Menu Fechar

Clássicos alemães desfilam elegância

O Passeio dos Alemães reúne, este sábado, alguns dos mais emblemáticos e fascinantes automóveis clássicos de fabrico germânico. É a oportunidade para admirar verdadeiras obras de arte sobre rodas, de marcas como a Mercedes-Benz, Porsche, Volkswagen, BMW, Audi e Borgward, entre outras.

O Passeio dos Alemães é destinado exclusivamente a automóveis de fabrico germânico com mais de 30 anos e futuros-clássicos com mais de 20 anos. Este ano, cerca de centena e meia de máquinas intemporais alinham na 5ª edição do evento, com partidas de Lisboa e do Porto.

Com organização do ACP Clássicos, o passeio é uma oportunidade única para admirar modelos históricos de marcas como a Mercedes-Benz, Porsche, Volkswagen, BMW, Audi, Opel ou Borgward. E nesta edição, destaca-se um Mercedes-Benz 300 Adenauer de 1952, que recebeu esta designação pelo facto de o primeiro Chanceler da Alemanha Ocidental, Konrad Adenauer, ter requisitado seis exemplares ao seu serviço. Construídos na década de 1950, estes Mercedes-Benz eram considerados topos de gama ao nível dos Rolls-Royce Silver Cloud e dos Bentley S1.

Também da marca de Estugarda vai participar no Passeio um Mercedes-Benz Ponton de 1956, um modelo que chegou a ser uma escolha popular nos táxis, em Portugal. Entre as raridades deste Passeio dos Alemães conta-se um belíssimo Borgward Isabella Coupé de 1960. Já a Norte, o automóvel mais antigo é um Volkswagen 1200 de 1954, outro modelo popular entre os aficionados dos clássicos.

Pelos caminhos de Portugal

Em Lisboa, a concentração está marcada para a Tribuna de Honra do Estádio Nacional do Jamor. Segue-se um percurso que vai levar os participantes ao Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas, um espaço que exibe coleções de arqueologia provenientes das estações arqueológicas existentes no concelho de Sintra. De regresso à estrada, o destino é Enxara do Bispo (Mafra), para um almoço com vista para a Serra do Socorro.

No Porto, a concentração acontece na delegação do ACP, na Rua Gonçalo Cristóvão, seguindo-se a visita a uma coleção privada de Mercedes-Benz históricos, em Braga. Na cidade dos Arcebispos, o programa prossegue com uma visita ao Mosteiro de S. Martinho de Tibães, um dos edifícios mais antigos de Braga, que no séc. XVI se tornou na “Casa-Mãe” da congregação de São Bento em Portugal. De Braga, o passeio continua até Matosinhos, para o almoço e convívio final.

Com o apoio da C. Santos VP e da Perfumes e Companhia, o Passeio dos Alemães promete ser mais um evento de celebração da cultura automóvel e de descoberta do território nacional.

Programa do Passeio dos Alemães – Sul:

09H00 Concentração em Lisboa (Estádio Nacional do Jamor)

10H15 Partida do Passeio em direção à zona Oeste

11H30 Visita ao Museu de S. Miguel de Odrinhas (Sintra)

12H30 Partida em direção ao Gradil passando pela Serra do Socorro

13H00 Chegada à Casa de Reguengos (Enxara do Bispo)

13H30 Almoço na Casa de Reguengos (Enxara do Bispo)

Programa do Passeio dos Alemães – Norte:

09H00 Concentração na Sede do ACP no Porto (R. Gonçalo Cristóvão)

09H45 Partida do Passeio em direção a Braga

11H00 Visita a Coleção de Mercedes-Benz históricos (Braga)

12H00 Visita ao Mosteiro de Tibães (Braga)

13H30 Chegada à Casa do Ribeirinho (Matosinhos)

14H00 Almoço na Casa do Ribeirinho (Matosinhos)

Sérgio Gonçalves

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.