O novo Porsche 911 Turbo

Published On 4 de Maio de 2013 | Novidades

001-2014-porsche-911-turbo

Um dos modelos mais emblemáticos da marca de Estugarda está de volta numa nova geração, e poderá ser adquirido na versão “normal” ou na versão mais potente “S”. As grandes características deste novo modelo passam pela maior potência, como já é apanágio quando é lançado um novo Turbo mas também pela redução de consumo na ordem dos 16% em relação à geração anterior. A chegada deste modelo está prevista para Setembro deste ano e assinala os 40 anos de existência deste importante ícone da marca alemã.

As novidades não se ficam por aqui, pois neste modelo está presente um novo sistema de tracção integral, a respectiva iluminação que é totalmente em LED, um novo chassis mais leve, distância entre eixos aumentada em cerca de 100mm, novas jantes de 20 polegadas mais largas, um novo sistema de controlo do chassis (PDCC) que é oferecido pela primeira vez no modelo Turbo e que tem como finalidade melhorar o comportamento dinâmico. Este sistema será uma opção no Turbo e será de série no Turbo S. De série neste último é também o pacote Sport Chrono Plus, os apoios de motor dinâmicos e os respectivos travões de cerâmica PCCB.

002-2014-porsche-911-turbo

Outras novidades passam por um eixo traseiro direccional e uma aerodinâmica adaptativa para ir ao encontro de uma performance excepcional.

No compartimento do motor poderá encontrar um motor com 3,8 litros de capacidade, com 6 cilindros em configuração “boxer” como é habitual no 911, que debita na versão Turbo 520 cavalos e no Turbo S, 560 cavalos. A caixa de velocidades de série é a famosa PDK de dupla embraiagem com 7 velocidades.

Os valores de performance são notáveis como seriam de esperar. A versão Turbo equipada com o Sport Chrono Plus cumpre o tradicional arranque de 0 a 100 km/h em 3,2 segundos. Já o Turbo S cumpre o arranque de 0 a 100 km/h em 3,1 segundos. A velocidade máxima para ambos é de 318 km/h.

005-2014-porsche-911-turbo

Porém graças a tecnologia stop/start e a um novo sistema de gestão térmica para o motor que juntamente com a respectiva transmissão PDK permitem consumos bastante comedidos, que segundo a marca andarão na ordem dos 9,7 litros aos 100 km em ambos os modelos.

Em testes realizados no circuito de Nurburgring o Turbo S rodou abaixo dos 7 minutos e 30 segundos, o que prova uma grande melhoria em relação a geração anterior.

No exterior é possível constatar que esta nova geração do modelo Turbo é mais larga cerca de 28 mm em relação aos modelos Carrera 4. As jantes especiais (forjadas) são de 20 polegadas e possuem duas tonalidades. No Turbo S as jantes têm apenas um perne central para respectivo aperto das mesmas.

010-2014-porsche-911-turbo

No interior é possível ver um design característico aos modelos 911 Turbo e será possível rechear o mesmo com muitos extras.

O interior foi redesenhado em ambos os modelos 911 Turbo, com base na geração 991. A versão S é naturalmente a mais equipada e conta, de série, com um interior em pele com uma combinação de cores Preto/Vermelho Carrera e bancos desportivos (Plus) de ajuste eléctrico em 18 posições possíveis e com memória. O sistema de som Bose é de série, e, pela primeira vez, o sistema de som Burmester irá estar disponível na lista de opções.

E já que mencionamos a lista de opções, saiba que nessa lista consta o regulador de velocidade com controlo de radar, o reconhecimento dos sinais de trânsito através de uma câmara e o reconhecimento dos limites de velocidade.

No nosso país, este novo modelo irá custar 194,866 euros na versão Turbo. Já o Turbo S custará qualquer coisa como 229.183 euros.

Sérgio Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.