Ferrari Enzo

Published On 25 de Fevereiro de 2014 | carros e marcas

ferrari-enzo-253174

Numa altura em que já existe sucessor para este supercarro, o Ferrari LaFerrari, é importante falarmos do automóvel que lhe antecedeu e que marcou a história da marca italiana.

O Ferrari Enzo exibe o seu nome como uma homenagem direta ao fundador (Enzo Ferrari) da marca sediada em Maranello.

É um supercarro com muita tecnologia derivada da Fórmula 1, algo comum a muitos modelos da marca, contudo neste tudo foi levado mais a sério para tornar o Enzo num superdesportivo de topo.

Foi anunciado pela primeira vez ao público em 2002 no Salão Automóvel de Paris, tinha uma produção limitada a “apenas” 349 unidades e era vendido por um preço de 659.330 dólares.

Ferrari-Enzo-Interior-1280x960

Porém nem todos puderam adquirir um, já que a Ferrari enviou convites a inúmeros clientes, em especial aqueles que já tinham adquirido antes um F40 ou F50. Sem surpresa todos os 349 Enzos foram vendidos antes mesmo da produção ter iniciado. Ou seja não foi qualquer pessoa que adquiriu um Enzo, por mais abastado que fosse isso não era relevante, essa pessoa tinha que já ter história com a marca italiana.

No entanto houve muitos outros clientes que não conseguiram comprar este modelo e começaram a pressionar a Ferrari para que a marca italiana produzisse mais algumas unidades.

BQ0B9459

E isso acabou mesmo por acontecer, e a Ferrari anunciou a produção de mais 50 unidades do Enzo para um total de 399.

Com um chassis totalmente produzido em carbono, (o Enzo tem um peso a seco de 1255 kg) uma caixa de velocidades semi-automática electro-hidráulica de 6 velocidades com patilhas no volante que permitem passagens de caixa em apenas 150 milissegundos. O volante tem embutido leds no topo do mesmo, para que o condutor saiba qual o melhor momento para trocar de caixa.

4169bbad75cec79b392474da97dd5c7e

As suspensões são totalmente independentes com amortecedores de funcionamento push rod que podem ser ajustados de forma eletrónica dentro do habitáculo.

As jantes especiais de 19 polegadas têm um desenho exclusivo e apenas um perne de fixação e saíam de série equipadas com pneus Bridgestone Potenza Scuderia RE050A.

IMG_8933

Os travões (discos e pastilhas) são de carbono reforçados com Carbeto de silício. Todas estas características (únicas) reúnem alguns aspetos únicos que tornam este modelo num ícone na história da Ferrari.

A larga experiência adquirida na Fórmula 1 ainda permitiu adicionar tecnologias semelhantes aos que eram usadas na categoria máxima desta disciplina. Falamos de aerodinâmica ativa e controlo de tração.

O downforce proporcionado pela carroçaria esculpida em túnel de vento permite ao Enzo um índice de carga aerodinâmica de 771 kg a uma velocidade de 300 km/h. A esta velocidade o aileron traseiro atua de forma automática para manter essa carga aerodinâmica.

ferrari-fxx-02

A carroçaria foi desenhada por Ken Okuyama, um japonês que era o responsável pelo departamento de design da Pinifarina.

No compartimento do motor, encontramos uma unidade motriz com 12 cilindros em V, o primeiro de uma nova geração de motores que ainda hoje é comercializada em inúmeros modelos que a marca disponibiliza nos seus catálogos.

ferrari-enzo-engine

Com 6,0 litros de capacidade, este motor debita 660 cavalos de potência às 7800 rotações por minuto. Já o binário é de 657 Nm às 5500 rotações por minuto. As performances são de grande nível como outra coisa não seria de esperar.

O Enzo cumpre o tradicional arranque de 0 a 100 km/h em 3,65 segundos, alcança os 160 km/h em 6,6 segundos e atinge uma velocidade máxima de 355 km/h.

A história deste modelo não ficaria por aqui, já que o Enzo serviu de base para modelos mais radicais e até para um Maserati. Olhemos então para esses modelos.

Competition_wallpapers_22

Uma evolução (a primeira) do Ferrari Enzo foi o Ferrari FXX, que representava o desejo da marca italiana em ter um programa de competição para corridas para o Enzo.

