatamente disponível e uma velocidade máxima de 145 km/h. A versão 100% elétrica do C3 Aircross oferece um desempenho adequado para se inserir facilmente no tráfego diário.

O C3 Aircross 100% elétrico facilita a vida aos seus utilizadores, especialmente quando se trata de fazer o carregamento. O cabo Modo 3 – fornecido de série – permite o carregamento tanto em casa como em locais públicos:

  • O carregamento standard em corrente alternada de 20% a 80% da bateria demora cerca de 4 horas e 10 minutos, utilizando 7 kW de potência.
  • O carregamento normal em corrente alternada de 20% a 80% da bateria demora cerca de 2 horas e 50 minutos, utilizando 11 kW de potência.

O carregamento rápido também está disponível com carregadores DC de 100 kW, levando apenas 26 minutos para ir de 20% a 80% da carga.

Em 2025 será disponibilizada uma versão equipada com uma bateria diferente, que aumentará a autonomia para mais de 400 km.

O C3 Aircross 100% elétrico responde plenamente às preocupações dos condutores ainda apreensivos com a transição para a mobilidade elétrica. A nova aplicação e-ROUTES – desenvolvida para os veículos elétricos Citroën – permite planear facilmente as suas viagens, monitorizar os níveis de carga da bateria em tempo real e desfrutar de uma experiência de navegação completa. A aplicação ajuda a reduzir os tempos de viagem e indica as melhores paragens para carregamento. Em constante ligação com os dados do veículo (nomeadamente o nível de carga da bateria), a situação do tráfego e o estado dos pontos de carregamento ao longo do itinerário selecionado, assegura a gestão mais eficaz dos percursos.

4 – CONFORTO E TRANQUILIDADE

Cheio de espaço e de luz, o C3 Aircross oferece todas as caraterísticas de uma sala de estar sobre rodas. A sua posição de condução elevada e a generosa distância ao solo facilitam a entrada e a saída, ao mesmo tempo que proporcionam uma visão mais clara da estrada. A sensação de conforto é primordial, proporcionada pelas exclusivas suspensões Citroën Advanced Comfort®, pelo conceito C-Zen Lounge – que combina um painel de instrumentos tranquilizador com o novo sistema de visão frontal – e pelos bancos Citroën Advanced Comfort®.

Suspensões e bancos Citroën Advanced Comfort

O novo C3 Aircross foi concebido para oferecer o melhor equilíbrio entre conforto e prazer, quer estejam uma ou sete pessoas a bordo. Para alcançar este resultado, as suspensões Advanced Comfort®, exclusivas da Citroën, são de série em todas as versões. Este design inovador e patenteado garante uma sensação única de conforto aos ocupantes do veículo, independentemente das condições da estrada.

As suspensões Citroën Advanced Comfort® reformulam as duas funções básicas de um sistema de suspensão: assegurar um contacto ótimo entre as rodas e a superfície da estrada e definir um nível de conforto perfeito para os passageiros. Uma suspensão convencional – agora abandonada pela Citroën – utiliza uma mola e um amortecedor hidráulico para gerir estas duas funções. A mola absorve as irregularidades da estrada, enquanto o amortecedor suporta a mola na sua fase de relaxamento após um impacto: um batente no topo do amortecedor absorve a compressão da mola nos seus últimos centímetros. Este batente protege os componentes mecânicos do veículo, mas não dissipa totalmente a energia, afetando negativamente o conforto dos passageiros.

Os engenheiros da Citroën repensaram completamente esta arquitetura, criando um sistema patenteado de batentes hidráulicos progressivos. Estes atuam como um segundo amortecedor mais pequeno, alojado nas extremidades do amortecedor principal. Existem dois batentes progressivos por amortecedor, um para a compressão e outro para a extensão. Esta configuração da suspensão garante uma maior suavidade e conforto em pequenas irregularidades, sem comprometer o amortecimento necessário para manter a carroçaria controlada quando se conduz numa estrada irregular. Neste último caso, o sistema abranda gradualmente o movimento no final do curso. Ao contrário de um batente mecânico num amortecedor convencional – que absorve a energia e reduz o conforto ao libertar parte dela sob a forma de um choque – o batente hidráulico progressivo absorve e dissipa esta energia. O efeito “tapete mágico”, tão importante para a Citroën, sente-se claramente, melhorando a experiência de condução a bordo do C3 Aircross.

O novo C3 Aircross apresenta também os novos bancos Advanced Comfort®. Equipados com uma nova superfície de assento que inclui mais 10 a 15 mm de espuma, apresentam um apoio lateral redesenhado para garantir o conforto independentemente da distância a percorrer.

C-Zen Lounge: uma nova arquitetura para uma maior tranquilidade

O C3 Aircross herda o trabalho efetuado nos novos ë-C3 e C3. O habitáculo moderno, espaçoso e bem equipado do Citroën C-Zen Lounge é aqui levado à sua conclusão lógica, com novos materiais e cores.

O painel de bordo horizontal – com as saídas de ar verticais caraterísticas da Citroën – está dividido em dois níveis: elementos técnicos na parte superior e conforto na parte inferior. Conhecida como Sofa Design, esta área é revestida por um tecido especial e embelezada em ambas as extremidades com novas zonas de luz calorosa, que contribuem para a sensação de bem-estar. Na secção superior, a ausência de comandos permite uma visão mais clara, para maior conforto de condução e segurança. As informações essenciais à condução são projetadas de forma inteligente num head-up display. O pequeno volante multifunções, regulável em altura e em ângulo, é fácil de manusear. O ecrã de informações na junção entre o painel de instrumentos e a parte inferior do para-brisas é uma novidade num SUV familiar. Esta caraterística inovadora elimina a necessidade de um ecrã duplo, dando ao condutor toda a informação de que necessita sem que este tire os olhos da estrada.

