Menu Fechar

Dacia revela o novo Duster

O novíssimo Dacia Duster abre o próximo capítulo na história de um modelo que se tornou num modelo de referência no seu mercado. É um ícone completo, que sintetiza tudo o que a marca Dacia representa: “Robusto e Outdoor”, “Essencial mas Cool” e “Eco-Smart”. O Duster nasceu em 2010, foi revisto pela primeira vez em 2017 e ascendeu ao topo ao reescrever o livro de regras dos SUV.

O Duster é uma história de sucesso comprovado. Nos seus 13 anos de carreira, foi distinguido com mais de 40 prémios, a sua produção ascende a 2,2 milhões de unidades e a sua popularidade não pára de aumentar, sendo o SUV mais vendido na Europa em todos os segmentos do mercado retalhista em 2022. Cerca de 1.000 SUVs Duster saem das linhas de produção da fábrica da Dacia em Pitesti, na Roménia, todos os dias – cerca de um por minuto!

A Dacia reinventou o design do Duster. Continua a ter a aparência marcante que impulsionou as gerações anteriores para o topo – especialmente o seu carácter de SUV sólido e robusto – mas leva-as mais longe com o novo e distinto design da Dacia.

A equipa de design começou de forma simples, olhando para o habitáculo, o capot e as asas. Em seguida, juntaram-nos no carro inteiro para dar ao modelo um estilo moderno e bem construído, com linhas deliberadamente esticadas e autoconfiantes.

O Novo Duster está protegido por um cinto elegante que o envolve a toda a volta. As protecções laterais sob a carroçaria ligam-se às marcas, depois aos arcos das rodas, que por sua vez se ligam aos para-choques dianteiro e traseiro, tornando o Novo Duster mais robusto e pronto para o exterior do que nunca.

As protecções laterais da parte inferior da carroçaria, as protecções dos arcos das rodas, as marcas, os triângulos no para-choques dianteiro, as placas de proteção dianteiras e traseiras e a cauda da proteção traseira são fabricados num material resistente chamado Starkle®. Concebido pelos engenheiros da Dacia e pelos químicos da LyondellBasell, o material, que foi revelado no concept car Manifesto, é até 20% reciclado. A sua composição inclui partículas brancas que lhe conferem um aspeto manchado, que a Dacia decidiu exibir em vez de pintar.

Esta sensação vem também do novo painel de instrumentos alto e vertical. A forma das saídas de ar, que se assemelham às cavas das rodas, contribui para a sensação de coerência.

Tal como o exterior, o interior inclui todos os elementos essenciais – ou seja, as características que servem um objetivo. A ergonomia foi muito trabalhada, incluindo o ecrã central de 10,1 polegadas posicionado no campo de visão do condutor e com um ângulo de 10° em relação a ele. Os novos controlos da transmissão automática são particularmente fáceis de utilizar. As superfícies planas do volante, em cima e em baixo, tornam-no extremamente confortável de manusear.

Por último, a nova “assinatura em forma de Y” sublinha a ligação entre o interior e o exterior do Novo Duster:

No interior, a superfície das saídas de ar é em forma de Y (e Cobre no acabamento Extreme), e o Y também aparece à volta dos apoios de braços do painel das portas. O nome da marca no centro do volante foi substituído pelo logótipo Dacia.

No exterior, os faróis dianteiros e traseiros do Novo Duster estão dispostos em Y e a mesma forma é visível nas jantes de liga leve. Estas são também isentas de cromo (a forma como os materiais são polidos é o que lhes confere o seu brilho).

O Novo Duster é construído sobre a plataforma CMF-B, que desempenha um papel central na estratégia industrial da Dacia. Esta plataforma competitiva e extremamente flexível foi utilizada pela primeira vez nos últimos modelos Sandero e Logan, e depois no Jogger.

Na plataforma CMF-B, o Novo Duster tem mais espaço para passageiros e bagagens do que a geração anterior, mas é apenas uma fração mais comprido no total. A engenharia avançada da plataforma também reduz as vibrações e o ruído da estrada, aumentando o conforto do condutor. Proporciona um salto quântico no prazer de condução com uma ligação inigualável à estrada.

