As vendas da SEAT crescem quase 5% até setembro

Published On 14 de Outubro de 2015 | Geral

001SEATConnectRange

As vendas mundiais da SEAT cresceram 4,9% nos primeiros nove meses de 2015. Até setembro, a companhia comercializou 308.400 veículos, 14.400 mais que no período homólogo do ano passado (294.000). As vendas da SEAT mantêem a tendência positiva iniciada em 2013 , com um crescimento impulsionado pelos dois modelos sucesso de vendas, o Leon e o Ibiza, e também graças ao Alhambra. O Toledo, o Mii e o Altea também crescem. Entre janeiro e setembro desde ano, as vendas da SEAT registaram um incremento de 29,5%, face ao mesmo período de 2012 (238.200).

O Leon lidera o crescimento das vendas da marca. Este compacto cresce 5,8%, com 122.400 veículos vendidos, mais 6.800 que nos primeiros nove meses de 2014. A versão familiar do Leon (ST) consolida o seu êxito , com um crescimento de 34,6% (total: 44.100). O Ibiza também cresce, um aumento de 3,3%, e as entregas atingem as 119.100 unidades até setembro. O Alhambra é o modelo que mais cresce percentualmente,13,7%, é o terceiro mais vendido da gama. As vendas até setembro situam-se nas 19.400 unidades.

O presidente do Comité Executivo da SEAT, Jürgen Stackmann, mostrou-se satisfeito com a evolução das vendas: “Crescemos de maneira ininterrupta desde 2013 graças à evolução positiva de todos os nossos modelos e ampliação da gama. Este ano renovámos modelos como o Ibiza, o Alhambra e o Toledo e também lançamos a nova gama CONNECT, que equipa os nossos modelos com as melhores funcionalidades em termos de conectividade”. Stackmann referiu ainda que “continuaremos a ampliar a nossa gama, começando pelo primeiro SUV da companhia, em 2016”.

Os principais mercados, muito sólidos
Até ao momento, a SEAT aumentou as suas vendas na Europa Ocidental em 5,8% (243.100; 2014: 229.700). A Alemanha é o maior mercado, com 66.700 veículos comercializados, 4,8% mais (2014: 63.700). A SEAT figura entre as dez marcas mais vendidas no mercado alemão, com uma quota de mercado de 3%. Em Espanha, a SEAT cresce 17,8% e regista mais 9.300 unidades (61.500; 2014: 52.200), graças à recuperação do sector automóvel. Itália é o terceiro país da Europa Ocidental que mais cresce, com vendas que atingem os 11.900 veículos, 24,7% mais (2014: 9.500).
Em Portugal a SEAT cresce 9,4% face ao período equivalente de 2014 (5.783; 2014 : 5.286 unidades).

A Europa Central e Oriental avançam claramente acima da média, 9,2% (20.200; 2014: 18.500), graças a mercados como a República Checa, onde as vendas crescem 15,5%, com 6.300 veículos entregues (2014: 5.400), e Polónia, que cresce ainda mais, 31,7% (6.000; 2014: 4.500). México (+11,0%; 17.400), Turquia (+50,8%; 11.000) e Israel (+40,7%; 6.500) são também alguns dos mercados que se destacam entre janeiro e setembro. Os três fazem parte do top ten mundial de vendas da SEAT.

Martorell fabrica cerca de 33.000 veículos mais
A produção na fábrica de Martorell aumentou 10,0% nos primeiros nove meses do ano, face ao mesmo periodo de 2014, alcançando os 360.300 veículos fabricados, 32.700 mais (2014: 327.600). A evolução positiva do Leon e do Ibiza, bem como do Audi Q3 , colocam 2015 como o ano de maior produçãp em Martorell desde 2002. Além disso, continua a ser a fábrica em espanha que produz mais automóveis. O Fabrico da SEAT em Palmela (Portugal), Bratislava (Eslováquia) e Mladá Boleslav (República Checa) aumentaram 10,5% até setembro. A SEAT produziu 54.400 veículos nestas fábricas (2014: 49.200).

Segue-me
Latest posts by Rui Augusto (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.