Menu Fechar

Ducati Diavel para a Bentley: Exclusividade, desempenho e perícia numa verdadeira obra de arte sobre duas rodas

A Ducati e a Bentley têm o orgulho de anunciar em conjunto uma nova moto de edição limitada que celebra o melhor de ambas as marcas icónicas: a Ducati Diavel para a Bentley. Nascido de uma colaboração entre os dois fabricantes, o projeto liga a Ducati e a Bentley com uma visão de performance, artesanato e exclusividade. O resultado é uma síntese impressionante de tecnologia, estilo e desempenho capaz de fazer sonhar os entusiastas. A moto será revelada ao público esta noite com um evento “fuorisalone” na Art Basel em Miami, a edição ultramarina da mais prestigiada feira europeia de arte contemporânea.

Sobre a sofisticada base técnica da Diavel V4, confortável e de elevada performance, a Ducati integrou elementos característicos da Bentley Batur – da qual apenas 18 exemplares serão fabricados à mão pela Bentley – para criar uma moto única em termos de elegância e design. A Diavel para a Bentley será criada numa série numerada e limitada a 500 exemplares, mais 50 motos ainda mais especiais “Ducati Diavel para a Bentley Mulliner”. Estas últimas estão reservadas aos clientes da Bentley e incluem a personalização e a individualidade tão intrínsecas à Batur em que as motas se baseiam.

O Batur é o automóvel de produção mais potente de sempre da Bentley, com um motor W12 twin-turbo de 740 cv. Mais do que isso, o Batur combina a perícia artesanal de referência da Bentley com uma carroçaria esculpida e musculada que define um novo ADN de design para a Bentley e que antevê uma nova direção de design para a marca. A mensagem visual comunica grande potência e elegância, sem ostentação ou excesso. Os 18 exemplares do Batur são fabricados individualmente à mão pela Mulliner, o mais antigo construtor de carroçarias do mundo e a divisão interna da Bentley que trabalha por medida.

O Centro Stile Ducati, em colaboração com os designers da Bentley, criou um novo design para esta moto especial, inspirando-se na Batur, da qual retira as linhas da vista lateral. A cor Verde Escaravelho, sofisticada e refinada, rica em tons metálicos, provém da paleta Bentley Mulliner e é utilizada em toda a carroçaria.

As linhas decididas e agressivas da Diavel V4 também foram profundamente revistas através dos componentes técnicos: muitos dos traços característicos da Batur são retomados em diferentes partes da moto. As jantes forjadas, concebidas e criadas para esta moto, recordam as formas das do automóvel e são pintadas em Dark Titanium Satin, deixando visíveis algumas superfícies maquinadas.

As entradas de ar laterais reflectem a grelha frontal de dois tons, um dos elementos mais reconhecíveis da Batur. Os extractores traseiros triangulares remetem para os elementos correspondentes do automóvel. O guarda-lamas dianteiro, a carenagem e a vista superior do depósito recordam as nervuras do capot dianteiro, enquanto a cauda monolugar, que pode ser substituída por um banco de passageiro, segue muitas sugestões de estilo da traseira do Batur. Muitos dos componentes da carroçaria são fabricados em fibra de carbono de alta qualidade (guarda-lamas, cobertura dos faróis, motor, escape e coberturas do radiador, protecções do radiador, painéis laterais, rabeta).

O banco do condutor, em Alcântara preta, é inspirado no interior do automóvel, com um trabalho de precisão que revela o tecido vermelho subjacente, idêntico ao dos bancos Batur e com o logótipo Bentley bordado na almofada traseira. O escape de dupla saída, com a sua cobertura, foi redesenhado para se harmonizar com as linhas refinadas da moto.

Para além dos 500 exemplares da Diavel for Bentley, a Ducati também oferece uma série de apenas 50 exemplares, denominada Diavel for Bentley Mulliner. As 50 Diavel for Bentley Mulliner estarão disponíveis exclusivamente para os clientes da Mulliner, que através da colaboração direta com os designers do Centro Stile Ducati, poderão configurar a sua Diavel for Bentley Mulliner com diferentes cores para o selim, pinças de travão dianteiras, peças em fibra de carbono e jantes. Poderão também escolher a mesma cor do seu automóvel para as peças da carroçaria ou uma das cores de uma paleta exclusiva selecionada pelo designer da Mulliner para esta série especial e altamente exclusiva.

