Grande Prémio da China de F1

Published On 15 de Abril de 2013 | Desporto

formula-1-alonso-china

Fernando Alonso está de volta às vitórias no grande palco da Fórmula 1, o bicampeão mundial triunfou de forma categoria na corrida da China, a terceira prova do calendário. Ainda assim não lhe permitiu para já chegar ao primeiro lugar na tabela de classificação, onde se encontra o actual campeão do mundo em título, Sebastian Vettel.

No entanto o espanhol da Scuderia Ferrari fez história no circuito de Xangai, pois ao ganhar esta prova tornou-se no quarto piloto com mais vitórias na história da Fórmula 1, conseguindo igualar o piloto britânico Nigel Mansell.

O espanhol fez uma corrida ao seu melhor nível, saindo na 3ª posição da grelha de partida, e terminando a mesma deixando o finlandês Kimi Raikonen a 10,1 segundos de distância e o britânico Lewis Hamilton a 12,3 segundos. O pódio ficou assim completo com três ex-campeões do mundo.

Curiosamente não foi só nos três primeiros lugares da classificação final que ficaram campeões do mundo, pois o top-5 ficou completo com mais dois, já que em quarto lugar ficou Vettel e na quinta posição ficou o britânico Jenson Button.

Numa corrida interessante, a história da mesma começa com Hamilton na pole-position, que ainda liderou durante cinco voltas mas acabaria por ser ultrapassado por Alonso. Ainda assim o espanhol não liderou a prova até ao fim uma vez que ainda teve que ceder a liderança a Button e Vettel,

O campeão do mundo em título Sebastian Vettel, começou este grande prémio na nona posição. O alemão da equipa Red Bull apostou numa estratégia diferente nas idas às boxes, o que se veio a revelar uma óptima estratégia, já que quase lhe permitiu um lugar no pódio.

Com estes resultados a tabela referente aos pontos dos pilotos, encontra-se com Vettel a liderar, com 52 pontos, mais três do que Raikonen e mais nove do que Alonso.

Na tabela de pontos no que aos construtores diz respeito, com o triunfo da Ferrari e com o abandono do australiano Marc Webber a marca italiana aproximou-se na tabela em relação à Red Bull. Ficando assim a luta pelo primeiro lugar da tabela organizada da seguinte forma; 78 pontos para a Red Bull e 73 pontos para a Ferrari.

A próxima prova da categoria máxima do automobilismo disputa-se a 21 de Abril, no Bahrein.

Classificação final:
1º Fernando Alonso (Ferrari) 56 voltas
2º Kimi Räikkönen (Lotus-Renault) a 10,1s
3º Lewis Hamilton (Mercedes) a 12,3s
4º Sebastian Vettel (Red Bull-Renault) a 12,5s
5º Jenson Button (McLaren-Mercedes) a 35,2s
6º Felipe Massa (Ferrari) a 40,8s
7º Daniel Ricciardo (Toro Rosso-Ferrari) a 42,6s
8º Paul di Resta (Force India-Mercedes) a 51,0s
9º Romain Grosjean (Lotus-Renault) a 53,4 s
10º Nico Hulkenberg (Sauber-Ferrari) a 56,5s

Sérgio Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.