Nürburgring não pode pagar o que Ecclestone pede

Published On 10 de Agosto de 2012 | Desporto

A pista de Nürburgring, que está perto de um processo de falência, garante que não tem condições para pagar o valor que Bernie Ecclestone exige habitualmente aos circuitos para poderem receber uma prova de Fórmula 1.

Os tempos são conturbados na histórica pista alemã que está a tentar reorganizar-se financeiramente. Foi por isso muito importante o apoio que o estado de Rhineland-Palatinate ofereceu na semana passada. Contudo, os responsáveis pelo circuito referem que está não é uma boa altura para entrar em loucuras e os valores pedidos pelo patrão da Fórmula 1 são demasiado altos para o que o circuito pode pagar.

“Se Ecclestone aceitar uma proposta sem o seu típico valor, vamos certamente manter a Fórmula 1. De outra forma, simplesmente não temos dinheiro”, afirmou Thomas Schmidt, responsável do circuito à agência de notícias alemã.

Nürburgring deveria receber o Grande Prémio da Alemanha na próxima temporada. Este ano a prova decorreu em Hockenheim, pois é uma corrida que alterna entre os dois circuitos. Contudo, os responsáveis de Hockenheim já vieram a público assegurar que não têm condições para organizar a prova sozinhos, precisando desta alternância com Nürburgring.

A palavra final será sempre de Bernie Ecclestone que garantiu, recentemente, que não quer perder “nenhum circuito do calendário actual” e que “tem de haver uma prova na Alemanha”.

Thomas Schmidt espera, por isso, que uma conversa com Ecclestone possa ajudar a desbloquear a situação: “Estou confiante que possamos encontrar uma solução, mas uma corrida de Fórmula 1 não é absolutamente necessária que que Nürburgring sobreviva.”

Sérgio Gonçalves

One Response to Nürburgring não pode pagar o que Ecclestone pede

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.