A Diavel for Bentley, como todas as Ducatis de coleção, é entregue com um certificado de autenticidade, um assento para o passageiro e uma capa para a moto. O nome do modelo e o número de produção da unidade são indicados numa placa inserida na cobertura em fibra de carbono da cabeça vertical, no lado direito da moto. Tanto o painel de instrumentos, equipado de série com um navegador “turn-by-turn”, como a matriz de LED do grupo de luzes traseiras oferecem uma animação especial ao ligar a chave, o que torna a Diavel for Bentley ainda mais inconfundível. Por fim, cada Diavel for Bentley será entregue numa mala de madeira personalizada e exclusiva.

A colaboração entre os dois construtores levou também à criação de uma Coleção Cápsula, reservada aos proprietários da Diavel for Bentley, que permite aos clientes completar o seu look com um capacete jet e um casaco técnico (disponível em versão homem e

A Ducati e a Bentley têm o orgulho de anunciar em conjunto uma nova moto de edição limitada que celebra o melhor de ambas as marcas icónicas: a Ducati Diavel para a Bentley. Nascido de uma colaboração entre os dois fabricantes, o projeto liga a Ducati e a Bentley com uma visão de performance, artesanato e exclusividade. O resultado é uma síntese impressionante de tecnologia, estilo e desempenho capaz de fazer sonhar os entusiastas. A moto será revelada ao público esta noite com um evento “fuorisalone” na Art Basel em Miami, a edição ultramarina da mais prestigiada feira europeia de arte contemporânea.

Sobre a sofisticada base técnica da Diavel V4, confortável e de elevada performance, a Ducati integrou elementos característicos da Bentley Batur – da qual apenas 18 exemplares serão fabricados à mão pela Bentley – para criar uma moto única em termos de elegância e design. A Diavel para a Bentley será criada numa série numerada e limitada a 500 exemplares, mais 50 motos ainda mais especiais “Ducati Diavel para a Bentley Mulliner”. Estas últimas estão reservadas aos clientes da Bentley e incluem a personalização e a individualidade tão intrínsecas à Batur em que as motas se baseiam.

O Batur é o automóvel de produção mais potente de sempre da Bentley, com um motor W12 twin-turbo de 740 cv. Mais do que isso, o Batur combina a perícia artesanal de referência da Bentley com uma carroçaria esculpida e musculada que define um novo ADN de design para a Bentley e que antevê uma nova direção de design para a marca. A mensagem visual comunica grande potência e elegância, sem ostentação ou excesso. Os 18 exemplares do Batur são fabricados individualmente à mão pela Mulliner, o mais antigo construtor de carroçarias do mundo e a divisão interna da Bentley que trabalha por medida.

O Centro Stile Ducati, em colaboração com os designers da Bentley, criou um novo design para esta moto especial, inspirando-se na Batur, da qual retira as linhas da vista lateral. A cor Verde Escaravelho, sofisticada e refinada, rica em tons metálicos, provém da paleta Bentley Mulliner e é utilizada em toda a carroçaria.

As linhas decididas e agressivas da Diavel V4 também foram profundamente revistas através dos componentes técnicos: muitos dos traços característicos da Batur são retomados em diferentes partes da moto. As jantes forjadas, concebidas e criadas para esta moto, recordam as formas das do automóvel e são pintadas em Dark Titanium Satin, deixando visíveis algumas superfícies maquinadas.

As entradas de ar laterais reflectem a grelha frontal de dois tons, um dos elementos mais reconhecíveis da Batur. Os extractores traseiros triangulares remetem para os elementos correspondentes do automóvel. O guarda-lamas dianteiro, a carenagem e a vista superior do depósito recordam as nervuras do capot dianteiro, enquanto a cauda monolugar, que pode ser substituída por um banco de passageiro, segue muitas sugestões de estilo da traseira do Batur. Muitos dos componentes da carroçaria são fabricados em fibra de carbono de alta qualidade (guarda-lamas, cobertura dos faróis, motor, escape e coberturas do radiador, protecções do radiador, painéis laterais, rabeta).

