ESTREIA MUNDIAL DO ID. AERO

Published On 13 de Julho de 2022 | Notícias, Novidades
Concept Car

Com a estreia mundial online do ID. AERO na China, a Volkswagen proporcionará um primeiro vislumbre do mais recente elemento da família ID. O protótipo, em fase de pré-produção, revela um sedan de quatro portas 100% elétrico em antevisão ao modelo de produção destinado ao mercado chinês, impressionando pela extraordinária aerodinâmica, design elegante e generoso espaço interior. Deste protótipo deverão resultar duas versões destinadas ao mercado chinês.

O próximo veículo global para um novo segmento de mercado. Com a futura versão de produção do ID. AERO, a Volkswagen expande a sua bem-sucedida família ID. ao segmento médio de luxo de elevado volume, agilizando a sua campanha de mobilidade elétrica sob a estratégia ACCELERATE. Tal como nomercado automóvel chinês, a Volkswagen prepara-se para também oferecer nos restantes mercados mundiais um sedan médio de luxo 100% elétrico. A versão de produção para a América do Norte e Europa tem apresentação prevista para 2023. De seguida, a Volkswagen dará início ao modelo de produção do ID. AERO para o mercado europeu e norte-americano na sua fábrica de Emden.

O design exterior – pura aerodinâmica. O protótipo do ID. AERO combina os atributos da aerodinâmica com as proporções espaçosas. No estilo, o ID. AERO partilha o DNA do design da família ID. e – como todos os modelos da família ID. – baseia-se na plataforma modular elétrica (MEB) da Volkswagen. Graças à colocação conveniente da bateria de alta voltagem no piso do veículo, poupando espaço, o ID. AERO1 tem quase cinco metros de comprimento e proporciona o espaço interior de um sedan do segmento superior. A frente aerodinâmica e o perfil do tejadilho são especialmente arrebatadores.

A forma sustenta a performance. Todos os aspetos da silhueta expressiva do ID. AERO surgem como fomentadores da performance eletrificada. O fluxo de ar é direcionado através da sofisticada aerodinâmica da secção dianteira e da área do tejadilho. Também importante, não existem puxadores de porta tradicionais, o que ajuda a reduzir o arrasto aerodinâmico. Em vez disso, o ID. AERO surge com superfícies táteis iluminadas que abrem as portas quando ativadas. As rodas também têm um design capaz de ajudar a reduzir o arrasto. Desenhadas em padrão de turbina, as rodas estão à face dos guarda-lamas para não se criar qualquer interrupção no fluxo de ar. A combinação eficiente das diversas soluções aerodinâmicas assegura um coeficiente aerodinâmico de apenas 0.23.

Alcance de até 620 quilómetros. Este sedan 100% elétrico está equipado com a potente bateria de iões de lítio com 77 kWh. A eficiência do sistema de propulsão e as excelentes propriedades aerodinâmicas permitem que ao ID. AERO percorrer uma distância de até 620 quilómetros (WLTP), tornando-o à altura das longas viagens.

Concept Car

Sexto elemento da família ID. Seguindo-se aos modelos ID.3, ID.4, ID.5 e ID.6 e ao icónico ID. Buzz, a futura versão de produção do ID. AERO será o sexto elemento da família ID., e, como todos os outros elementos da família ID., baseia-se na plataforma modular elétrica (MEB). Até 2030, todos os planos apontam para que 70 por cento das vendas Volkswagen na Europa resultem de veículos 100% elétricos. Paralelamente, procura-se o objetivo de reduzir em 40 por cento as emissões de CO2 por veículo. As emissões de carbono são evitadas diretamente pela Volkswagen onde isso for possível. Desta forma, os fornecedores comprometem-se com a obrigação de redução das emissões de carbono. As emissões de carbono que não possam ser evitadas ou reduzidas pela Volkswagen ou pela sua cadeira de fornecedores a montante mediante o referido compromisso, são canalizadas na mesma quantidade para projetos certificados que visem atenuar as mudanças climáticas. No seu compromisso Way to ZERO, a empresa tenciona tornar-se climaticamente neutra até 2050, o mais tardar. No futuro, a marca Volkswagen não só pretende afirmar-se como uma referência na mobilidade elétrica, mas também nas áreas da experiência digital para clientes, software de veículos e condução autónoma. O objetivo é o de fazer evoluir o automóvel até tornar-se um produto de base software. Com os inovadores sistemas de assistência e as atualizações remotas “Over-The-Air”, os modelos ID. já asseguram aos condutores o máximo conforto e a melhor experiência na ótica do utilizador. Com estes modelos, a Volkswagen dá mais um enorme passo na direção da sua transformação num fornecedor de mobilidade baseada em software.

