MULLINER BATUR INICIA A REVOLUÇÃO DO DESIGN DA BENTLEY

Published On 1 de Setembro de 2022 | Notícias, Novidades

A Bentley Motors revelou o Bentley Mulliner Batur, um novo grande coupé de duas portas limitado a 18 unidades de produção que encarna o início de uma revolução de design na Bentley.

Criado pelo Diretor de Design Andreas Mindt e pela sua equipa, o Batur é uma montra para um novo ADN de design que vem guiar o design da futura gama de Veículos Elétricos a Bateria (BEV) da Bentley.

A coleção de apenas 18 exemplares de produção do Batur é o projeto mais recente da divisão interna de construção de carroçarias da Bentley, Mulliner, e sucede ao Bacalar, uma série de 12 Barchettas individualmente especificados, desenhados e construídos à mão que relançou a construção de carroçarias na Bentley. Tal como o seu predecessor – o Bacalar – o Batur tem o nome de um belíssimo corpo natural de água. O lago Batur é um lago de 88 metros de profundidade, numa cratera com 16 km2 em Kintamani na ilha de Bali, Indonésia, e fornece água rica em nutrientes tanto para as fontes termais locais como para a agricultura.

O Batur também será o Bentley mais potente de todos os tempos, com uma versão de mais de 740 cv do icónico motor W12 biturbo de 6,0 litros montado à mão que metafórica e literalmente impulsionou o sucesso da Bentley nas últimas duas décadas. Uma vez que este motor começa a sair de cena graças ao percurso de transformação da Bentley, o projeto Beyond100, em direção à eletrificação total, o Batur é a primeira parte de uma celebração da extraordinária potência, binário e refinamento do W12. A performance do motor será compatível com o chassis Bentley mais avançado de todos os tempos, com suspensão pneumática com afinação Speed, controlo ativo elétrico anti rolamento, eLSD, quatro rodas direcionais e vectorização de binário.

Já foram reservados todos os dezoito exemplares do Batur. Cada um deles será concebido em colaboração com cada cliente, sob a orientação da equipa interna de design da Mulliner. Os clientes poderão especificar a cor e o acabamento de praticamente todas as superfícies do Batur, para criar um automóvel tão individual como ele é. Cada um deles será depois trabalhado à mão ao longo de vários meses nas instalações da Mulliner, na fábrica neutra em carbono da Bentley em Crewe, Inglaterra, com as primeiras entregas previstas para meados de 2023.


O Batur foi revelado na Bentley’s Signature Party na Monterey Car Week, perante quase 500 convidados VIP, pelo Presidente e Chefe do Executivo da Bentley, Adrian Hallmark, que comentou:

“O Batur é um modelo significativo para a Bentley. Muito mais do que o herdeiro do altamente bem-sucedido Bacalar, o Batur mostra o rumo do design que adotámos para o futuro à medida que desenvolvemos a nossa gama de BEV. Andi Mindt e sua equipa reinventaram os pormenores clássicos de design da Bentley num design mais forte e arrojado que permanece elegante e gracioso.

“Sob o belo exterior encontra-se o motor mais potente que alguma vez desenvolvemos. O nosso motor W12 é sem dúvida o motor automóvel de doze cilindros mais bem-sucedido da história, e à medida que se aproxima da sua reforma para dar lugar a futuros híbridos e BEV, queremos assinalar as suas conquistas.”

“Os dezoito sortudos clientes que já reservaram o seu Batur desfrutarão de uma experiência de cocriação inigualável com a nossa equipa Mulliner Design na especificação dos seus automóveis. O Batur é o próximo passo na expansão da Mulliner, evidenciando a procura de veículos verdadeiramente personalizados que combinem luxo e performance de uma forma que só a Bentley pode oferecer”.

Uma revolução de Design

O design do Batur é o trabalho do Diretor de Design da Bentley, Andreas Mindt, e da sua equipa, incluindo o Chefe de Design Exterior, Tobias Suehlmann e o Chefe de Design Interior, Andrew Hart-Barron. O ADN de design da Bentley que impulsionou a criação das famílias Continental GT, Flying Spur e Bentayga foi modernizado para o Batur, introduzindo novos temas, abordagens e detalhes. A nova linguagem de forma define um novo capítulo para o design da Bentley, como parte da viagem de transformação da Bentley Beyond100 para se tornar a empresa líder mundial em mobilidade de luxo sustentável.


