Menu Fechar

Dino Delight: O lendário Ferrari Dino 246 GT será leiloado pela Car & Classic

A Car & Classic, o maior mercado online da Europa para veículos clássicos e de nicho, vai leiloar um Ferrari Dino 246 GT RHD 1971. “Minúsculo, brilhante, seguro… quase um Ferrari” era o que se podia encontrar na brochura original, no entanto, argumenta-se muitas vezes que este Dino não é apenas um verdadeiro Ferrari, mas indiscutivelmente um dos modelos mais significativos da sua história.

A primeira colaboração entre as poderosas marcas mediterrânicas Fiat e Ferrari, o carro nunca foi oficialmente identificado como um Ferrari. Não querendo prejudicar as vendas dos seus icónicos modelos V12, Enzo Ferrari deu à sua nova marca o nome do seu filho primogénito Alfredo, tragicamente falecido, que tinha estado a trabalhar numa versão inicial do motor que pode ser encontrado no Dino. Apesar disso, o Dino foi ainda um marco significativo na história da empresa, sendo o primeiro Ferrari de motor central e de estrada a ser produzido, um layout agora intimamente associado à marca.

Desenhado por Pininfarina, o Dino é deslumbrante e as suas curvas elegantes e linhas suaves valeram-lhe a distinção de ser o décimo automóvel mais bonito de todos os tempos, de acordo com a votação de um painel de mais de 20 designers automóveis de renome para a Car and Driver.

A beleza deste Ferrari Dino 246 GT de 1971 é realçada graças a um recente processo de restauro de 12 anos. Trazido para uma oficina de restauro sediada no Reino Unido num estado deplorável, uma abordagem sem rodeios devolveu ao Dino a sua antiga glória. Despojado até ao metal nu, vários painéis foram reparados ou substituídos. Todos os painéis interiores foram removidos e o revestimento interior foi jato de areia, deixando uma base perfeita para o extenso trabalho de cosmética.

Quando as peças originais não estavam disponíveis, procuraram-se reproduções de alta qualidade, como as jantes Superperformance, o volante e os estofos resistentes ao desbotamento. Uma das poucas adições únicas é o emblema da Ferrari na traseira. O automóvel está agora verificado e incluído no Dino Compendium, uma publicação pormenorizada sobre a história do modelo.

O restauro exaustivo estende-se ao motor DOHC V6 de 2.418 cc, que foi totalmente reconstruído. A unidade icónica era potente no seu tempo e, graças ao baixo peso em ordem de marcha do 246 GT de apenas 1.080 kg, era capaz de impulsionar o Dino até aos 80 km/h em 5,5 segundos e até uma velocidade máxima de 148 km/h. Ambos os valores de desempenho eclipsam de forma crucial o rival Porsche 911S. Funcionando sem falhas hoje em dia, este motor sonoro foi o primeiro de uma longa linha de brilhantes Ferrari V6s, uma linhagem que se estende até ao aclamado 296 GTB de hoje.

Este exemplar RHD fornecido no Reino Unido vem com 52 anos de história e documentação extensa. Mantém a fatura de compra original e os detalhes de todos os cinco proprietários anteriores no ficheiro do histórico. Uma coleção substancial de fotografias acompanha o automóvel, detalhando o restauro de 12 anos, juntamente com cópias de publicações de renome que apresentaram o Dino. Sendo um veículo histórico, está isento de impostos e de inspeção, e com apenas 1.100 quilómetros percorridos desde a conclusão do restauro, este Dino está numa forma fantástica, pronto para ser acarinhado e apreciado.

“Apesar de nunca ter sido oficialmente identificado como um Ferrari, este Dino é certamente um dos maiores automóveis produzidos pela marca de Maranello”, comenta o diretor editorial da Car & Classic, Dale Vinten. Com o lançamento do filme biográfico “Ferrari” a aproximar-se no final deste mês, este 246 GT representa uma oportunidade atraente de possuir um pedaço da extensa e célebre história da empresa”.

De acordo com a pesquisa realizada pela Hagerty UK, os valores do Dino 246s permaneceram estáveis por vários anos, até 2021, quando o preço médio de venda subiu para um pouco abaixo do da reverenciada e desejável Ferrari Daytona. O leilão da Car & Classic do seu Ferrari Dino 246 GT de 1971 decorre de 13 a 20 de dezembro e espera-se que obtenha entre £330k e £360k.

Sérgio Gonçalves

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.