Loeb o novo recordista em Pikes Peak

Published On 1 de Julho de 2013 | Desporto

sebastien-loeb-pikes-peak-official-practice-sessions-2013-peugeot-2018-t16-pikes-peak

Foi uma subida perfeita, e uma prova que se tornou muito mediática por ter o experiente piloto a participar pela primeira vez e também porque marcou o regresso da Peugeot à mediática corrida norte-americana.

O tempo canhão de 8m13,878s efectuado por Loeb deixou o antigo recorde de Rhys Millen no esquecimento, já que foi 49 segundos mais rápido.

Com esta vitória o piloto francês torna-se no primeiro piloto a conseguir efectuar a subida em menos de 9 minutos. Para além da sua enorme experiência em provas de asfalto, no WRC era conhecido como especialista neste tipo de piso, teve a ajuda de um automóvel muito potente e bem construído o já famoso Peugeot 208 T16.

A subida da montanha que fica perto de Colorado Springs tem mais de 20 quilómetros de extensão, 156 curvas e é actualmente toda em asfalto. Foi concluída por Loeb a uma média de 140,7 km/h, o que lhe permitiu bater de forma categórica o antigo recorde.

O piloto que em 2012 tinha sido o grande vencedor também melhorou o seu registo este ano, porém Rhys Millen pouco pode fazer contra Loeb. Com o seu novo bólide, o Hyundai RMR PM580-T conseguiu efectuar um tempo de 9m02,192s, com uma média de 128,2 km/h.

No final da corrida as declarações de Loeb espelham bem o contentamento do piloto francês: “para mim, esta foi a corrida do ano”. Já o director desportivo da Peugeot Sport, Bruno Famine referiu às jornalistas que o seu piloto é “um condutor excepcional, um dos poucos em todo o mundo capaz de extrair todo o potencial deste carro”.

Loeb foi de tal maneira rápido e eficaz que conseguiu ser 2 segundos mais rápido do que a própria equipa Peugeot previa…

Depois de concluída a famosa “corrida às nuvens”, a Peugeot vai procurar utilizar o 208 T16 noutros cenários. Segundo o responsável global de marketing da marca, Guillaume Couzy o Festival de velocidade de Goodwood é um dos possíveis cenários para este bólide voltar a entrar em acção.

Sérgio Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.