Este modelo era baseado no Enzo convencional, porém tinha uma versão mais potente do motor de 6,0 Litros V12. Este possuía agora 6,3 Litros de capacidade o que lhe permitia alcançar os 800 cavalos de potência máxima.

ferrari_enzo_ferrari_a1248561602b2902384_orig

Outras diferenças entre ambos podiam ser vistas na caixa de velocidades, já que no FXX era mais agressiva e rápida, e também nos pneus Bridgestone produzidos exclusivamente para o modelo FXX.

Para além disto este modelo estava equipado com um sistema de telemetria que permitia à Ferrari acompanhar o comportamento do automóvel em pista, o que no futuro representava uma mais-valia na hora de desenvolver outros automóveis.

cars-2000-1220-wallpaper

Como o Enzo, este modelo foi vendido apenas a clientes da Ferrari. O seu preço rondava os 1,3 milhões de euros. Porém os clientes que adquiriram este modelo não podem ficar com o carro para si, esse trabalho compete à marca italiana que os mantém (guarda) e prepara os FXX para quando os clientes quiserem usufruir dos seus bólides em vários circuitos de todo o mundo em trackday organizados pela Ferrari e também em pequenos testes privados, o que faz deste modelo um automóvel apenas uma “arma” de pista já que não está homologado para circular em estrada.

O programa Ferrari FXX continuou até meados de 2009 assim como a sua evolução, do qual nasceu mais um nome Evoluzione. Este kit consiste em mais potência e mais apoio aerodinâmico com pequenos ajustamentos no controlo de tração.

michael-schumachers-ferrari-enzo-and-fxx--image-garage-znith_100431408_l

O motor do FXX Evoluzione possuiu 850 cavalos de potência que permite a este modelo alcançar os 387 km/h. Já o arranque de 0 a 100 km/h é efetuado em 2,5 segundos.

Em 2009 o programa FXX deu lugar ao nascimento de outro modelo radical, o 599XX. Este era também uma versão evolutiva de um modelo de série, o 599 GTB.
Com os mesmos argumentos técnicos do FXX este modelo era mais rápido na pista de Fiorano que o Enzo original em 1,2 segundos.

ferrari-fxx

Para além destes modelos e respetivas evoluções, a base do Enzo, como já foi referido, também serviu para produzir outros supercarros.

Em especial para produzir o irmão Maserati MC12 uma versão derivada do Enzo, que utiliza o mesmo motor e o mesmo chassis. Um modelo homologado tanto para a estrada como para o campeonato de FIA GT.

ferrari-enzo-fxx-330396

Mais tarde também foi produzida uma evolução deste modelo que se chamava MC12 Corsa, basicamente a versão “FXX” do MC12 original.

Referência final para um modelo único que teve por base os genes do Enzo, o Ferrari P4/5 by Pininfarina. O estúdio de design Pininfarina quis fazer uma versão especial de um Enzo e para isso precisou de dinheiro para o investimento, algo que acabou por aconteceu quando um colecionador americano de automóveis (James Glickenhaus) decidiu “ajudar”.

ferrari-enzo-speedometer-car-hd-wallpaper-81994

Este modelo tinha como objetivo ser uma interpretação moderna dos Ferrari de competição de outros tempos como o 330 P3/P4, 512 S, 312 P ou o 333 SP.

Foi apresentado pela primeira vez em 2006 no famoso evento Pebble Beach Concours d´Elegance nos Estados Unidos e mais tarde na Europa no Salão automóvel de Paris.

Ferrari-Enzo-FXX_Monterey-2012-02

Já expusemos aqui no autoblog.pt os dois concorrentes principais na época do Ferrari Enzo, o Mercedes SLR e o Porsche Carrera GT.

Estes eram os principais supercarros ou hipercarros dos últimos anos que já têm sucessores à altura, caso dos novos Mclaren P1, Ferrari LaFerrari e Porsche 918 Spyder.

2007_ferrari_fxx_coupe_pic

Seja como for é de relevar a importância que o Ferrari Enzo teve no desenvolvimento de motores, tecnologia e outros para vários modelos que se seguiram. Além do mais é importante não esquecer que o seu nome é o mesmo do fundador da marca italiana e como tal será sempre um grande motivo de orgulho ostentar tão importante automóvel.

Sérgio Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.