O Batur antecipa os princípios de design que estão a motivar o desenvolvimento do primeiro BEV da empresa – previsto para 2025 – e as famílias de automóveis que se seguem.

Andreas Mindt explica o design:

“Para qualquer equipa de design, a oportunidade de redefinir as nossas próprias regras é o desafio mais emocionante. Imaginámos uma nova linguagem de design Bentley, mantendo alguma continuidade com o passado e o presente, enquanto alterámos drasticamente elementos-chave.”

“O design de um Bentley moderno deve ser sempre poderoso, inspirador e harmonioso. A forma tem de ser forte e robusta, mantendo-se ao mesmo tempo graciosa – deve haver um fluxo elegante e vigoroso. O termo que utilizamos é a “resting beast stance” – imagine um leão ou tigre, deitado em posição de ataque sobre a relva. Essa forma poderosa – de potência máxima em repouso, que parece rápida mesmo quando está parada – é a que motiva a nossa nova interpretação da linha clássica de potência e pose decidida da Bentley.”


“Um capô longo tem sido sempre uma marca de poder e prestígio. Os nossos novos pormenores de design incluem uma linha que se estende desde o capô ao longo de todo o comprimento do automóvel, ligando-o à carroçaria, tornando o automóvel longo e elegante, dando uma proporção alongada à secção dianteira. Chamamos a esta característica o “endless bonnet” e é o único destaque que realça a forma mais nítida. Ao mesmo tempo, a massa visual do automóvel é recuada, dando a sensação de que o automóvel está assente no eixo traseiro, o que acrescenta mais profundidade aos seus ombros.”


“Na parte da frente do automóvel, modernizámos a famosa grelha Bentley e tornámo-la mais baixa e vertical, para dar um aspeto mais forte e uma postura mais dominante. Esta elegância vertical traz autoconfiança com uma postura de luxo. A grelha é rodeada por uma nova forma e desenho do farol, uma evolução do design utilizado no Bacalar, mantendo um único farol grande de cada lado. Estes são combinados com farolins totalmente novos atrás, que se encontram de ambos os lados de um spoiler destacável.”

De uma forma geral, a forma é mais limpa e simplificada, e dependemos mais de superfícies curvilíneas seccionadas em sítios específicos para refletir luz e sombras e dar mais músculo ao design“.

O Próximo Projecto Excecional da Mulliner

O Batur é o herdeiro e sucessor do Bacalar, o projeto Barchetta de 12 unidades que trouxe a construção de carroçarias de volta à Mulliner. A Mulliner tornou-se especialista em desenvolver projetos complexos, incluindo o Bacalar e a Blower Continuation Series – a primeira reinterpretação, a nível mundial, de um veículo do período pré-guerra. As capacidades de construção de carroçarias que renasceram através de ambos os projetos combinar-se-ão com o artesanato geracional para conceber os 18 Batur que vão ser construídos, cada um deles inteira e meticulosamente à mão.


Paul Williams, Diretor da Mulliner, comenta:

“Com o Bacalar, comprovámos que os nossos clientes têm um interesse genuíno por modelos Bentley personalizados e individuais. Estamos a desenvolver essa história com o Batur e o facto de todos os 18 automóveis já estarem reservados é a prova de que a nossa equipa de design está a criar automóveis que os nossos clientes querem comprar. O Batur não é apenas um belo Bentley feito à mão – é o próximo membro de uma linha distinta de veículos construída pela Mulliner, que inclui o automóvel favorito de W.O. Bentley, o 8 Litre, e o agora icónico R-Type Continental.”

A equipa interna de design da Mulliner irá cocriar cada Batur com os seus clientes, trabalhando em conjunto durante várias horas através de um visualizador Mulliner especialmente criado que permite que qualquer parte do automóvel seja personalizada quer em cor, quer em acabamento de superfície. Amostras infinitas de materiais exclusivos trazem textura ao processo e os designs resultantes serão verdadeiramente individuais e criados pelo cliente – limitados apenas pela sua imaginação. Desde a pintura exterior principal até ao acabamento da superfície das saídas de ar, e literalmente tudo o que está entre eles, cada cliente especificará até os mais pequenos detalhes.

