O próximo Bmw Série 5 vai ter um motor turbo de 3 cilindros com 150 cavalos

Published On 31 de Outubro de 2013 | Novidades

2014_5

Sabe-se que a marca alemã já se encontra a testar a futura geração de um dos seus mais importantes modelos. O seu lançamento está previsto que aconteça em 2016, mais precisamente em Julho desse mesmo ano.

Atualmente este modelo foi alvo de um ligeiro restyling o que lhe permite alongar um pouco mais a sua comercialização.

Segundo a imprensa especializada alemã do sector automóvel, o futuro Série 5 irá ter como versão de acesso à gama, um motor turbo a gasóleo de apenas 3 cilindros e que debitará 150 cavalos de potência, permitindo ao modelo consumos médios na ordem dos 3,9 l/100km.

Nesse mesmo ano, mas em Novembro é esperado o lançamento da versão carrinha (Touring), e apenas em 2017 surgirá a versão Gran Turismo.

Já a versão topo de gama, o potente e desportivo M5 vai puder ser adquirido com tração integral pela primeira vez na história do modelo, e terá também mais de 600 cavalos de potência.

Todas estas variantes serão produzidas com base numa nova plataforma, que será partilhada com o modelo Série 7 que surgirá um ano antes (2015). Desconhece-se para já, os planos para a futura geração do Série 6 mas é provável que utilize também esta plataforma.

010-bmw-x4-concept-shanghai

Entre outras novidades na BMW, soube-se recentemente através do porta-voz da marca, Christophe Koenig, que o novo X4 será exibido ao público pela primeira vez no
Salão de Genebra em Março do próximo ano. Atualmente o modelo já foi visto em intensos testes, o que deixa antever que a sua comercialização aconteça pouco depois dessa apresentação oficial.

Este modelo será 34mm mais largo e 53mm mais baixo que o X3 e poderá ser encomendado tanto com tração traseira como a op0ção de tração integral (xDrive), e claro usará os mesmos motores do X3. Será basicamente um X6 mais pequeno, mas com as mesmas ambições.

Sérgio Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.