Menu Fechar

LEXUS ABRAÇA INOVAÇÃO E TECNOLOGIAS AVANÇADAS PARA SE TORNAR UMA MARCA DE LUXO TOTALMENTE ELÉTRICA

A Lexus definiu a estratégia para uma nova geração de veículos totalmente elétricos, aplicando princípios de design e novas tecnologias que irão mudar o futuro dos automóveis. No seu fórum anual Kenshiki, em Bruxelas, a marca apresentou uma visão mais aprofundada do caminho que irá seguir para se tornar uma marca de veículos 100 por cento elétricos a bateria (BEV) a nível mundial até 2035. E ainda mais cedo na Europa, até 2030, se as condições do mercado o permitirem.

Pascal Ruch, Vice-Presidente da Lexus Europa e da Cadeia de Valor, afirmou a este propósito: “A Lexus tem sido pioneira em tecnologia desde que a marca foi fundada em 1989. Tem uma orgulhosa tradição de desafiar as convenções do mercado de automóveis de luxo e de fornecer consistentemente mais valor para os seus clientes. Quando se trata de eletrificação, iremos novamente alargar os limites do mundo automóvel premium. Desenvolveremos uma nova estrutura modular de veículos e baterias de uma nova geração, não só para melhorar o desempenho dos nossos BEV, mas também, e talvez o mais importante, para reinventar o prazer de condução.
“Haverá também uma revolução no software, que nos permitirá projetar veículos com o mais alto grau de personalização, tornando o luxo verdadeiramente pessoal para cada um dos nossos clientes.”

A próxima geração de BEV Lexus aproveitará as oportunidades de redução de tamanho e peso nas peças estruturais para oferecer conceitos de veículos mais versáteis. Os avanços nas tecnologias de eletrificação permitirão uma maior evolução da Lexus Driving Signature – uma ligação constante e gratificante entre condutor e automóvel que proporciona conforto, confiança e controlo em todos os momentos.

Os concept-cars LF-ZC e LF-ZL sinalizam o pensamento por detrás dos modelos do futuro
Os recém-revelados concept-cars Lexus LF-ZC e LF-ZL demonstram como a Lexus pretende maximizar o potencial oferecido pela eletrificação e tecnologias inovadoras com o objetivo de oferecer novas experiências de mobilidade.
 
O LF-ZC (Lexus Future Zero-emission Catalyst), que fez a sua estreia europeia no evento Kenshiki, antecipa um novo sedan de produção em série da Lexus com lançamento previsto para 2026. Colhe os benefícios da experiência de eletrificação da Lexus, com proporções elegantes, um centro de gravidade baixo, habitáculo espaçoso e design que combina funcionalidade com uma estética sedutora.

Lexus LF-ZC
 
O LF-ZL (Lexus Future Zero-emission Luxury) é um estudo de um SUV elétrico a bateria que permite uma ligação perfeita entre pessoas, mobilidade e sociedade. A experiência de condução pode ser adaptada às preferências individuais de cada utilizador e a interação com o veículo atingirá um nível superior, com o automóvel a fazer sugestões personalizadas, com base no estilo e hábitos do condutor. O uso do bambu como material de assinatura no habitáculo remete para a tradição japonesa, mas também reflete uma abordagem sustentável – o uso industrial desta planta de rápido crescimento é essencial para evitar o crescimento excessivo e proteger a natureza.

Lexus LF-ZL
 
Ambos os concept-cars combinam funcionalidade e beleza com um novo tema de design de “simplicidade provocante” que faz evoluir a identidade da Lexus, utilizando um design simples e refinado para criar uma presença marcante.
 
O cockpit inteligente e totalmente digital confere ao condutor acesso rápido aos comandos num ambiente imersivo. O elemento central marcante é um manche de direção para comandar a exclusiva tecnologia One Motion Grip steer-by-wire da Lexus.
 
As funções são consolidadas em pequenos ecrãs digitais de cada lado do condutor. Os controlos operacionais, como o da transmissão, sistemas de segurança e assistência ao condutor (ADAS) e seleção do modo de condução estão localizados no painel esquerdo, enquanto os recursos de conveniência, como áudio, telefone, controlo de temperatura e funções de IA (Inteligência Artificial), estão agrupados à direita. Estes concept-cars estão igualmente equipados com retrovisores e espelhos laterais digitais e um monitor ultra-amplo no lado do passageiro dianteiro, para acesso a aplicações de entretenimento e mobilidade.
 
Sistema operativo Arene
O novo sistema operativo Arene da Lexus abrirá novas possibilidades de entretenimento e conectividade. Usando recursos de IA, o sistema de reconhecimento de voz fornecerá respostas rápidas aos comandos e será capaz de fazer sugestões personalizadas e flexíveis – comparáveis aos serviços de um assistente pessoal sempre disponível. O sistema poderá ainda aprender as rotinas do condutor e as aplicações e funções preferidas e ativá-las automaticamente, sem que isso seja solicitado.
 
Desempenho de condução
A Lexus irá tirar máximo partido das caraterísticas específicas de desempenho dos BEV, como a aceleração instantânea e o controlo suave da potência, proporcionados pela sua tecnologia de tração integral DIRECT4, para aumentar o prazer de condução e permitir que o condutor se sinta em sintonia com o seu carro.
 
