O Rally de Portugal Histórico está na estrada

Published On 8 de Outubro de 2013 | Clássicos

IMG_2161facebook

Este importante evento automobilístico desenrola-se de hoje dia 8 a 12 de Outubro e representa uma prova reservada a automóveis clássicos que tiveram um historial ligado ao Rali de Portugal. Conta com inúmeros participantes estrangeiros (entre 70% a 80%) e variadíssimos automóveis com interesse histórico, que vão dar um colorido às estradas do nosso país.

A primeira edição desta prova foi em 2006 e o ADN deste Rali é percorrer trajetos que outrora foram usados nos Ralis na década de 70 e 80, ainda que com as devidas diferenças em termos de pisos, já que estes automóveis vão andar apenas em troços de asfalto, quando alguns desses trajetos eram no passado em terra batida.

Este Rali é uma prova de Regularidade estando dividido em 41 Provas de Regularidade Absoluta (PRA). O que significa que o percurso é secreto até que os concorrentes iniciem a sua prova e como tal, têm que se regular pelo roadbook combinando a astúcia de piloto e co-piloto em respeitar velocidades médias previamente definidas pela organização do rali (na ordem dos 50 km/h ou 60 km/h), isto independentemente da geografia das estradas.

Este Rali para além das 41 Provas de Regularidade Absoluta também conta com as Provas de Regularidade por Sectores (PRS) que combinam regularidade e velocidade. Estas são efetuadas em percursos fechados, e não tem uma média horária definida pela organização ou seja cabe aos pilotos definir esse parâmetro.

Nos primeiros anos da história deste Rali, foram os portugueses a ganhar as primeiras edições, porém devido ao grande fluxo de equipas estrangeiras inscritas, os últimos anos foram dominados pelas equipas belgas, que são extremamente competentes e especialistas neste tipo de provas automobilísticas.

Para outras informações consulte a página oficial: http://www.rallydeportugalhistorico.pt/

Sérgio Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.