Motociclos com descontos nas ex-SCUT

Published On 27 de Fevereiro de 2013 | Geral

scut

Numa época em que se vive tempos muito difíceis e onde são raras as boas noticias, em especial para os automobilistas e motociclistas, esta é sem dúvida uma notícia que merece destaque. São cada vez mais os automobilistas que recorrem a motociclos, em especial os modelos mais económicos (125 cm3) para poupar alguns euros por mês em combustíveis e manutenção nos seus trajectos diários.

Este é um tipo de desconto que não é novidade para os motociclos e respectivos proprietários, pois já pagavam menos 30% através do mesmo sistema mas em auto-estradas da Brisa.

Esta é sem dúvida uma boa notícia para quem usa o seu motociclo nas ex-SCUT, pois se tiver equipado com o dispositivo de cobrança electrónica vai passar a pagar menos 30% nessas vias, segundo fontes da Estradas de Portugal (EP).

Este desconto terá carácter permanente e entrará em vigor no dia 1 de Março. E só foi possível porque foi celebrado um protocolo entre as EP e a Federação de Motociclismo de Portugal. Porém só abrange os motociclistas que tenham aderido a um dispositivo electrónico para pagamento de portagens.

Esta medida positiva está inserida no processo de optimização do serviço de cobrança electrónica de portagens que foi desenvolvido pela EP e permite a utilização das ex-SCUT, e também as vias sub-concessionadas pela mesma empresa.

No nosso país, segundo dados oficiais, existem mais de 206.000 motociclos registados com motorizações de cilindrada superior a 50 cm3. O que permite a este tipo de veículos circular em vias rápidas e auto-estradas.

E para já cerca de 25% desses motociclos já aderiram ao dispositivo electrónico que permite efectuar o pagamento de portagens de forma automática. Ainda assim este valor está (ainda) aquém da média de utilização por veículos ligeiros.

As entidades responsáveis da EP esperam contudo um crescimento na adesão ao dispositivo este ano, face ao desconto agora lançado.

Sérgio Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.