A plataforma CMF-B também embarcou o Novo Duster na sua viagem para a eletrificação, uma vez que pode acomodar grupos motopropulsores que utilizam tecnologias híbridas moderadas e totalmente híbridas.

As capacidades todo-o-terreno do novo Duster não têm paralelo no mercado dos 4×4 não especializados (“não especializados” significa veículos 4×4 sem transmissões de relação estreita), pelo que os fãs do ar livre podem apreciá-lo sem preocupações.

O novo Duster está disponível com a transmissão 4×4 Terrain Control, que inclui cinco configurações de condução:

Auto: a transmissão distribui automaticamente a potência entre os eixos dianteiro e traseiro de acordo com a aderência das rodas e a velocidade. Neve: optimiza a trajetória em estradas escorregadias com regulações específicas de ESC e antiderrapagem
Lama / Areia: para terrenos instáveis. Off-Road: desempenho de topo em terrenos difíceis. Muito semelhante ao modo 4×4 Lock do Duster atual, mas com a vantagem adicional de distribuir automaticamente e de forma optimizada o binário pelas rodas dianteiras e traseiras em função da aderência e da velocidade Eco: optimiza o consumo de combustível, regulando o ar condicionado e o desempenho do veículo. Optimiza ao máximo a distribuição do binário nos eixos dianteiro e traseiro para limitar o consumo de combustível, adaptando-se à aderência da estrada. A distância ao solo do Novo Duster é de 217 mm (medida entre eixos) na versão 4×4, a mais elevada do mercado.

Com até 31° à frente e 36° atrás (versões 4×4), os ângulos de aproximação e de saída permitem-lhe ultrapassar ainda mais obstáculos. O ângulo ventral é de 24°.

O Novo Duster está equipado com um sistema de controlo de velocidade em descida, especialmente útil em terrenos acidentados e em declives acentuados. O sistema actua principalmente sobre os travões para manter a velocidade do veículo sob controlo (com base nas indicações do condutor) entre 0 e 30 km/h. É acionado independentemente da mudança selecionada (incluindo a marcha-atrás), para que o condutor possa ignorar o pedal do acelerador e do travão e concentrar-se na direção.

É introduzido um novo sistema All Road Info com uma variedade de informações úteis apresentadas no ecrã central de 10,1 polegadas durante a condução fora de estrada.

Exterior: toda a área à volta da carroçaria está agora protegida contra choques e riscos ligeiros. As protecções dos flancos ligam-se às protecções dos arcos das rodas e aos para-choques dianteiro e traseiro, formando um cinto de proteção. As grandes placas antiderrapantes sob os para-choques protegem a parte inferior da carroçaria.

Interior: o habitáculo é resistente. Isto é especialmente evidente na versão Extreme, de série, que inclui estofos TEP MicroCloud laváveis e tapetes de borracha à frente, atrás e na bagageira. Os tapetes são 20% reciclados.

As protecções à volta do automóvel são feitas de Starkle®, um novo material criado pelos engenheiros da Dacia. Não é pintado, pelo que os riscos e arranhões não deixarão marcas visíveis.

O Sleep Pack, introduzido pela primeira vez no Jogger, estará agora também disponível para o novo Duster. Com um design personalizado para o novo Duster, é uma caixa 3 em 1 simples, amovível e acessível, que contém uma cama de casal que se dobra em menos de dois minutos, uma mesa de apoio e espaço de arrumação. O Sleep Pack mede 1,90 metros de comprimento e até 1,30 metros de largura
Uma nova barra de tejadilho, extremamente útil para as actividades ao ar livre e com capacidade para 80 kg (peso dinâmico máximo). Fixa-se sem esforço nas barras de tejadilho modulares na posição transversal ou nas barras de tejadilho de substituição.

Novo Dacia Duster HYBRID 140: Este grupo motopropulsor, que a Dacia adoptou para o Jogger no início de 2023, está agora disponível no novo Duster. Construído com tecnologias testadas pelo Grupo Renault, é composto por um motor a gasolina de 4 cilindros, 1,6 litros e 94 cv, dois motores eléctricos (um motor de 49 cv e um gerador de arranque de alta tensão) e uma caixa de velocidades automática eléctrica (com 4 relações de motor e 2 relações de motor). Esta tecnologia combinada é possível porque o sistema não tem embraiagem. A travagem regenerativa, a elevada capacidade de recuperação de energia da bateria de 1,2 kWh (230 V) e a eficácia da caixa de velocidades permitem conduzir em modo totalmente elétrico até 80% do tempo nas cidades, o que reduz o consumo de 20% (ciclo misto) a 40% (ciclo urbano). O motor arranca sempre com energia eléctrica.