O design exterior – pura aerodinâmica  

Linhas fluídas, baixo coeficiente de arrasto. Com uma sofisticada aerodinâmica e tecnologia de propulsão elétrica de ponta, o ID. AERO projeta uma enorme dimensão de performance sem compromissos e confortável. Os fluxos de ar são canalizados por cima da espantosa frente e rente ao baixo capot. O capot parece fundir-se no para-brisas e no tejadilho em vidro preto, completando o design desportivo do ID. AERO1. Em resultado deste design, o eficiente conjunto de elementos aerodinâmicos deste protótipo de pré-produção consegue assegurar um impressionante coeficiente de arrasto de 0.23, o que pode ajudar a reduzir o consumo de energia e a aumentar o alcance. “O ID. AERO define um segmento de veículos elétricos inteiramente novo,” diz Jozef Kabaň, Diretor do Design Volkswagen. “O design exterior é fluído, aerodinâmico e limpo – com fortes proporções e livres de quaisquer elementos decorativos supérfluos. Transporta o estilo inconfundível da nossa família ID., que estendemos pela primeira vez ao segmento médio de luxo através do ID. AERO.” O protótipo de pré-produção ID. AERO surge pintado num azul Polar Light Blue Metallic – um tom leve metalizado com pigmentos dourados que cintilam em determinadas condições de luz. Elementos em preto de alto brilho na área do tejadilho e fundo da carroçaria resultam num impressionante contraste com a pintura principal.

Construído à volta das pessoas. A estrutura Volkswagen da plataforma modular elétrica (MEB) divide o espaço das pessoas e da tecnologia de uma forma nunca antes vista. Os vãos curtos em conjunto com a longa distância entre eixos do ID. AERO resultam numa incrível imensidão de espaço interior para os ocupantes. A bateria de alta voltagem tem a forma de um bloco plano e é instalada por baixo do habitáculo. Todos os outros componentes técnicos ocupam muito pouco espaço: a unidade motriz está acomodada no eixo traseiro, enquanto outros componentes como o radiador e o sistema de ar condicionado são aplicados na curta secção dianteira. Isto também beneficia o espaço interior disponível.

Frente arrebatadora e faixa de luz a toda a volta. O elemento embrião no design do ID. AERO está no para-choques dianteiro de duas peças horizontais, que integra o padrão em favo de mel característico da família ID. O para-choques surge delimitado com elementos em forma de gancho nos extremos. Uma fina faixa de luz estende-se para os dois lados do símbolo Volkswagen, ao centro, passando por cima das inovadoras luzes de matriz IQ.LIGHT LED que preenchem a frente, entrando nos guarda-lamas e painéis laterais. Continua até à zona traseira com uns curtos intervalos visuais. Os módulos dos faróis surgem perfeitamente integrados no elemento frontal. E as luzes diurnas adicionais surgem integradas nas estruturas em padrão de favo de mel alinhadas com os faróis e na secção inferior do para-choques. O fundo do para-choques é pintado num preto brilhante que tem uma continuidade suave para os spoilers laterais nas ilhargas, o que também melhora as capacidades aerodinâmicas.

Silhueta expressiva. A atenção adicional à aerodinâmica também influenciou o design dos painéis laterais do veículo. A silhueta alongada e dinâmica, bem como a linha fluida de tejadilho, ajuda a materializar o visual desportivo e expressivo do sedan de quatro portas. Não existem os tradicionais puxadores de porta para aumentar a resistência do ar; e, em vez deles, o ID. AERO recebe superfícies táteis iluminadas. Esteticamente, a superfície de luz que permite abrir as portas representa uma continuidade da faixa luminosa que circunda o veículo.

Jantes de 22 polegadas bicolor preenchem as cavas das rodas. Na secção inferior da silhueta, é a ligação quase impercetível da superfície dos guarda-lamas com as portas, bem como com as novas jantes em liga leve de 22 polegadas, que têm um impacto positivo na aerodinâmica. Com o design em padrão de turbina, as jantes cromadas e com pintura em preto brilhante surgem à face dos guarda-lamas para que não resultem numa interrupção ao fluxo do ar.

O tejadilho e a linha de ombros enfatizam a dinâmica do design. No topo da silhueta, a linha convexa que cria uma forma de tornado perfeitamente integrado no design aerodinâmico. A imponente linha de ombros do ID. AERO surge acima da linha de tornado. O perfil do sedan elétrico aparenta ser mais esguio, criando um efeito dinâmico que parece catapultar o veículo para a frente mesmo quando está parado. Para sublinhar melhor o tema da elegância e das qualidades aerodinâmicas, o tejadilho surge em preto brilhante e é destacado por uma moldura cromada. O teto de abrir panorâmico com funcionalidade deslizante e de entre abertura é uma superfície contínua que se estende do para-brisas ao óculo traseiro. A linha lateral que acompanha o design do tejadilho recebe outra marca natural da família ID.: a aplicação em alumino que se estende ao longo do tejadilho, abrindo a partir do pilar B. Este é outro dos elementos a rebaixar visualmente o centro de gravidade do ID. AERO. O tejadilho é prolongado através de um spoiler subtil, mas funcional que se integra quase impercetivelmente na linha de silhueta ajudando a conduzir o fluxo de ar.