Através de materiais artesanais e cores excecionais, cada Batur ganhará vida através da equipa de artesãos automóveis da Mulliner, num processo que demorará vários meses para cada automóvel.

Detalhes Exteriores

Além da forma exterior do automóvel, há uma gama quase infinita de opções para o futuro proprietário de cada automóvel. As opções de pintura são infinitas, começando com a paleta de cores Mulliner, até a uma pintura personalizada e a gráficos pintados à mão.

As adições aerodinâmicas ao difusor dianteiro, saias laterais e difusor traseiro podem ser feitas de fibra de carbono ou do novo compósito de fibra natural sustentável.

Os elementos decorativos exteriores podem ser claros ou escuros, acetinados ou brilhantes ou ainda em titânio. Tal como no primeiro automóvel, outra opção é a cor contrastante graduada na grelha dianteira, para um efeito do tipo ombre vibrante.

O Batur conta com jantes exclusivas de 22″, com a opção ‘padrão’ pintada de Black Crystal e depois trabalhada e polida na superfície. Uma opção mais escura combina faces escuras brilhantes com raios acetinados, sendo que os clientes também podem escolher pintar as jantes a combinar com a carroçaria, com ou sem o acabamento de contraste, ou escolhendo uma cor de contraste completamente diferente.

O automóvel revelado em Monterey foi escolhido especificamente para exibir a linguagem da forma do Batur. A pintura exterior é de uma cor personalizada – Bonneville Pearlescent Silver – que proporciona um contraste fluente através das superfícies curvas. A carroçaria é sublinhada por difusores frontais em fibra de carbono, saias laterais e difusor traseiro pintados em Black Crystal. A frente do automóvel apresenta uma grelha de arte excecional – com a matriz principal com acabamento em Gloss Dark Titanium, acentuada com chevrons contrastantes num padrão ombre horizontal que vai desde o Hyperactive Orange no centro e escurece gradualmente para os lados até ao tom Black Crystal. A linha “capô sem fim” tem acabamento na cor Satin Titanium, assim como as jantes de 22″ – com os raios em Satin Dark Titanium para combinar com a grelha.

Um Habitáculo de Beleza Sustentável Personalizada

O espaço interior de dois lugares do Batur foi desenhado para máxima personalização e viagens de longa distância. Inspirado no sucesso do design de interiores do Bacalar, o Batur baseia-se nos principais elementos de design do habitáculo do Bacalar e adiciona novos recursos de luxo sustentável.

Cada elemento do habitáculo é adaptado às especificações do cliente. Estes podem escolher entre uma variedade de materiais interiores sustentáveis, incluindo:

  • Couro com baixo teor de carbono proveniente da Escócia, que percorre distâncias significativamente menores do que o couro proveniente de fora do Reino Unido;
  • Couro de curtimento sustentável proveniente de Itália, em cinco cores diferentes;
  • Dinamica, um material sustentável alternativo ao couro, semelhante à camurça.

A gama de folheados disponíveis para o tablier inclui um novo material para a Bentley: o compósito de fibra natural, que é uma alternativa sustentável à fibra de carbono. Disponível em malha 2×2 e acabamento em pintura acetinada, o compósito de fibra natural traz uma nova textura sustentável para o habitáculo. Independentemente do folheado escolhido, o painel frontal do passageiro é finalizado com uma gravação exclusiva da assinatura de áudio do motor W12, mas uma gravação personalizada também está disponível.

Entre os vários elementos sustentáveis encontram-se os tapetes, que se combinam com o couro e são fabricados com fios reciclados, o que é uma estreia para a Bentley. 

Os clientes poderão escolher entre tratamentos claros ou escuros para os elementos interiores brilhantes e também há opções em titânio. Alguns controlos – como os botões “organ stops” da ventilação – também estão disponíveis em ouro 18K impresso em 3D.

O interior do Batur de lançamento foi estofado à mão numa combinação espantosa de preto, vermelho e laranja, nomeadamente Beluga, Hotspur e Hyperactive. O couro principal Beluga contrasta com o novo couro Mulliner Hyperactive Orange, ainda mais sustentável e com baixas emissões de CO2. Uma textura complementar é conseguida através do uso de Dinamica – uma alternativa sustentável ao couro, semelhante à camurça – tanto em Beluga como em Hotspur. Os exclusivos “Batur chevrons” nas asas exteriores dos bancos são delicadamente bordados à mão em fio Snap Orange, enquanto o resto dos estofos apresenta um fio branco contrastante. Os elementos macios são completados com uma nova técnica “piping” artesanal em Beluga, com acabamento Hyper Orange nos centros dos bancos e um acabamento Hyper Orange nos raios inferiores do volante.

