IMG 7251 630x420 Mazda CX 5 2.2 Skyactiv D 150 Excellence   Dinâmica de referência

A marca japonesa continua a impor-se no mercado com automóveis com uma linguagem de design arrojada e com características que tornam muitos dos seus modelos em referências do segmento onde se inserem, muito por “culpa” do comportamento dinâmico e de uma filosofia muito particular que apresentam.

O CX-5 é de tal maneira importante para a Mazda que o crescimento de vendas na ordem dos 60% na europa deve-se ao facto de há 5 anos atrás, ter sido lançada a primeira geração deste modelo.

Sem querer mexer muito nas qualidades que levaram ao sucesso deste modelo, a marca japonesa teve em consideração inúmeros factores para melhorar o que de bom já tinha feito anteriormente.

IMG 7256 630x420 Mazda CX 5 2.2 Skyactiv D 150 Excellence   Dinâmica de referência

Porém os especialistas da marca criaram um novo automóvel por assim dizer, melhorando o modelo em todos os aspetos mais importantes, como o interior, qualidade, dinâmica, motor e conforto.

Olhando para o novo CX-5 é possível ver que o design arrojado “bebe” muito do concept RX Vision apresentado em 2015, que recebe elementos estilísticos que estão presentes pelas restantes gamas da Mazda.

A maioria das pessoas que vêm este modelo na estrada, sentem-me muito atraídas pela estética, e alguns dizem mesmo que é parecido com o Jaguar F-Pace o que não deixa de ser um elogio uma vez que o F-Pace é considerado um dos SUV mais bonitos na atualidade.

O vermelho (cor opcional) assenta-lhe que nem uma luva, assim como as bonitas jantes de 19 polegadas que realçam o aspeto musculado e desportivo do CX-5.

Saltando para o interior é possível ver uma série de alterações em relação à geração anterior, na versão ensaiada o nível de equipamento e requinte a bordo garantem qualidade de vida a bordo.

Com o tablier forrado a pele assim como os forros das portas e os respetivos bancos, estes últimos com regulação elétrica (e aquecidos) garantem conforto e uma boa posição de condução. O head up display garante mais segurança na condução e informa os limites de velocidade na estrada, uma vez que dispõe de reconhecimento de sinais de transito.

Com três níveis de equipamento disponíveis para este modelo, Essence, Evolve e Excellence não é difícil optar por uma escolha ao gosto do “freguês”.

A qualidade dos materiais é elevada assim como a sua montagem, sendo que o design tem traços das restantes gamas, sendo, no entanto, distinto, com aspeto minimalista e que não desilude.

É fácil encontrar a posição de condução ideal devido às múltiplas regulações do banco e respetiva coluna de direção e todos os comandos são intuitivos e fáceis de perceber.

Com quotas de espaço bastante generosas tanto para condutores como passageiros, os que procuram versatilidade neste modelo não ficarão dececionados.

A mala tem 463 litros de capacidade (ou 1620 litros com os bancos rebatidos) e nesta versão ainda tem a vantagem de ter o portão com abertura e fecho elétrico.

No contacto dinâmico efetuado a este novo CX-5 foi possível perceber que este modelo será um sério concorrente num segmento muito concorrido, mas com espaço de mercado para modelos que se destaquem dos demais por alguma razão em especial.

Com uma insonorização fantástica em andamento, com ótimo silencio a bordo, o conforto sai muito reforçado nesta nova geração do modelo.

Na estrada facilmente reconhecemos outras qualidades, como o bom comportamento dinâmico, o chassis com afinação para um comportamento de referência e ótimo compromisso da suspensão que permite um bom nível de conforto sem prejudicar a dinâmica, algo já habitual nos modelos da Mazda nos últimos anos.

O chassis é cerca de 15% mais rígido nesta geração e conta com a ajuda de um sistema G-Vectoring Control (GVC), uma tecnologia que permite vectorização de binário. Ou seja, ajusta o binário do motor consoante o angulo de viragem do volante, o que permite otimizar a carga vertical de cada roda, não sendo assim necessário ao condutor corrigir os movimentos do volante em curva.

Com este sistema facilmente percebemos que este modelo entra em curva com facilidade e enorme segurança, exibindo uma agilidade acima da média para um automóvel deste segmento.

“Apenas” com tração dianteira, a unidade ensaiada mostrou-se muito divertida de conduzir num troço de curvas encadeadas escolhido de propósito para testar as qualidades do novo CX-5.

Com jantes de 19 polegadas e pneus Toyo Proxes o comportamento fica ainda mais reforçado.

Resta-nos falar da motorização, que se mostrou ser mais uma bela surpresa neste ensaio.

A unidade motriz turbo a gasóleo com 2,2 litros de capacidade é um grande “parceiro” das qualidades do CX-5. Na versão 4×2 este motor debita 150 cavalos de potência (175 na versão 4×4) e 380 Nm de binário.

Motor potente e suave, permite consumos agradáveis e performances de bom nível, com a vantagem de não se ouvir muito no habitáculo. A caixa de 6 velocidades é muito agradável de utilizar pois tem um comando preciso e intuitivo.

O exercício de 0 a 100 km/h é cumprido em 10.4 segundos sendo a velocidade máxima anunciada de 201 km/h. Os consumos desta versão são os seguintes: Extra-Urbano – 5,6 litros, 7,9 em Cidade e valor médio de 6,4 litros por 100 km percorridos. Emissões de CO2 de 149 g/km.

No curto ensaio conseguimos andar próximo dos valores anunciados.

De série a lista de equipamento do CX-5 conta com espelhos elétricos, vidros elétricos dianteiros, rádio, ar condicionado, controlo de tração e estabilidade, assistência à travagem de emergência, computador de bordo, ajuda ao arranque em declive, start & stop, travão de mão elétrico, faróis LED, cruise control, sistema de travagem de emergência em cidade.

O preço de venda ao público da versão ensaiada Mazda CX-5 2.2D Excellence Navi é de 41.994,36€
Esta viatura encontra-se equipada com mais alguns extras tais como os dos bancos em pele, dianteiros elétricos e aquecidos, com memória do banco do condutor e com apoio lombar elétrico que tem um valor de 2270€ e também mais 150€ da pintura Vermelho Soul Crystal.

Atualmente a Mazda tem uma campanha de lançamento com desconto de 3.000€ na gama CX-5.

Uma vez mais, um especial agradecimento aos responsáveis pelo Stand de vendas Julião Luz & Filhos, LDA na Golegã pela disponibilidade da viatura aqui ensaiada

Sérgio Gonçalves

Sérgio Gonçalves

A paixão pelos automóveis começou cedo e desde então tem andado de mãos dadas com o jornalismo nas suas mais variadas vertentes.

Produtor de conteúdos, com experiência em rádio, jornalismo online, jornalismo de imprensa e foto-jornalismo.
Sérgio Gonçalves
 

Tags: ,