Jaguar derretido devido à luz solar reflectida por um arranha-céus

Published On 11 de Agosto de 2014 | Curiosidades

skyscraper-melts-car-680x350

Há notícias bizarras que por vezes se tornam interessante devido ao seu conteúdo, e esta é uma delas.

Um novo e famoso arranha-céus em Londres, apelidado de Walkie-Talkie (devido à sua forma) foi responsável pelo insólito de fazer derreter partes de um automóvel numa rua adjacente.

melted-car-2-400x223

O proprietário do Jaguar que foi afectado por esta situação na quinta-feira passada, nem queria acreditar no estado em que ficou o seu automóvel.

Martin Lindsay recebeu contudo a respectiva indeminização pelos danos causados no seu automóvel e também um pedido de desculpas formal pelos responsáveis do arranha-céus de 37 pisos que ainda se encontra em construção.

Skyscraper-melts-car-400x229

Lindsay que é director de uma empresa naquela zona, contou à imprensa que se apercebeu dos danos num espelho, nos painéis laterais e no símbolo do Jaguar quando
viu um fotógrafo amador a tirar fotos à sua viatura, quando chegou próximo iniciou um diálogo, e o próprio fotógrafo não queria acreditar no que acabava de testemunhar.

Melted-car-400x217

No pára-brisas encontrava-se um bilhete onde estava escrito que a empresa responsável pela construção do edifício iria assumir os danos causados na viatura.

melted-jaguar-owner

Mais tarde num comunicado admitiu que estavam a par dos danos causados pela luz solar que era reflectida pelo edifício para aquela rua.

Como medida de precaução, os responsáveis políticos de Londres suspenderam o estacionamento em três zonas naquela rua até que uma investigação mais pormenorizada do caso seja efectuada.

melted-jaguar

Por fim, fica o valor das reparações no Jaguar que chegou às 946 libras, qualquer coisa como 1186 euros.

Sérgio Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.