Plataforma modular elétrica (MEB) facilita o acesso ao segmento médio-alto de veículos 100% elétricos

Plataforma multiusos. A plataforma modular de propulsão elétrica (MEB) será a base da futura versão de produção do ID. AERO permitindo a entrada no segmento médio-alto dos veículos elétricos. A plataforma multiusos demonstra assim a sua capacidade de ser aplicada em diferentes segmentos. Desenvolvida especificamente para a propulsão elétrica, a arquitetura deste veículo maximiza o potencial dos veículos elétricos assegurando também diversos outros benefícios: longos alcances, muito espaço interior, resposta dinâmica do veículo e um novo nível de conectividade digital com capacidade de atualização remota do software.

MEB pode ser utilizada em diversos segmentos. Ainda durante o desenvolvimento da plataforma MEB, foi dado especial enfase à necessidade de se assegurar a sua capacidade de utilização em veículos de variados segmentos – desde citadinos a modelos compactos, SUV, monovolumes e sedan espaçosos. Graças ao seu “design de produção”, a MEB está também pensada para um ritmo de fabrico rápido e eficiente. Isto assegura à Volkswagen grandes economias de escala que permitem fabricar veículos elétricos menos dispendiosos e mais acessíveis a um maior número de pessoas.

A espinha-dorsal da campanha de mobilidade elétrica. A MEB é uma parte fulcral da campanha de aceleração contínua da mobilidade global inserida na estratégia da marca ACCELERATE. Focada na propulsão exclusivamente elétrica e capacidade de ser utilizada em veículos de diversos segmentos, a MEB permite enormes economias de escala, reduz os custos da mobilidade elétrica e acelera a transição para uma mobilidade de carbono neutro. O objetivo é a total eletrificação da gama. Até 2030, pretende-se que pelo menos 70 por cento das vendas Volkswagen na Europa provenham de veículos 100% elétricos, o que equivalerá a um número substancialmente superior a um milhão de unidades. Na América do Norte e na China, o objetivo aponta para um mínimo de 50 por cento das vendas.

ID. AERO1 intensifica campanha de mobilidade elétrica da Volkswagen na China

Campanha de mobilidade elétrica continua a ganhar ritmo na China. A Volkswagen está a acelerar a sua campanha de mobilidade elétrica na China como parte integrante da sua estratégia ACCELERATE. Com a estreia mundial do ID. AERO – protótipo de pré-produção desenvolvido especialmente para o mercado chinês – o construtor liberta um primeiro vislumbre do seu próximo modelo da família ID.. O CEO do Volkswagen Group China, Dr Stephan Wöllenstein: “É um momento muito empolgante para a Volkswagen na China. Depois do ID.4, ID.6 e ID.3, lançamos agora o quarto modelo integralmente elétrico na China na forma de um sedan 100% elétrico, o ID. AERO. Com este automóvel, demonstramos claramente a nossa determinação em assumirmos a liderança do mercado de veículos elétricos, não apenas na Europa, mas igualmente na América do Norte e também na China.”

Duas futuras versões de produção do ID. AERO1 para a China. Com a estreia mundial do ID. AERO, a Volkswagen continua a perseguir a sua estratégia de regionalização. Desta forma, a marca constrói as fundações que garantam que até 2030 pelo menos 50 por cento dos veículos vendidos pela Volkswagen na China tenham propulsão exclusivamente elétrica. O ID. AERO assume-se como outro pilar importante na missão da Volkswagen em se tornar na marca mais desejada na mobilidade sustentável da China. Tendo como base a plataforma modular elétrica (MEB), o modelo foi especificamente concebido para proporcionar uma produção rápida e eficiente. Ficarão disponíveis duas versões na China, uma para cada joint-venture Volkswagen.

Fábrica de Emden assume a produção do ID. AERO para a Europa e América do Norte a partir de 2023

Pilar importante no lançamento da mobilidade elétrica. A marca Volkswagen continua a forçar de forma consistente a transição das suas fábricas para produção de mobilidade elétrica e mantém-se dentro do cronograma planeado para alcançar o objetivo. As instalações da Volkswagen em Emden incluem uma das primeiras fábricas a ser convertida para a produção de veículos elétricos. Foram investidos perto de mil milhões de euros no processo de conversão e na força de trabalho para o maior processo de transformação na história de todas as fábricas. Em 2022, arrancou na linha de montagem dedicada aos veículos elétricos a produção em grande volume do SUV compacto 100% elétrico, o ID.4. A partir de 2023, a versão de produção do ID. AERO passará também a sair da linha de produção de Emden. Christian Vollmer, Membro do Conselho de Administração da Marca Volkswagen, responsável pela Produção: “O sucesso da transformação de Emden na segunda maior fábrica de veículos elétricos da Volkswagen na Alemanha, depois de Zwickau, é um excelente exemplo do papel central da Alemanha na indústria automóvel.” Vollmer descreve Emden como uma inovadora fábrica de veículos elétricos com instalações de vanguarda.

Way to ZERO” na produção. Ao produzir veículos elétricos em grandes volumes, a fábrica de Emden resultará numa significativa contribuição para a eletrificação da gama de modelos Volkswagen e redução das emissões de carbono do parque global de novos veículos. A implementação de processos de produção neutros em carbono desempenha um papel fundamental na transformação local. Por esta razão, o uso de energia proveniente de fontes renováveis e de processos de logística sustentáveis serão aplicados na fábrica de Emden.

Sérgio Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.