O banco do condutor, em Alcântara preta, é inspirado no interior do automóvel, com um trabalho de precisão que revela o tecido vermelho subjacente, idêntico ao dos bancos Batur e com o logótipo Bentley bordado na almofada traseira. O escape de dupla saída, com a sua cobertura, foi redesenhado para se harmonizar com as linhas refinadas da moto.

Para além dos 500 exemplares da Diavel for Bentley, a Ducati também oferece uma série de apenas 50 exemplares, denominada Diavel for Bentley Mulliner. As 50 Diavel for Bentley Mulliner estarão disponíveis exclusivamente para os clientes da Mulliner, que através da colaboração direta com os designers do Centro Stile Ducati, poderão configurar a sua Diavel for Bentley Mulliner com diferentes cores para o selim, pinças de travão dianteiras, peças em fibra de carbono e jantes. Poderão também escolher a mesma cor do seu automóvel para as peças da carroçaria ou uma das cores de uma paleta exclusiva selecionada pelo designer da Mulliner para esta série especial e altamente exclusiva.

A Diavel for Bentley, como todas as Ducatis de coleção, é entregue com um certificado de autenticidade, um assento para o passageiro e uma capa para a moto. O nome do modelo e o número de produção da unidade são indicados numa placa inserida na cobertura em fibra de carbono da cabeça vertical, no lado direito da moto. Tanto o painel de instrumentos, equipado de série com um navegador “turn-by-turn”, como a matriz de LED do grupo de luzes traseiras oferecem uma animação especial ao ligar a chave, o que torna a Diavel for Bentley ainda mais inconfundível. Por fim, cada Diavel for Bentley será entregue numa mala de madeira personalizada e exclusiva.

A colaboração entre os dois construtores levou também à criação de uma Coleção Cápsula, reservada aos proprietários da Diavel for Bentley, que permite aos clientes completar o seu look com um capacete jet e um casaco técnico (disponível em versão homem e

A Ducati e a Bentley têm o orgulho de anunciar em conjunto uma nova moto de edição limitada que celebra o melhor de ambas as marcas icónicas: a Ducati Diavel para a Bentley. Nascido de uma colaboração entre os dois fabricantes, o projeto liga a Ducati e a Bentley com uma visão de performance, artesanato e exclusividade. O resultado é uma síntese impressionante de tecnologia, estilo e desempenho capaz de fazer sonhar os entusiastas. A moto será revelada ao público esta noite com um evento “fuorisalone” na Art Basel em Miami, a edição ultramarina da mais prestigiada feira europeia de arte contemporânea.

Sobre a sofisticada base técnica da Diavel V4, confortável e de elevada performance, a Ducati integrou elementos característicos da Bentley Batur – da qual apenas 18 exemplares serão fabricados à mão pela Bentley – para criar uma moto única em termos de elegância e design. A Diavel para a Bentley será criada numa série numerada e limitada a 500 exemplares, mais 50 motos ainda mais especiais “Ducati Diavel para a Bentley Mulliner”. Estas últimas estão reservadas aos clientes da Bentley e incluem a personalização e a individualidade tão intrínsecas à Batur em que as motas se baseiam.

O Batur é o automóvel de produção mais potente de sempre da Bentley, com um motor W12 twin-turbo de 740 cv. Mais do que isso, o Batur combina a perícia artesanal de referência da Bentley com uma carroçaria esculpida e musculada que define um novo ADN de design para a Bentley e que antevê uma nova direção de design para a marca. A mensagem visual comunica grande potência e elegância, sem ostentação ou excesso. Os 18 exemplares do Batur são fabricados individualmente à mão pela Mulliner, o mais antigo construtor de carroçarias do mundo e a divisão interna da Bentley que trabalha por medida.