O sistema DIRECT4, já presente no elétrico Lexus RZ e no RX 500 híbrido de altas performances, equilibra constantemente a entrega de binário entre os eixos dianteiro e traseiro, de acordo com a aderência de cada roda. Deste modo se garante uma tração ideal em todas as condições de condução, com aceleração mais linear, melhor desempenho em curva e um comportamento geral mais estável do veículo. Dotados do sistema steer-by-wire (direção sem ligação mecânica), os futuros Lexus BEV irão proporcionar uma experiência de condução ainda mais intuitiva, especialmente em estradas sinuosas.
 
O novo sistema operativo Arene mudará a maneira como o condutor sente o veículo e o próprio comportamento do veículo com diferentes modos de condução – automóvel de luxo ou automóvel desportivo, por exemplo. No futuro, o condutor pode elevar o nível de experiência sensorial, alterando o som e as vibrações do carro. Esses recursos serão possíveis com a adoção de um sistema steer-by-wire e acesso remoto (over-the-air) às opções de software.
 
Estrutura modular do veículo
A próxima geração de BEV Lexus utilizará uma nova estrutura modular que divide a carroçaria do veículo em três partes – dianteira, central e traseira. Isso será possível através de o novo sistema de fabrico gigacacasting, que permitirá mais liberdade na definição das formas do veículo. A redução do número de peças – as secções dianteira e traseira da estrutura de um veículo compreendem atualmente cerca de 175 elementos separados – reduzirá drasticamente o tempo de produção e proporcionará flexibilidade para o rápido desenvolvimento de diferentes tipos de veículos. Os módulos dianteiro e traseiro podem ser produzidos cada um em menos de dois minutos. A estrutura modular também permitirá benefícios em termos de maior rigidez e redução de peso, o que por sua vez contribuirá para uma dinâmica linear e natural do veículo. Também serão considerados os custos de reparação, para garantir que acidentes menores não resultem em contas de reparação mais elevadas para o cliente.
 
O processo de fabrico será igualmente transformado, com os veículos a poderem mover-se de forma autónoma em cada etapa da produção numa linha de montagem também ela autónoma.
 
Abordagem multitecnologia e desenvolvimento de produtos
No curto prazo, até 2026, a Lexus continuará com a sua abordagem de eletrificação com multitecnologias, baseada em três tipos de veículos: modelos que dispõem de múltiplas opções de motorização, como os SUV UX, NX e RX; BEV que utilizam a atual plataforma de arquitetura global da Lexus, como o RZ; e BEV construídos usando gigacacasting numa plataforma da próxima geração, como o futuro modelo baseado no concept-car LF-ZC. Ao longo dos próximos anos, serão introduzidos veículos em cada uma destas três categorias, incluindo BEV, para expandir e diversificar a gama Lexus.
 
Cada um destes futuros modelos irá beneficiar de melhorias nas motorizações e de avanços contínuos na tecnologia de baterias. A Lexus será a primeira a adotar novas tecnologias de bateria, incluindo uma nova bateria de iões de lítio de elevado rendimento, que deverá permitir um tempo de carga de 10 a 80% de cerca de 20 minutos e uma autonomia de cerca de 800 km (ciclo WLTP). Também será disponibilizada uma bateria de menor custo, aumentando o leque de escolha do cliente.
 
Na primavera de 2024, a gama RZ vai ser ampliada passando a incluir uma nova versão com tração dianteira. Posteriormente, ficará igualmente disponível, pela primeira vez, a opção One Motion Grip steer-by-wire. Está igualmente planeado um sistema que reproduz a impressão de comando e de funcionamento de uma transmissão manual para BEV – outra dimensão da missão da Lexus ao se concentrar no prazer de condução. Por fora, o veículo será tão silencioso quanto qualquer outro BEV, mas no interior o condutor poderá experimentar todas as sensações de um veículo com transmissão manual, incluindo som do motor e vibrações.
 
Crescimento da Lexus na Europa
Este ano, a marca espera que as suas vendas de automóveis novos na Europa atinjam cerca de 74 000 unidades, o que representará um aumento de cerca de 50 por cento em relação a 2022, tornando a Lexus uma das marcas premium de crescimento mais rápido neste continente. Será também um novo recorde total para a região, excluindo a Rússia.
 
Este sucesso assenta numa forte gama de modelos que foi quase completamente renovada durante os últimos dois anos. A oferta atual inclui três modelos totalmente novos nos segmentos críticos SUV premium D e E – NX, RX e RZ – oferecendo opções motorizações eletrificadas com a tecnologia híbrida, híbrida plug-in e elétrica a bateria.
 
Espera-se que esta dinâmica de crescimento prossiga em 2024, impulsionando a empresa em direção à sua ambição futura de vendas de seis dígitos na Europa. A Lexus revelou dois novos modelos que estão a levar a marca a novos segmentos de mercado: o novo topo de gama LM “Luxury Mover” e o LBX, o primeiro crossover compacto urbano da marca. O LM eleva o conforto dos passageiros o um nível sem precedentes, enquanto o LBX desafia a hierarquia estabelecida entre os automóveis de luxo, provando que os recursos de prestígio, qualidade e experiência de condução podem ser disponibilizados sob a forma de automóvel compacto. Além disso, será lançada uma nova geração do GX nos mercados orientais, um grande SUV que oferece luxo supremo com capacidades excecionais para o todo-o-terreno.
 
Estes modelos demonstram as ambições de crescimento da Lexus e o desejo de continuar a ultrapassar limites com veículos concebidos para interagir com os grupos demográficos de uma nova geração de consumidores.

Sérgio Gonçalves

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.