Operação Mercúrio – Amanhã existirá um mega controlo de velocidade

Published On 4 de Julho de 2013 | Geral

Op_mercúrio site

Se vai conduzir amanhã prepare-se para ter o pé mais leve na hora de acelerar, pois se não tiver especial atenção poderá ser autuado pela Guarda Nacional Republicana.

Esta força de segurança irá intensificar de forma objectiva a fiscalização de controlo de velocidade, amanhã dia 5 de Junho, no horário compreendido entre as 15 e as 21 horas. As acções serão maioritariamente dedicadas a estradas nacionais, regionais e municipais, isto porque segundo a GNR são zonas onde se praticam mais infracções no que ao excesso de velocidade diz respeito, e onde por sua vez aumenta o risco de acidentes rodoviários.

Esta operação a qual deram o nome de Mercúrio, irá estar no terreno com um efectivo que envolve todos os comandos territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito, que perfazem um total de 190 militares. Estes militares irão efectuar cerca de 91 acções de controlo de velocidade.

Segundo dados divulgados pela GNR, desde o início do ano e até ao dia 30 de Junho, dos 5.315.857 veículos controlados através de inúmeros radares, cerca de 91.578 foram detectados em excesso de velocidade.

No mesmo período de tempo esta entidade também registou 1.204 atropelamentos, que provocaram 36 vítimas mortais, 82 feridos graves e 707 feridos leves. Muitos dos casos foram segundo a GNR, causados pelo excesso de velocidade que muitos condutores praticam dentro das localidades.

Assim uma das armas para o combate à sinistralidade rodoviária passam por estas operações que complementam uma prioridade estratégica da GNR. Em 2013 já divulgámos algumas das operações a nível nacional, e estão planeadas mais operações que divulgaremos sempre que forem tornadas públicas.

Conduza com cuidado e respeite os limites de velocidades impostos pelo respectivo código da estrada.

Sérgio Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.