Aumento da velocidade máxima nas autoestradas para 130 km/h em Portugal?

Published On 7 de Outubro de 2013 | Novidades

WOGNUM-SNELWEG-130

Esta é uma ideia defendida pelo Presidente da Prevenção Rodoviária (PRP) para alguns troços de autoestradas nacionais, no dia em que na Espanha o Concelho de Ministros aprovou como velocidade máxima para automóveis ligeiros nas autoestradas os 130 km/h.

Atualmente outros países na Europa, como a França e a Áustria tem como limite máximo os 130 km/h nas suas autoestradas, porém em França esse limite baixa para os 110 km/h se estiver a chover.

O presidente da PRP José Manuel Trigoso referiu à imprensa que: “Existem nas autoestradas alguns troços que possibilitam velocidades superiores a 120 quilómetros por hora e outros em que a velocidade máxima deveria ser inferior, mas não é. Há troços onde está garantida a segurança a 130 km por hora e outros onde isso não acontece”.

Mas José Manuel Trigoso também disse que: “Atualmente, nas autoestradas portuguesas o controlo só é feito a partir dos 150 km/h (30 km/h acima do limite estabelecido), velocidade a partir da qual o condutor pratica uma infração grave, sendo punido com multa e inibição de conduzir”.

Para além este responsável também acredita que: ” um eventual aumento da velocidade máxima para os 130 km/h fizer com que esse controlo suba para os 160, é garantido que aumenta a sinistralidade”.

Já no país vizinho não foi só o aumento de velocidade nas autoestradas que foi aprovado pelo Governo de Mariano Rajoy.

O agravamento das coimas em 100% para quem conduzir sob o efeito do álcool, passando a coima a ser 1000 euros em vez dos acuais 500.

Outra medida prevista na alteração ao código da estrada em Espanha é a que está a levantar mais polémica, já que passará a ser obrigatório o uso de capacete em todas as vias, para os todos os ciclistas com menos de 18 anos.

Já no nosso país os ciclistas não são obrigados a usar capacete.

Sérgio Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.