Os folheados do painel de instrumentos, tablier e portas são pintados em Gloss Black, com um ‘fade guitar’ em Fine Brodgar a fluir dos painéis para as portas, antes de voltarem a desvanecer-se para o preto. O painel é completado com uma obra de arte única: uma onda sonora gravada a laser, representando o som único gerado pelo motor W12. Os elementos metálicos do interior são uma mistura de alumínio anodizado preto e titânio acetinado, completados com o Bentley Dynamic Drive Selector e a banca central no topo do volante em ouro de 18 quilates.

O Poderoso W12

O Batur apresenta o motor mais potente de sempre montado num Bentley. O W12 de 6,0 litros que deu início ao renascimento do Bentley com o Continental GT em 2002 passou, desde então, por várias iterações de design e é agora o motor de doze cilindros mais avançado do mundo. Foi sempre fabricado à mão na fábrica neutra em carbono da Bentley em Crewe, Inglaterra.

Para o Batur, foi criado um novo sistema de admissão, turbocompressores atualizados, novos intercoolers e uma extensa recalibração para se disponibilizarem 740 cv de potência e 1.000 Nm de binário e assim proporcionar um desempenho excecional a este novo grand tourer de topo. Esta evolução do motor é uma celebração das suas realizações ao longo de 20 anos, durante os quais foi desenvolvido para produzir quase 40% mais potência, enquanto a economia de combustível melhorou 25%. No caso do Batur, o W12 está acoplado com a transmissão de dupla embraiagem de oito velocidades da Bentley e dispõe de um escape desportivo que oferece uma banda sonora que corresponde ao seu nível de performance. Todo o sistema de escape é em titânio, enquanto as saídas são impressas a 3D em titânio, uma primeira vez na Bentley.

À medida que a Bentley avança para a era da eletrificação, o W12 está a entrar em desuso. Antes de se retirar, esta obra-prima de engenharia é digna de elogios e o Batur é perfeito para o restante desenvolvimento da performance do W12.

Um Sistema de Chassis a Combinar

Além de ser o coupé Bentley mais potente e mais exclusivo até à data, o Batur também será o mais dinâmico. 

Os elementos pneumáticos adaptativos têm, cada um, três câmaras comutáveis, alterando o volume da “mola de ar” e, consequentemente, a sua rigidez efetiva. O condutor pode escolher o equilíbrio entre o conforto de condução e o controlo da carroçaria utilizando os quatro modos do Drive Dynamics Control na consola central, escolhendo entre Sport, Bentley, Comfort e Custom.

O Drive Dynamics Control também modifica o comportamento do sistema de controlo ativo elétrico anti rolamento de 48V, que pode fornecer até 1.300 Nm de binário anti rolamento em 0,3 segundos ou desconectar, por completo, a ligação entre as rodas nas extremidades de cada eixo. O sistema de controlo anti rolamento também pode ser utilizado para ajustar a rigidez do rolamento à frente e atrás, dando ao Batur uma capacidade de entrada em curva mais ágil e uma maior capacidade de equilibrar o automóvel com o acelerador quando em modo desportivo.

A tração global e aderência em curva é maximizada através da utilização do diferencial de deslizamento limitado eletrónico (eLSD), que, de uma forma ativa, distribui o binário pelas rodas. Isto é complementado pela vectorização do binário pela travagem, através da qual o automóvel pode travar ligeiramente a roda traseira interior à curva para uma maior resposta do eixo dianteiro e, também, travar ligeiramente ambas as rodas interiores na saída da curva para mover a potência para o exterior, para as rodas com melhor tração.

A travagem é feita através do sistema de travagem CSiC (Carbon-Silicon-Carbide) da Bentley, com discos dianteiros de 440 mm e traseiros de 410 mm, combinados com pinças dianteiras de 10 êmbolos e traseiras de quatro. O Batur rola sobre jantes de 22″ personalizadas com pneus Pirelli.

Sérgio Gonçalves
Latest posts by Sérgio Gonçalves (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.