Novas regras: Automóveis a GPL com vinheta no pára-brisas e outros com dístico verde na traseira

Published On 26 de Junho de 2013 | Novidades

gpl-parques

Entre inúmeros avanços, recuos e alterações, dentro de 15 dias entrará vigor (mais concretamente a partir de 11 de Julho) novas alterações no que diz respeito à identificação dos automóveis que usem este tipo de combustível.

Assim os actuais dísticos de cor azul dos automóveis a GPL vão ser substituídos por vinhetas identificadoras. Segundo o Governo o objectivo destas vinhetas é tornarem esses automóveis mais discretos e de certa forma a eliminar o preconceito que existe sobre esta temática.

A partir do dia 11 de Julho a nova portaria determina que a identificação dos veículos ligeiros de matrícula portuguesa que utilizem sistemas de alimentação a gás de petróleo liquefeito (GPL) passe a ser feita por uma vinheta que terá que ser afixada no pára-brisas.

Porém os automóveis que já utilizem os sistemas de GPL, que foram previamente inspeccionados anteriormente, terão de continuar a afixar na traseira do automóvel um dístico indentificador. Que desta ver terá um fundo verde em vez do azul como o conhecíamos até então. O fundo verde significa que o automóvel emite menos emissões de gases poluentes (CO2).

Contudo estes automóveis mais antigos não poderão estacionar em sítios subterrâneos, nem em parques de estacionamento fechados. Só poderão estacionar em parques que estejam devidamente preparados com sistemas de ventilação natural através de aberturas no tecto e no solo, para que que em caso de fuga de gases seja possível escoar os mesmos rapidamente para o exterior.

Segundo a informação publicada pelo Governo em diploma esta Quarta-feira, os automóveis equipados com GPL ou GN (Gás Natural) mais antigos poderão manter-se em circulação sem qualquer obrigação adicional. Contudo é dada a opção de demonstração do cumprimento das novas prescrições técnicas que permitem beneficiar do novo regime de identificação de veículos e de estacionamento em parques fechados.

Para além disto este diploma ainda informa que compete aos fabricantes que os técnicos e mecânicos de auto/gás possuem a formação e título profissional legalmente exigível para o exercício das actividades de fabrico de veículos movidos a GPL ou GN.

Não serão as notícias que os automobilistas mais queriam ver, em especial os que conduzem automóveis a GPL, já que a grande revindicação dos mesmos era terminar com o dístico e a respectiva descriminação que o mesmo provoca, assim como a possibilidade de estacionar em todos os parques subterrâneos.

Sérgio Gonçalves

9 Responses to Novas regras: Automóveis a GPL com vinheta no pára-brisas e outros com dístico verde na traseira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.