O novo Seat Leon Cupra

Published On 5 de Junho de 2013 | Novidades

Seatleoncupra1_zps075d1ed6

Nós aqui no autoblog.pt temos acompanhado com pormenor a carreira do novo Leon, e agora surge a notícia que o próximo Leon Cupra estará para breve (final deste ano) e que será mais potente que o irmão Golf GTI.

Será a versão mais desportiva e potente deste modelo, até sabermos se a marca do grupo Volkswagen irá lançar a versão Cupra R, que no passado recente significava a versão topo de gama da marca espanhola.

O que se sabe é que este novo Cupra irá recorrer ao já conhecido motor de 2,0 litros TFSI a gasolina, mas desta feita na sua última evolução. Deverá ter potência superior a 260 cavalos, o que representa um valor superior em cerca de 30 cavalos em relação ao Golf GTI Performance.

Este modelo está inserido num segmento muito concorrido e que viu nos últimos meses vários novos automóveis, caso do Focus ST, Astra OPC, Megane RS e do próprio Golf GTI.

O novo Leon Cupra será comercializado tanto na carroçaria de 3 como de 5 portas, e que poderá mesmo evoluir para uma versão carrinha em 2014.

seatleoncupra_zpsfdba4e25

Do ponto de vista estético, o Leon Cupra será reforçado com a introdução de vários elementos que o tornam mais desportivo e apelativo do que as restantes versões já conhecidas. Esta nova versão contará com uma saída de escape cromada, um kit aerodinâmico que inclui um difusor traseiros e jantes de liga leve com dimensões avantajadas.

Esta nova versão desportiva do Cupra será mais capaz do ponto de vista do comportamento dinâmico. Contará com uma suspensão com afinação mais desportiva, travões mais potentes e a sua tracção será melhorada com a introdução de um diferencial autoblocante.

O responsável pelo design da marca espanhola, Alejandro Mesonero referiu à imprensa especializada que o futuro Cupra será melhor que o actual Cupra R.

Sérgio Gonçalves

One Response to O novo Seat Leon Cupra

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.