CADDY MAXI TGI E EDIÇÃO ESPECIAL DARK LABEL

Published On 22 de Julho de 2022 | Notícias, Novidades

A extensa gama de motores a gasolina e Diesel do Caddy foi agora ampliada, na versão de carroçaria Maxi, 35 centímetros mais longa, com a adição de uma motorização alimentada a combustível alternativo: agora passa a estar também disponível com um motor a GNC (Gás Natural Comprimido). O propulsor sobrealimentado de 1,5 litros de cilindrada fornece 131 cavalos de potência e proporciona um bom desempenho de condução e um baixo consumo de energia no maior dos Caddy. O Caddy Maxi TGI atinge, por exemplo, a classificação energética A+, tornando-o no único veículo da gama a consegui-lo.

O Caddy TGI pode ser utilizado de uma forma especialmente atrativa, quer do ponto de vista financeiro, quer do ponto de vista ambiental, consumindo Bio-GNC. O custo do GNC é muito inferior ao da gasolina ou do gasóleo. Um quilograma de GNC também fornece cerca de 1,5 vezes mais energia do que um litro de gasolina e 1,3 vezes mais do que um litro de gasóleo. De forma a conseguir utilizar um automóvel com um custo equivalente ao do Bio-GNC, o preço do gasóleo teria de ser de aproximadamente 75 cêntimos por litro e a gasolina teria de ser ainda mais barata, apenas 65 cêntimos por litro.

Níveis de emissões muito mais baixos do que os dos motores de combustão interna convencionais e até uma condução totalmente neutra em carbono são possíveis através do consumo de Bio-GNC no Caddy TGI. O metano pode ser produzido, por exemplo, a partir de palha ou lodo.

Podem ser armazenados, nos cinco depósitos de aço na parte inferior da carroçaria do veículo, um total de 139 litros ou 21,1 kg de gás natural comprimido. Uma vez que estes estão instalados debaixo do piso, o grande espaço de carga do Caddy Maxi pode continuar a ser utilizado como anteriormente. O sistema propulsor quase monovalente alimentado a GNC do Caddy também dispõe de um tanque adicional para gasolina, com uma capacidade de 8,25 litros. Caso não seja possível chegar a um posto de abastecimento de GNC, existe, assim, uma reserva adequada. Quase monovalente significa que o motor do Caddy arranca com a ajuda da gasolina e depois funciona sempre com GNC, só alternando para gasolina se o depósito de GNC estiver vazio. Esta transição acontece de forma autónoma e impercetível para os ocupantes. Os indicadores de autonomia e de nível de combustível mudam automaticamente para o combustível atualmente em uso.

Com um consumo de 4,3 kg de GNC por cada cem quilómetros percorridos ou, em termos correspondentes, 118 gramas de CO por quilómetro (ciclo combinado), mais de 400 quilómetros a funcionar com GNC e cerca de 120 quilómetros adicionais com um depósito cheio de gasolina deverão ser autonomias possíveis, dependendo do estilo de condução de cada um. Para o conseguir, o Caddy Maxi TGI da Volkswagen Veículos Comerciais utiliza o mais recente motor de 1,5 litros e 131 cv, bem como a plataforma MQB do Grupo Volkswagen, desenvolvida tendo em conta a possibilidade de utilizar GNC.

O novo Caddy TGI está disponível nas variantes Cargo, Kombi, Caddy Life e Style apenas na versão com distância entre eixos longa. Os preços para o Caddy Maxi alimentado a GNC começam nos 23.488,00 euros (líquido/sem IVA) da versão Cargo.

Elegantemente escuro – o novo Caddy Dark Label

Tal como o TGI, a edição especial Dark Label estará em breve disponível para encomenda com os seus inúmeros elementos de design em preto e acabamentos interiores premium. Proposto em apenas quatro cores de pintura exterior, o modelo distingue-se assim, elegantemente, dos outros modelos da gama Caddy.

O novo modelo de edição especial baseia-se na especificação intermédia Life. Além disso, a versão Dark Label tem, por exemplo, calhas de tejadilho pretas, jantes de liga leve pretas Columbo de 17 polegadas com acabamento polido e logotipos específicos com o nome do modelo. As capas dos espelhos retrovisores são também pintadas de preto, os puxadores das portas são da cor da carroçaria do veículo e a calha da porta de correr conta, igualmente, com acabamento preto. Um tejadilho panorâmico de vidro, faróis principais, luzes diurnas e iluminação traseira em LED, bem como o sistema Keyless Start estão incluídos na lista de equipamento.

As quatro cores exteriores que podem ser combinadas com a edição especial Dark Label do Caddy são: Preto Profundo, Cinzento Indium, Azul Estrela e Cinzento Puro.

O Caddy Dark Label pode ser encomendado com uma distância entre eixos curta ou longa. Ao nível da motorização, os clientes podem escolher qualquer um dos motores a gasolina ou a gasóleo, com tração dianteira ou integral, que estão disponíveis para o Caddy, bem como naturalmente, também com o novo motor TGI. O pack Dark Label custa 1.545 € já com iva e é um pacote opcional do modelo Life. Se o cliente quiser acrescentar o pacote interior Dark Label que inclui os pedais cromados, o Ar Condicionado Climatronic, inserções cromadas, volante multifunções em couro e arranque sem chave, terá um custo extra de 410 € já com IVA.

Sérgio Gonçalves
Latest posts by Sérgio Gonçalves (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.