Audi RS2 Avant – A super carrinha

Published On 3 de Junho de 2013 | carros e marcas

audi rs2 avant

A Audi é especialista a criar carrinhas com carisma e muita potência. É um legado que começou justamente na eterna RS2 Avant. Famosa pela sua competência dinâmica e pela sua capacidade de aceleração. Ninguém fica indiferente a este modelo peculiar, e estava na altura de revelar o porquê do sucesso deste modelo entre os aficionados dos automóveis.

O Audi RS2 Avant foi uma edição limitada, de alta performance da Audi. Possuía cinco portas, cinco lugares e tinha apenas um estilo de carroçaria ou seja era uma carrinha ou station wagon como lhe queiram chamar. O período de produção deste modelo vai de Março de 1994 a Julho de 1995 e foi concebido numa colaboração entre a Audi e a Porsche AG. Foi construído sobre a plataforma do Audi Avant 80, designada internamente pelo nome de código P1.

Foi o primeiro automóvel da Audi a receber a sigla “RS”, e o primeiro Avant de altas performances. Era motorizado pela versão mais potente e desenvolvida do motor turbo de 5 cilindros em linha.

audi rs2 avant

Embora não tenha sido amplamente exportado para fora da Europa, com excepção de alguns mercados como Hong Kong, África do Sul, Brasil e Nova Zelândia, o RS2 acumulou um culto impressionante em todo o mundo, e chega a ser considerado muitas vezes como sendo o veículo que firmemente estabeleceu a marca Audi como um produtor de veículos de alta performance. A sua carroçaria, a capacidade para cinco pessoas, e o tradicional sistema Quattro, ou seja o sistema de tração às quatro rodas permanente permitia que qualquer condutor usufruísse confortavelmente e em segurança no dia-a-dia da potência disponível, sem necessitar de ser um condutor experiente.

A sigla RS (Rennsport) é o nível mais alto da gama Audi, seja em termos de desempenho e perfomance como a nível de acabamentos. Os RS são geralmente automóveis produzidos em números limitados, e alguns são pioneiros da tecnologia mais recente e avançada da marca alemã. Obviamente que sendo os topos de gama em várias áreas são também os mais caros. Têm no entanto a vantagem em comparação com os restantes modelos, de aguentarem melhor o seu valor residual no mercado de usados.

005

O respectivo motor, era uma versão modificada de outro motor da Audi, o 2,2 Litros de cinco cilindros 20 válvulas turbo. Esta mecânica gerava uma potência máxima de 315 cavalos às 6.500 rotações por minuto. Embora muito dos componentes do carro fossem fabricados pela Audi, a montagem foi da responsabilidade da Porsche nas suas instalações (Rossle-Bau) em Zuffenhausen, na Alemanha. Essas instalações também produziram o famoso Porsche 959 do qual já aqui falámos no Autoblog.pt.

As capacidades atléticas do Audi RS2 eram notáveis. A aceleração de 0 a 100 km/h era cumprida 4,8 segundos e conseguia atingir uma velocidade máxima de 262 km/h (electronicamente limitada), apesar de pesar mais de 1.600 kg.

530154789_08112e520b_b

Em vários testes realizados em 1995 pela imprensa especializada, os jornalistas conseguiam cumprir o arranque dos 0 aos 48 km/h em apenas 1,5 segundos. Esse valor era melhor do que o obtido pelo supercarro mais veloz da época, o McLaren F1 (também já aqui escrutinado no Autoblog.pt), e também pelo Fórmula 1 de Jacques Villeneuve. Mesmo pelos padrões mais modernos, o seu desempenho é deveras excepcional.

A caixa de velocidades escolhida era manual e tinha seis velocidades. A tracção estava a cargo do famoso sistema Quattro e era uma forma muito eficaz de colocar a potência no solo, algo que a Audi continua a utilizar nos seus modelos RS mais recentes.

audi_rs2_cut-away_95

O Audi RS2 Avant era de facto muito veloz e para travar e controlar todo esse ímpeto, a marca alemã recorreu a um sistema de travagem e suspensão da Porsche. Os discos dianteiros ventilados tinham dimensões generosas, 304 milímetros de diâmetro e eram “mordidos” por pinças de 4 êmbolos da marca Brembo. Na traseira os discos ventilados são de 299 milímetros e também eram equipados com bombas de travão Brembo de quatro êmbolos. Toda a potência e controlo necessário para imobilizar o veloz RS2 em segurança.

As jantes eram da Porsche, modelo Cup, e tinham as respectivas medidas; 7.0 polegadas de largura e 17 de diâmetro. E de origem este modelo saía com pneus de alta performance da marca Dunlop nas medidas 245/40. De facto, o sistema de travagem usava pinças Brembo com o símbolo da Porsche lá estampado, e ambas as jantes e os espelhos laterais eram idênticos em desenho aos do Porsche 964 Turbo.

rs2 avant track

Além disso, a palavra Porsche estava inscrita no emblema RS2 que se encontra fixado na bagageira e na grelha dianteira. No interior encontra-se um volante desportivo de três raios em pele, uns bancos desportivos (Backets) da Recaro que podiam ser encomendados totalmente em pele ou numa combinação de pele e camurça.

Os materiais usados no tablier poderiam ser escolhidos nas opções de configuração aquando da compra. E podia-se escolher entre madeira ou fibra de carbono para alguns de componentes que fazem parte do tablier do RS2.

Foram produzidos inicialmente, aproximadamente, 2.200 unidades do Audi RS2 Avant, porém a sua procura foi muito elevada e os responsáveis da marca alemã acabaram por dar luz verde para o aumento de produção do modelo. Desta foram fabricados 2.891 RS2 no total.

1995_audi_rs2_avant_wallpaper-

Destes, apenas 180 eram configurados com volante à direita, construídos exclusivamente para os mercados do Reino Unido, Nova Zelândia e Sul-africanos onde o volante se encontra à direita.

Parecia uma “simples” carrinha com funções familiares, com 5 lugares e espaço abundante, porém por baixo da carroçaria escondia-se um automóvel potente e muito capaz. Criou uma moda, que hoje é ainda mais visível em termos de sucesso, pois todas as marcas produzem carrinhas com linhas desportivas e com mecânicas capazes de envergonhar muitos desportivos. Aliás algo que o RS2 já fazia no seu tempo, com prestações diabólicas e com uma segurança a toda à prova, em qualquer tipo de condições meteorológicas. É um ícone que se goste ou não do conceito.

Sérgio Gonçalves

One Response to Audi RS2 Avant – A super carrinha

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.