Motor Internacional do Ano 2013

Published On 8 de Junho de 2013 | Geral

Ford-1.0L-I-3-EcoBoost-engine-2-910x1024

Este evento premiou de forma categórica duas grandes marcas do sector automóvel, tanto a Ford como Volkswagen conseguiram amealhar vitórias nas principais categorias, porém não foram as únicas a ganhar prémios.

A responsabilidade deste evento é da revista Engine Technology International, e o painel de votantes é composto por 76 jornalistas do sector automóvel de 36 países diferentes.

Começando pela Ford, a marca americana obteve o Prémio Motor Internacional do Ano e também venceu a categoria de melhor motor abaixo de 1000cc, com o motor de 1 litro Ecoboost. Este motor equipa os modelos Fiesta, B-Max, Focus, C-Max e dentro de pouco tempo equipará também o Mondeo, obteve assim 479 pontos.

Para a Volkswagen, o segundo lugar na categoria geral foi um bom resultado. Para além do pódio nessa categoria, também conseguiu vencer entre os motores de 1,0 até 1,4 litros. O motor é o conhecido 1.4 TSI Twincharger.

Na categoria Motor Novo a vitória também sorriu à VW, graças ao seu motor 1.4 TSI ACT que equipa o modelo Golf. A tecnologia permite uma gestão activa de cilindros, e faz com que se circule apenas com dois cilindros em velocidades reduzidas, diminuindo desta forma o consumo de combustível.

Para além destes prémios, o Prémio Motor Ecológico foi ganho pelo motor de 2 cilindros e 875cc (CNG) da marca italiana Fiat. Este motor que equipa o Panda, o 500L e o Lancia Ypsilon.

Quem também teve motivos para sorrir foi outra marca italiana, a Ferrari. Ganhou as categorias Motor de Performance e motor acima de 4,0 Litros. Tanto o motor V12 de 6,3 litros do F12berlinetta e o 4,5 litros V8 do 458 Italia ficaram em primeiro e segundo lugar de ambas as categorias. Curiosamente o motor do F12berlinetta também conquistou o quinto lugar na categoria Motor Internacional do Ano e além disso ficou em segundo na categoria Motor Novo.

Na categoria com motores de 1,4 a 1,8 litros, a vitória foi obtida pelo motor produzido em pareceria PSA/BMW. Um motor de 1,6 litros que usa turbocompressor e que equipa variadíssimos automóveis, como o Mini Cooper, o Peugeot 208 GTI entre outros.

A BMW também venceu na categoria entre 1,8 e 2,0 litros com o seu motor turbo de 4 cilindros e 2,0 litros de capacidade. Unidade motriz que equipa tanto o Série 3 como o Z4.

A Audi venceu a categoria 2,0 a 2,5 litros, com o seu motor turbo de cinco cilindros com 2,5 litros de capacidade. Este motor equipa o Audi TT-RS.

A Porsche com o motor boxer com 2,7 litros e seis cilindros venceu a categoria de 2,5 litros a 3,0 litros. Mecânica que equipa tanto o Boxster como o Cayman.

Para finalizar resta referir a vitória obtida pela Mclaren na categoria de 3,0 a 4,0 litros com o seu motor de 3,8 litros V8 twin-turbo pertencente ao McLaren 12C.

Sérgio Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.