NOVO AMAROK DA VOLKSWAGEN VEÍCULOS COMERCIAIS EM ESTREIA MUNDIAL

Published On 13 de Julho de 2022 | Notícias, Novidades

A Volkswagen Veículos Comerciais vendeu mais de 830.000 unidades da primeira geração Amarok na Europa, Austrália, Nova Zelândia, África, Norte da Ásia e América do Sul e Central. Agora surge a segunda geração. Tudo nela é novo. Mas o design da Volkswagen torna-o imediatamente claro: é um Amarok. Tornou-se maior, mais poderoso, mais atlético e mais carismático. “Para a nova geração, modificámos significativamente o ‘design’ arquétipo do Amarok. É agora inequivocamente mais expressivo e ainda mais impressionante”, diz Albert Kirzinger, Diretor de Design da Volkswagen Veículos Comerciais. Um elemento que assume uma posição de afirmação é a nova seção frontal da pick-up, que está a ser lançada nas especificações Amarok, Life e Style, bem como nas versões superiores PanAmericana (estilo off-road) e Aventura (estilo exclusivo).

O novo Amarok está a ser lançado com carroçarias de cabine dupla de quatro portas (DoubleCab) e duas portas de cabine simples (SingleCab). Visto de perfil, os arcos das rodas, parcialmente redondos, tal como previamente, são especialmente marcantes em ambas as versões. Os guarda-lamas acima das jantes de liga leve – até 21 polegadas – têm um aspeto poderoso e são complementados por proteções em plástico robusto.

A longa distância entre eixos realça as proporções e as suas qualidades todo-o-terreno

Com 5.350 milímetros, o novo Amarok é 96 mm mais longo que o seu antecessor. Uma distância entre eixos de 3.270 mm representa um aumento de 173 mm. Isto proporciona mais espaço, especialmente na segunda fila de bancos na carroçaria de cabine dupla. A distância entre eixos cresceu assim muito mais do que o comprimento total, o que reduz os vãos da carroçaria. O resultado: proporções mais nítidas e uma melhor capacidade todo-o-terreno graças a melhores ângulos de aproximação. As capacidades todo-o-terreno do Amarok, que terá tração integral proposta de série em muitos mercados, são também melhorados por uma superior capacidade de passagem a vau para percursos com água. Anteriormente, este valor era de 500 mm, mas evoluiu agora para 800 mm.

Um interior Volkswagen de alta qualidade para tarefas profissionais

Com os seus ecrãs digitais intuitivos, o interior foi configurado pela equipa de design da Volkswagen Veículos Comerciais de uma forma muito funcional e com alta qualidade. O espectro de ecrãs digitais é composto por um painel de instrumentos de 8 polegadas (“Digital Cockpit”, totalmente digital e com 12 polegadas no nível Style e acima) e por um moderno ecrã tátil em formato tablet (com 10 polegadas ou, no nível de equipamento Style e acima de série com 12 polegadas) para o sistema de infotainment. A Volkswagen Veículos Comerciais implementou uma combinação de funções digitais e botões de configuração ergonómica, bem como interruptores de pressão/rotativos de utilização intuitiva no Amarok. O volume do sistema de infotainment e as configurações do sistema de tração às quatro rodas são, por exemplo, controlados através desse tipo de comandos. Dependendo da especificação, estas duas características, robustas e de aspeto premium, são enquadradas com elementos em alumínio.

Outras características, como o sistema de som Harman Kardon – de série nos Amarok PanAmericana e Ventura e disponível como opção para outros níveis de equipamento – enquadram-se perfeitamente neste cenário de detalhes de elevada qualidade. É, também, um sistema utilizado exclusivamente no Amarok. Igualmente incluído de série nos Amarok PanAmericana e Aventura: um painel de instrumentos com aspeto de couro e com uma elegante costura de contraste. O posicionamento premium do veículo é também igualado pelos novos bancos: o condutor e o passageiro da frente do Amarok sentam-se em bancos de conceção ergonómica, que nas especificações superiores podem ser ajustados eletricamente em múltiplas posições. A zona traseira da carroçaria DoubleCab oferece também muito espaço e conforto para três passageiros adultos poderem desfrutar da viagem. Os bancos da versão Style dispõem, de série, de capas ArtVelours, enquanto nos Amarok PanAmericana e Aventura é utilizado couro de alta qualidade.

