Peugeot 308 SW 1.6 HDI 115 Active – Dinamismo convincente

Published On 24 de Fevereiro de 2015 | Ensaios

IMG_8721

Automóvel do ano em 2013 na Europa e Carro do Ano Internacional em 2014, o Peugeot 308 é uma agradável surpresa no mercado automóvel, porque foi desenvolvido para se bater de igual para igual com os principais rivais germânicos, e exibe qualidades acima da média, tornando-se numa referência do segmento C.

Na variante SW (carrinha) as qualidades do carro ganham ainda mais espaço, versatilidade e conforto para todos os passageiros e respetivas bagagens.

IMG_8719

O modelo Peugeot 308 foi construído usando a plataforma modular EMP2 do grupo PSA o que permite ser cerca de 140kg mais leve que a sua antecessor, mas também consegue quotas maiores de espaço interior.

São 4585mm de comprimento, 1863mm de largura e 1470mm de altura, sendo que a versão SW é 332mm mais comprida que o carro que se traduz numa maior capacidade de carga (pois a mala tem mais 158 litros), e também mais espaço para os ocupantes, com destaque para os que viajam no banco traseiro.

IMG_8723

Valores concretos para a carrinha SW são os seguintes; 660 litros de capacidade de carga na mala, e se quiser rebater os bancos esse valor aumenta para cerca de 1775 litros, um valor notável e que agradará e muito a quem necessita de espaço em especial as famílias mais exigentes.

Em termos estilísticos é seguro afirmar-se que as linhas da 308 SW são muito sedutoras e desportivas, e contêm todo o ADN estilístico das restantes gamas Peugeot.

IMG_8725

Entrando para o interior é possível constatar que os materiais são de qualidade, e que a construção é rigorosa, onde o que destaca mais à vista é o design (muito) apelativo do tablier (Peugeot i-Cockpit) e da consola central, o que fez com que este modelo recebesse um prémio de seu nome “Le plus belle intérieur 2013”. Prémio este que foi atribuído por um júri de peritos ligados ao desporto automóvel, á arquitetura, á moda, ao design, á cultura e aos meios multimédia

O próprio sistema multimédia destaca-se, pois permite uma redução de “botões” fixos na consola.

IMG_8727

O ecrã táctil de 9,7 polegadas mais parece um “tablet” e o modo de operação é intuitivo e rápido nas operações, facilmente descobre-se para onde foram colocadas a maioria das funcionalidades e do info-entretenimento. Também se podem operar algumas funções através dos botões colocados estrategicamente no volante.

Facilmente acha-se uma posição de condução agradável devido à multi-regulação do banco do condutor e onde o volante desportivo de reduzidas dimensões permite que se consulte o painel de instrumentos com facilidade.

IMG_8732

Chegando à estrada, depressa apreciamos o comando preciso da caixa de 6 velocidades e a direção com o “peso” certo, com feedback positivo. Os travões são potentes e revelam segurança em todas as situações.

O capítulo dinâmico salta à vista pois esta carrinha exibe dotes pouco comuns no segmento, pois curva com grande precisão e segurança e consegue mesmo ser divertida neste capítulo, isto sem prejudicar o conforto a bordo, pois o compromisso das suspensões entre conforto e dinamismo é excelente.

IMG_8738

A unidade motriz ensaiada não consegue explorar ao máximo as qualidades do chassis e dos acertos da suspensão, porém a maioria dos portugueses interessados no 308 SW deverão optar pela versão com o motor 1.6 HDI.

IMG_8744

Este motor a gasóleo foi atualizado e atualmente conta com mais 5 cavalos (120 no total), porém a versão que ensaiámos tem “apenas” 115 cavalos e 270 Nm de binário máximo.

IMG_8741

Revela-se suave, com binário suficiente em baixas rotações e grande destaque para os consumos “baixos” que consegue obter. A caixa de 6 velocidades tem um escalonamento correto e contribui para uma condução agradável.

As performances são apesar de tudo suficientes para a maioria, onde o exercício tradicional de aceleração de 0 a 100 km/h é cumprido em 10,6 segundos e a velocidade máxima cifra-se nos 191 km/h. Tudo isto com consumo médio anunciado de 3,8 l/100 km e emissões de Co2 de 100 g/km.

IMG_8731

A lista de equipamento da versão ensaiada (Active) trás como principais destaques; Ajuda ao estacionamento traseiro, Hill Assist, Cruise Control programável, Sensor de pressão de pneus, Ar condicionado automático bi-zona, Pack visibilidade, Retrovisores rebatíveis eletricamente, Volante, punho da alavanca e travão de mão em couro, Pack Look, controlo de tração e estabilidade, rádio CD MP3 com Bluetooth e USB e touch screen com navegação.

Portanto em jeito de resumo, se procura uma carrinha com muito espaço interior para passageiros e respetivas bagagens, versátil, com muito equipamento, que consuma pouco combustível e que tenha um ótimo comportamento dinâmico (e conforto) podemos afirmar seguramente que esta é uma opção válida e que merecerá a sua atenção.

IMG_8742

Se quiser adquiri o modelo usado e exibido aqui nas fotos, pertencente à LPM, S.A. em Tomar, poderá adquiri-lo por 24.000 euros, com o nível de equipamento Active.

Um especial agradecimento à Peugeot LPM, S.A. (Tomar), em particular ao Responsável da Área de Negócio Rui Farinha, pela disponibilidade da viatura aqui exibida para ensaio.

Para mais informações:
www.lpm.pt
Telefone: 249 310 700

Sérgio Gonçalves
Latest posts by Sérgio Gonçalves (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.