Grande Prémio de Itália de F1 – Vettel não deu hipóteses

Published On 8 de Setembro de 2013 | Desporto

405959

O piloto alemão voltou a ganhar mais uma corrida do campeonato, ou seja a sexta desta temporada, e também contabiliza a trigésima segunda vitória em toda a sua carreira na F1.

A história desta corrida do ponto de vista do vencedor escreve-se em poucas palavras, já que Vettel garantiu a vitória com grande facilidade e os seus mais directos adversários pouco ou nada puderam fazer para contrariar o piloto alemão, que vê assim o título de pilotos cada vez mais perto, são já 53 pontos de vantagem para o segundo classificado, o espanhol Fernando Alonso.

Para além do domínio de Vettel, a corrida em Monza ficou marcada por um bom arranque de Fernando Alonso que lhe permitiu terminar a corrida no lugar seguinte do pódio. O piloto espanhol não conseguiu incomodar o líder e apesar de tudo, este foi um bom resultado. No último lugar do pódio ficou o outro piloto da Red Bull.

Mark Webber amealhou pontos importantes para ao campeonato de construtores, onde a Red Bull se destaca (e muito) das restantes equipas. Webber foi o grande perseguidor de Alonso durante grande parte da corrida, e o resultado final pode foi de facto positivo, já que no final da corrida o monolugar do piloto australiano estava com problemas na caixa de velocidades.

Em quarto lugar ficou o brasileiro Filipe Massa, que realizou uma boa corrida dentro do que era possível fazer. Atrás do piloto brasileiro ficou Nico Hulkenberg em Sauber, ganhando a melhor em pista na batalha com o alemão Nico Rosberg em Mercedes, que terminaria em 6º.

Em sétimo ficou o futuro piloto da Red Bull, Daniel Ricciardo que fez uma boa corrida ao volante do monolugar Toro Rosso.

Outros protagonistas da corrida, como os (ex) campeões de outras épocas os resultados não foram brilhantes. Lewis Hamilton teve problemas de caixa no seu monolugar e foi apenas nono classificado. Jenson Button ao volante do Mclaren foi décimo e amealhou apenas um ponto, ficando à frente de outro campeão do mundo, o finlandês Kimi Raikkonen em Lotus. Este último segundo a imprensa alemã terá garantido um lugar da Ferrari para a próxima temporada o que a ser verdade deixa Filipe Massa fora da Scuderia.

Classificação Final:

1. Vettel Red Bull-Renault 1h18m33.352
2. Alonso Ferrari + 5.4s
3. Webber Red Bull-Renault + 6.3s
4. Massa Ferrari + 9.3s
5. Hulkenberg Sauber-Ferrari + 10.3s
6. Rosberg Mercedes + 10.9s
7. Ricciardo Toro Rosso-Ferrari + 32.3s
8. Grosjean Lotus-Renault + 33.1s
9. Hamilton Mercedes + 33.5s
10. Button McLaren-Mercedes + 38.3s
11. Raikkonen Lotus-Renault + 38.6s
12. Perez McLaren-Mercedes + 39.7s
13. Gutierrez Sauber-Ferrari + 40.8s
14. Maldonado Williams-Renault + 49.0s
15. Bottas Williams-Renault + 56.8s
16. Sutil Force India-Mercedes + 1 Volta
17. Perez McLaren-Mercedes + 1 Volta
18. van der Garde Caterham-Renault + 1 Volta
19. Bianchi Marussia-Cosworth + 1 Volta
20. Chilton Marussia-Cosworth + 1 Volta

Pilotos:

1. Vettel 222
2. Alonso 169
3. Hamilton 141
4. Raikkonen 134
5. Webber 130
6. Rosberg 104
7. Massa 79
8. Grosjean 57
9. Button 48
10. Di Resta 36
11. Sutil 25
12. Perez 18
13. Ricciardo 18
14. Hulkenberg 17
15. Vergne 13
16. Maldonado 1

Construtores:

1. Red Bull-Renault 352
2. Ferrari 248
3. Mercedes 245
4. Lotus-Renault 191
5. McLaren-Mercedes 66
6. Force India-Mercedes 61
7. Toro Rosso-Ferrari 31
8. Sauber-Ferrari 17
9. Williams-Renault 1

Sérgio Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.