O Centro Stile Ducati, em colaboração com os designers da Bentley, criou um novo design para esta moto especial, inspirando-se na Batur, da qual retira as linhas da vista lateral. A cor Verde Escaravelho, sofisticada e refinada, rica em tons metálicos, provém da paleta Bentley Mulliner e é utilizada em toda a carroçaria.

As linhas decididas e agressivas da Diavel V4 também foram profundamente revistas através dos componentes técnicos: muitos dos traços característicos da Batur são retomados em diferentes partes da moto. As jantes forjadas, concebidas e criadas para esta moto, recordam as formas das do automóvel e são pintadas em Dark Titanium Satin, deixando visíveis algumas superfícies maquinadas.

As entradas de ar laterais reflectem a grelha frontal de dois tons, um dos elementos mais reconhecíveis da Batur. Os extractores traseiros triangulares remetem para os elementos correspondentes do automóvel. O guarda-lamas dianteiro, a carenagem e a vista superior do depósito recordam as nervuras do capot dianteiro, enquanto a cauda monolugar, que pode ser substituída por um banco de passageiro, segue muitas sugestões de estilo da traseira do Batur. Muitos dos componentes da carroçaria são fabricados em fibra de carbono de alta qualidade (guarda-lamas, cobertura dos faróis, motor, escape e coberturas do radiador, protecções do radiador, painéis laterais, rabeta).

O banco do condutor, em Alcântara preta, é inspirado no interior do automóvel, com um trabalho de precisão que revela o tecido vermelho subjacente, idêntico ao dos bancos Batur e com o logótipo Bentley bordado na almofada traseira. O escape de dupla saída, com a sua cobertura, foi redesenhado para se harmonizar com as linhas refinadas da moto.

Para além dos 500 exemplares da Diavel for Bentley, a Ducati também oferece uma série de apenas 50 exemplares, denominada Diavel for Bentley Mulliner. As 50 Diavel for Bentley Mulliner estarão disponíveis exclusivamente para os clientes da Mulliner, que através da colaboração direta com os designers do Centro Stile Ducati, poderão configurar a sua Diavel for Bentley Mulliner com diferentes cores para o selim, pinças de travão dianteiras, peças em fibra de carbono e jantes. Poderão também escolher a mesma cor do seu automóvel para as peças da carroçaria ou uma das cores de uma paleta exclusiva selecionada pelo designer da Mulliner para esta série especial e altamente exclusiva.

A Diavel for Bentley, como todas as Ducatis de coleção, é entregue com um certificado de autenticidade, um assento para o passageiro e uma capa para a moto. O nome do modelo e o número de produção da unidade são indicados numa placa inserida na cobertura em fibra de carbono da cabeça vertical, no lado direito da moto. Tanto o painel de instrumentos, equipado de série com um navegador “turn-by-turn”, como a matriz de LED do grupo de luzes traseiras oferecem uma animação especial ao ligar a chave, o que torna a Diavel for Bentley ainda mais inconfundível. Por fim, cada Diavel for Bentley será entregue numa mala de madeira personalizada e exclusiva.

A colaboração entre os dois construtores levou também à criação de uma Coleção Cápsula, reservada aos proprietários da Diavel for Bentley, que permite aos clientes completar o seu look com um capacete jet e um casaco técnico (disponível em versão homem e feminina) numa edição limitada, caracterizada por um esquema de cores que reflecte o da moto.

A Diavel for Bentley adopta o motor Granturismo V4 de 1.158 cc, um elemento central do seu design e, ao mesmo tempo, uma escolha técnica altamente refinada. Potente (168 cv), rico em binário, mas também extremamente leve e compacto, é ao mesmo tempo fluido e utilizável desde as rotações mais baixas. A ordem de combustão Twin Pulse, juntamente com o sistema de escape dedicado, caracterizam inconfundivelmente o timbre do escape.

Este projeto conjunto resulta do facto de a Ducati e a Bentley fazerem parte do “Progressive Brand Group” do Grupo Volkswagen, que também inclui a Audi e a Lamborghini.

Sérgio Gonçalves

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.