5 – UM SUV FAMILIAR CONECTADO E BEM EQUIPADO

Seja qual for a fonte de energia que o cliente escolher, o C3 Aircross abre novos caminhos com a sua combinação de design, espaço, conforto a bordo e equipamento – tudo a um preço ultracompetitivo.

Um SUV conectado

O novo C3 Aircross disponibiliza um sistema de infoentretenimento e toda a conectividade que se espera deste tipo de veículo.

A versão You do novo C3 Aircross inclui a Smartphone Station, que integra um suporte para smartphone. O condutor pode então lançar automaticamente a aplicação dedicada utilizando a tecnologia sem fios NFC. Graças à Smartphone Station, o condutor pode aceder a atalhos para serviços no seu smartphone, controlados por reconhecimento de voz. Pode também aceder ao rádio, às listas de reprodução e à navegação. Os comandos no volante do C3 Aircross permitem aos condutores manter as mãos no volante e o botão Home facilita o regresso à página inicial da aplicação.

As versões Max do C3 Aircross incluem um ecrã de infoentretenimento a cores de 10,25 polegadas, ligeiramente orientado para o condutor. Utiliza uma arquitetura de widgets inspirada nos smartphones. Os atalhos virtuais permitem aceder às principais funções de navegação, telefone, rádio, aplicações e multimédia. Uma função WiFi sem fios permite o espelhamento do smartphone e a compatibilidade com Apple CarPlay e Android Auto. O conforto a bordo é também reforçado pela presença de duas tomadas USB-C à frente e mais duas na segunda fila. Um tapete de carregamento de 15 W está integrado num espaço de arrumação dedicado na consola central.

Tornar a vida quotidiana mais fácil e mais segura

A tecnologia de ajuda à condução não melhora apenas o conforto e a segurança do condutor. Toda a gente a bordo beneficia com isso, assim como os peões.

Travagem de emergência ativa: trata-se de um sistema de travagem de emergência que ajuda a reduzir os ferimentos nos passageiros, peões e ciclistas. Funciona de dia e de noite, desde uma velocidade de 5 km/h e até uma velocidade máxima de 135 km/h.

Alerta ativo de transposição involuntária de faixa de rodagem: este sistema de assistência à manutenção na faixa de rodagem ajuda o condutor a manter a distância correta em relação às marcações da faixa de rodagem. Está ativa a partir dos 60 km/h. Quando o automóvel começa a desviar-se da sua faixa de rodagem, este modo toma automaticamente medidas corretivas.

Alerta ao condutor: este sistema deteta oscilações no C3 Aircross, antecipando a sonolência do condutor. Uma vez detetadas, emite um aviso visual e sonoro. Se a situação persistir, o sistema emite um aviso sonoro mais longo e mantém o aviso visual durante 10 segundos.

Reconhecimento dos sinais de velocidade: este sistema de informação dos limites de velocidade lê os sinais e apresenta a velocidade no campo de visão do condutor, no ecrã HUD situado na base do para-brisas. O condutor é assim informado se for detetado um novo limite de velocidade ou se o estiver a exceder. Este sistema inteligente utiliza igualmente os dados relativos aos limites de velocidade contidos no sistema de navegação. Os avisos sonoros podem ser ativados ou desativados através do painel de instrumentos.

Comutação automática das luzes de estrada: com os Faróis Inteligentes, a câmara do para-brisas comuta os faróis para médios quando deteta um veículo em sentido contrário. Assim que o veículo passa, os máximos são restabelecidos.

Sensores de estacionamento dianteiros e traseiros: os sensores de estacionamento dianteiros e traseiros recolhem dados durante as manobras e avisam o condutor da aproximação de obstáculos, através de um aviso sonoro e de indicações visuais. Os sensores de estacionamento traseiros são ativados assim que a marcha-atrás é engrenada.

Deteção do ângulo morto: utiliza um pictograma iluminado nos espelhos retrovisores para indicar a presença de um veículo no ângulo morto. O sistema funciona segundo o mesmo princípio dos sensores de estacionamento, o que aumenta verdadeiramente a segurança. Está ativo a partir de 30 km/h.

Câmara de visão traseira: quando a marcha-atrás é engrenada, a câmara situada na base da porta da bagageira fornece uma visão da traseira do veículo no ecrã principal. Esta vista apresenta grelhas de cores diferentes para ajudar o condutor a identificar a distância entre os obstáculos e o veículo, e assim avisar de possíveis colisões.

Elétrico por menos de 30.000 euros, a gasolina por menos de 20.000 euros

Após o lançamento do ë-C3 e do C3, a Citroën prossegue a sua missão de tornar a mobilidade elétrica acessível ao maior número possível de pessoas. Graças à versão europeia da nova plataforma internacional “Smart Car” – concebida desde o início para acolher motorizações 100% elétricas, de combustão interna e híbridas – e à sua extrema modularidade, as dimensões do C3 Aircross foram revistas em alta para uma maior habitabilidade e funcionalidade, sem impacto no seu preço de venda. É o primeiro B-SUV do mercado europeu a ser proposto a um preço inferior a 30.000 euros na sua versão 100% elétrica e a menos de 20.000 euros na sua versão de combustão interna PureTech com motor turbo de 100 cavalos e caixa manual de 6 velocidades.

Sérgio Gonçalves

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.