Um amplo espaço na caixa de carga com capacidade máxima de 1,16 toneladas

O novo Amarok é, também, incrivelmente espaçoso atrás das cabines dupla ou simples, na sua caixa de carga. Tal como na geração anterior, a plataforma de carga entre os arcos das rodas tem espaço suficiente para receber uma euro-palete carregada lateralmente. A versão de cabine simples pode mesmo transportar duas paletes carregadas lateralmente. A carga é imobilizada através de anéis de fixação na plataforma de carga, que suportam, cada um, até 500 quilos. Em linha com esta elevada capacidade de carga, a carga útil máxima subiu de uma tonelada para 1,16 toneladas. A caixa de carga também pode ser protegida através de uma cobertura que pode ser enrolada eletricamente. Esta cobertura pode ser aberta e fechada a partir da própria caixa de carga, a partir do habitáculo ou através do comando à distância do Amarok.

A nova gama de acessórios preenche todos os requisitos

Um argumento interessante para os globetrotters é que a capacidade de carga estática do tejadilho é de 350 kg – suficiente, por exemplo, para uma tenda de tejadilho para quatro pessoas que estará disponível como acessório. Disponíveis tanto em especificação “de fábrica”, como na gama de acessórios, o Amarok pode estar equipado com jantes de liga leve de até 21 polegadas, pneus de todo-o-terreno (até 18 polegadas) e com uma gama diversificada de suportes para reboques. Outros elementos disponíveis para a caixa de carga incluirão um porta-bicicletas, um sistema de transporte multifuncional, uma versão da cobertura que pode ser enrolada manualmente e uma gama muito diversificada de barras estilizadas. Estará novamente disponível uma cobertura rígida para a caixa de carga, com a qual a pick-up se transforma, efetivamente, num SUV com a capacidade de carga de um furgão. As qualidades fora de estrada, entretanto, podem ainda ser otimizadas através das barras de proteção frontais, elementos de proteção debaixo da carroçaria, acessórios de chassis para todo-o-terreno, ganchos para reboque e um snorkel exterior no pilar A do lado esquerdo para abastecer o motor com ar fresco ao conduzir através da água.

Cinco motores sobrealimentados, adaptados individualmente para os mercados mundiais

Quatro motores Diesel (TDI) e um motor a gasolina (TSI) sobrealimentados foram desenvolvidos para o novo Amarok. A eficiência e um elevado binário são qualidades comuns aos cinco motores. No mercado africano, por exemplo, está a ser utilizado o motor de especificação de base: o 2,0 litros TDI de quatro cilindros com 150 cavalos. Em termos de potência, o motor acima, apontado a muitos mercados mundiais, é o 2,0 litros TDI de quatro cilindros com 170 cv. Para o terceiro nível de potência, a Volkswagen Veículos Comerciais irá propor o motor 2,0 litros TDI de quatro cilindros com dois turbocompressores e que desenvolve 204 ou 209 cv, consoante o mercado. O motor utilizado como topo de gama nas versões TDI é o V6 de 3,0 litros de cilindrada. Produz uma potência de 241 ou 250 cv, dependendo do mercado. Um motor a gasolina, sobrealimentado, com 2,3 litros de cilindrada e 302 cavalos de potência foi concebido especificamente para os mercados tradicionais de motores a gasolina.

Novas transmissões automáticas de 10 velocidades e sistemas 4MOTION

A partir do nível de potência de 209 cavalos, todas as versões do Amarok chegarão ao mercado equipadas de série com uma nova caixa automática de 10 velocidades com e-shifter de tecnologia by wire. Para a versão de 204 cv, esta transmissão automática estará disponível como opção. A nova caixa automática de 10 velocidades substitui a transmissão automática de 8 velocidades do modelo anterior. Além disso, estará disponível uma transmissão automática de 6 velocidades e transmissões manuais de 5 ou 6 velocidades para vários motores.

Em muitos mercados, o Amarok está a ser proposto de série com tração integral (4MOTION). Dependendo da região e do motor, existirão dois sistemas 4MOTION diferentes: um com tração integral selecionável com base na situação em questão e outro com tração integral permanente. A tecnologia do sistema de tração assegura que o novo Amarok é capaz de dominar qualquer terreno e, dependendo da versão do motor, permite o reboque de até 3,5 toneladas.

Mais de 20 novos sistemas de assistência ao condutor tornam a condução ainda mais fácil

Até seis perfis de condução diferentes (modos de condução) ajudam o condutor numa variedade de situações, por exemplo, ao conduzir em superfícies escorregadias ou em terrenos exigentes fora de estrada. O novo Amarok é, também, mais fácil de conduzir graças aos seus sistemas de assistência ao condutor. Mais de 20 destes sistemas – por exemplo, o ACC+, Adaptive Cruise Control, (incorpora a leitura da sinalização rodoviária através das câmaras no controlo automático da velocidade) e a iluminação IQ.LIGHT – faróis de matriz LED – são novos no Amarok e tornam o modelo da Volkswagen mais fácil de conduzir do que praticamente qualquer outra pick-up no mercado a nível mundial.

Sérgio Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.