Novo Dacia Duster TCe 130: É a primeira vez que a Dacia utiliza este grupo motopropulsor, que proporciona um primeiro grau de eletrificação. Combina um motor a gasolina de 3 cilindros e 1,2 litros turbo de nova geração que utiliza o ciclo Miller (as perdas reduzidas na bomba optimizam a eficiência) e um motor híbrido suave de 48 V. Este motor auxilia o motor de combustão interna quando o automóvel arranca ou acelera, reduzindo o consumo médio e as emissões de CO2 em cerca de 10% em comparação com um motor de combustão interna de potência equivalente. Também fornece mais potência durante a aceleração do que o modelo TCe 130 existente, tornando o veículo mais reativo e mais suave de conduzir. O sistema de travagem regenerativa carrega a bateria de 0,9 kWh sem fazer uma diferença percetível para o condutor. A unidade de tração TCe 130 está disponível com uma caixa manual de 6 velocidades nas versões 4×2 e 4×4.
Novo Dacia Duster TCe 100 Bi-Fuel: A Dacia, líder incontestado do GPL na Europa, é o único fabricante de automóveis a oferecer uma opção de combustível duplo (gasolina e GPL) em todos os seus modelos de combustão interna, sob a marca Bi-Fuel. O novíssimo Duster vem equipado com esta tecnologia integrada, testada e comprovada, que garante segurança e fiabilidade. Quando funciona com GPL, o novíssimo Duster TCe 100 Bi-Fuel liberta, em média, menos 10% de CO2 do que um motor a gasolina comparável. Pode percorrer até 1.300 km (WLTP) com os seus dois depósitos de 100 litros – 50 litros de gasolina e 50 litros de GPL (este último encontra-se sob o piso da bagageira, pelo que não afecta a capacidade de carga). Um botão integrado no painel de instrumentos muda o motor de um combustível para o outro de forma instantânea e impercetível.

O Novo Duster continuará a cumprir a promessa da Dacia de uma boa relação qualidade-preço. Combinará os preços mais acessíveis do seu segmento com um compartimento de passageiros maior do que nunca, transformando-se na melhor pechincha do mercado.
Novos sistemas de assistência ao condutor, adicionados ao Novo Duster para cumprir os mais recentes requisitos de segurança europeus, tais como a travagem automática de emergência (em áreas urbanas e suburbanas, incluindo a deteção de outros automóveis, peões, bicicletas e motociclos), reconhecimento de sinais de trânsito e alerta de excesso de velocidade, assistência ao estacionamento traseiro, sinal de paragem de emergência, aviso de saída da faixa de rodagem, assistência à manutenção na faixa de rodagem, alerta de atenção do condutor e chamadas de emergência (eCall). E, para facilitar a vida dos seus clientes, a Dacia está a adicionar um botão inteligente, My Safety, para que os condutores possam configurar rapidamente os seus sistemas de assistência ao condutor favoritos.

O novo Duster oferece a melhor relação qualidade/preço do seu segmento. A mudança para a plataforma CMF-B abriu mais espaço no interior – especialmente largura à frente e espaço para as pernas atrás (+30 mm). O piso da bagageira é mais baixo e a abertura da bagageira é mais larga e mais alta. A própria bagageira é também mais larga e mais alta, proporcionando até 6% de espaço extra (472 litros sob o tabuleiro de encomendas no Novo Duster 4×2).

Como o conforto começa com um condutor completamente livre de stress, o Novo Duster vem equipado com uma variedade de comodidades para tornar a vida mais fácil. Um travão de estacionamento elétrico está incluído na versão Expression e as versões Extreme e Journey vêm equipadas, por defeito, com espelhos retrovisores exteriores com regulação eléctrica e mecanismo de rebatimento. Como está mais pronto do que nunca para enfrentar as condições mais adversas, o Novo Duster também está disponível com um volante aquecido e um sistema de degelo no para-brisas.


Sérgio Gonçalves

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.