MINI JOHN COOPER WORKS EM HOMENAGEM À PILOTO PIONEIRA PAT MOSS

Published On 8 de Agosto de 2022 | Notícias, Novidades

Há 60 anos, Pat Moss, uma piloto britânica, deu à MINI a sua primeira vitória num rali internacional. Aconteceu no histórico Rali das Tulipas, numa disciplina que era até então dominada por veículos significativamente maiores e reservada aos homens.

Para celebrar este feito extraordinário, a marca britânica que integra o BMW Group, anunciou no passado dia 8 de março, Dia da Mulher, o lançamento da Pat Moss Edition do MINI John Cooper Works. Trata-se de uma edição limitada de cerca de 800 viaturas, que comemora o lançamento da fenomenal carreira desportiva do clássico MINI, mas também marca uma conquista pioneira do poder feminino no automobilismo.  No International Rali da Tulipas – do município dos Países Baixos de Noordwijk até à Riviera Francesa e regresso –, Pat Moss e a sua copiloto, Ann Wisdom, conseguiram o melhor tempo nesta distância no clássico MINI Cooper. 60 anos depois, a MINI celebra o talento, a coragem e a paixão destas duas mulheres com uma fascinante edição especial e limitada.

Esta icónica edição chega agora a Portugal. Falamos de 15 unidades com motorização John Cooper Works do icónico modelo MINI 3 portas que já se encontram disponíveis nos concessionários portugueses.

As características de design não convencionais e detalhes elegantes caracterizam esta Pat Moss Edition, trazendo as emoções da diversão desportiva para as deslocações do dia a dia. O design exclusivo dos modelos reflete tanto a história automobilística da marca premium britânica, bem como as carreiras desportivas de Pat Moss e Ann Wisdom.

A isto junta-se ainda a integração de inovações MINI, onde se destaca o tejadilho Multitone, com uma nova variante de cores. Os desvios mínimos no padrão de cores causados por mudanças nas condições ambientais garantem que cada MINI com um tejadilho Multitone tem o caráter de um exemplar único à saída da fábrica.

Nos modelos desta nova edição, a carismática cor do tejadilho é combinada com a pintura metalizada da carroçaria em Midnight Black e também com as capas dos espelhos retrovisores exteriores em vermelho. Uma tulipa estilizada simboliza a primeira vitória do Rali: aparece nos pilares C e nas Side Scuttles dos veículos da edição, junto com a inscrição “Pat Moss”. As tampas dos cubos das rodas fixas também apresentam um design exclusivo, com um grafismo baseado no contorno da típica flor dos Países Baixos e na marca MINI.

Os principais factos do Rali das Tulipas de 1962 aparecem por baixo das Side Scuttles, nos painéis laterais dianteiros: a rota Noordwijk – Monte Carlo – Noordwijk, a distância de 2.500 quilómetros, o modelo utilizado e o seu número de partida, 104. Esta informação é complementada com o slogan que ainda hoje se aplica aos diferentes modelos MINI: “nascido para competir”.

Outro elemento do design utilizado pela primeira vez para o MINI Pat Moss Edition é a faixa do capot com alinhamento transversal, em branco. A combinação impressa de números e letras tridimensionais – 737 ABL – é o número de registo do clássico veículo que venceu o Rali das Tulipas em 1962.

No interior das viaturas desta edição, a assinatura icónica na superfície interior em Piano Black, na zona do passageiro da frente, é outra homenagem a esta revolucionária mulher piloto de ralis, falecida em 2008. O volante desportivo em pele apresenta o logótipo da edição na forma de uma tulipa. A representação abstrata dos êmbolos do motor que se movem para cima e para baixo serve de motivo para um gráfico na superfície interior do lado do condutor. Com barras de diferentes alturas formando as letras “M” e “W” – que significam “Moss” e “Wisdom” – simbolizam a dupla perfeitamente coordenada que causou sensação no mundo dos ralis durante tantos anos.

O MINI JCW Pat Moss Edition é um tributo a uma pioneira do automobilismo feminino, à história de rali da MINI e ao verdadeiro espírito de equipa. Um dos detalhes marcantes deste primeiro triunfo no rali do clássico Mini é o facto de Ann Wisdom ter insistido em participar no Tulip Rally mesmo estando grávida na época: prestou orientações de navegação infalíveis sobre o percurso de 2.500 quilómetros à sua companheira de equipa Pat Moss.

Pat Moss e Ann Wisdom abriram o caminho para uma carreira extraordinária para o clássico modelo da MINI. Em 1964, 1965 e 1967, o pequeno automóvel britânico garantiu a vitória absoluta no Rali de Monte Carlo. Décadas depois, a MINI tornou-se na marca dominante no rali de resistência mais difícil do mundo, conquistando a vitória geral no Dakar quatro vezes seguidas, entre 2012 e 2015. Seguiram-se, depois, mais duas vitórias gerais, em 2020 e 2021.

Sérgio Gonçalves
Latest posts by Sérgio Gonçalves (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.