Nismo GT-R confirmado

Published On 27 de Fevereiro de 2013 | Novidades

nismo-GT-R

A Nismo inaugurou uma nova sede global localizada em Yokohama no Japão. O objectivo da Nissan é expandir a marca Nismo dentro da sua gama, reservando os modelos mais exclusivos e performantes para um desenvolvimento mais específico por parte desta divisão especializada em desporto motorizado e automóveis de estrada de elevado desempenho da Nissan.

O próximo modelo a ser lançado e desenvolvido pela Nismo será o GT-R. A Nismo não revelou detalhes sobre o Nismo GT-R, para além de que será uma versão ainda mais potente inspirada nas versões de corrida do modelo. Sabe-se no entanto que o GT-R Nismo será baseado na versão 2013 do GT-R, o que indica que poderá ser apresentado ainda no decorrer deste ano.

nismo

O Nissan GT-R 2013 utiliza um motor biturbo V6 de 3,8 litros capaz de debitar uma potência máxima de 550 cv, permitindo-lhe acelerar dos 0 aos 100 km/h em escassos 2,7 segundos, 0,1 segundos mais veloz do que o modelo de 2012.

O modelo incorpora já muitos dos desenvolvimentos e experiênca obtias pela marca na sua participação nas 24 Horas de Nürburgring do ano passado e do seu sucesso nas séries Super GT e Global GT.

“Seria impensável para nós desenvolver uma gama de carros de estrada Nismo sem incluir o GT-R. O carro de estrada padrão é um supercarro global e o desempenho do GT-R em pista reflecte a paixão e o talento da equipa Nismo. O GT-R Nismo vai ser especial e eu mal posso esperar por conduzi-lo”, referiu o CEO da Nissan, Carlos Ghosn.

Este não é o primeiro modelo Nismo baseado no GT-R. Na quarta geração do Skyline GT-R, a Nismo criou o 400R com um motor modificado de forma a produzir mais 100cv do que a versão padrão do carro, com 44 unidades a serem produzidas. A quinta geração do Skyline GT-R também recebeu um modelo Nismo com cerca de 500cv e 19 unidades foram produzidas.

Segue-me
Latest posts by Rui Augusto (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.