O fim da proibição para os veículos a GPL

Published On 4 de Agosto de 2012 | Geral

Depois de muitos avanços e recuos, finalmente foi aprovada na Assembleia da República o diploma que prevê o fim da proibição de estacionamento dos veículos equipados com GPL em parques subterrâneos, assim como a obrigatoriedade da utilização do dístico azul nas traseiras dos automóveis.

Era uma medida há muito esperada para quem já utiliza este combustível, e é o fim da descriminação que o GPL era vítima. Assim os automóveis movidos a GPL ou a gás natural vão passar a poder estacionar em parques fechados e subterrâneos.

Esta importante medida teve a aprovação em sede da Comissão Parlamentar de Economia e Obras Públicas. Este projecto-lei que foi concebido pelo Partido Socialista foi aprovado por unanimidade na Assembleia da República e segue agora para Belém, para promulgação e posterior publicação no Diário da República, o que deverá acontecer até ao início de Setembro.

O conteúdo desse projecto-lei, especifica que os modelos que utilizem este tipo de combustíveis deixarão de ser obrigados a utilizar o dístico identificativo, assim como poderão utilizar livremente os parques de estacionamento cobertos e subterrâneos.

Mas para o poderem fazer, os seus sistemas de armazenamento têm que cumprir certos requisitos técnicos, que só serão conhecidos aquando da publicação da lei no Diário da República. Se os automóveis não cumprirem essas especificações técnicas não ficaram totalmente excluídos, pois poderão estacionar em parques fechados, mas apenas se estes dispuserem de ventilação natural. Os parques subterrâneos sem ventilação natural não poderão estacionar de forma legal.

Numa altura em que os combustíveis atingem novos máximos históricos, e o valor do GPL é bastante inferior ao diesel e à gasolina sem chumbo, torna-se assim ainda mais atractivo a sua utilização. Os fabricantes já optam por colocarem à venda veículos (transformados) movidos a GPL, que por sua vez, sem as limitações que outrora limitavam as vendas deste tipo de combustível. O frágil mercado automóvel nacional agradece (pois pode resultar daí um aumento de vendas) e os futuros, e actuais proprietários também.

Sérgio Gonçalves

5 Responses to O fim da proibição para os veículos a GPL

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.