Pneus de Inverno vs pneus de Verão

Published On 18 de Junho de 2014 | Guias

Summer tires

A primavera já chegou e o verão está à porta, contudo há condutores em alguns países Europeus que ainda não trocaram os seus pneus de inverno pelos de verão. Agora que o tempo se apresenta mais quente, os pneus de verão são de longe a melhor escolha, não só no que diz respeito à segurança mas também quanto a poupar em combustível, tempo e performance. Um bom método é quando muda a hora, isto é, a mudança do horário de inverno para o horário de verão, significa a mudança de pneus de inverno para pneus de verão.

Como parte do seu compromisso global com a segurança rodoviária, a Bridgestone – a empresa número um de pneus e borracha mundial – está a aconselhar todos os condutores que ainda estão a usar pneus de inverno a mudar para pneus de verão o quanto antes. Os componentes mais suaves e desenhos especializados dos pneus de inverno fazem com que sejam menos adequados para temperaturas mais elevadas. Testes internos (*) demonstram que, dependendo das condições de estrada e temperatura, a diferença de performance entre pneus de inverno e de verão, no que diz respeito a travagem e manuseamento, pode variar entre 30% a 8% respetivamente. Em alguns casos, em condições de piso molhado, um veículo equipado com pneus de verão terá uma distância de travagem de até 30% menor do que um veículo com pneus de inverno, a temperaturas ambiente de aproximadamente 30ºC. Em certas condições, essa diferença equivale a até duas vezes o comprimento do próprio carro!

No entanto, e tal como Jake Rønsholt, Diretor Corporate e Comunicação de Marca da Bridgestone Europe explica, a segurança não é a única dimensão a ter em conta: “Quando as temperaturas aumentam, os pneus de inverno também têm uma resistência maior de rolamento do que os pneus de verão, o que significa que serão mais barulhentos, irão consumir mais combustível e produzir maiores emissões de carbono do que os seus equivalentes de verão. Os pneus de inverno mostram, igualmente, uma tendência para um desgaste mais rápido em condições mais quentes. O oposto acontece no inverno ao haver um desgaste mais rápido da componente mais resistente dos pneus de verão.”

A solução mais segura e económica, por outras palavras, é ter dois conjuntos de pneus – um para inverno e outro para o verão – e mudá-los no tempo apropriado. Tal como as investigações que a Bridgestone tem repetidamente demonstrado, a utilização dos dois conjuntos de pneus de verão e inverno nas condições atmosféricas certas aumentará, significativamente, o tempo útil de vida dos dois conjuntos de pneus rentabilizando assim o investimento inicial, o que irá resultar num menor custo de propriedade e numa maior segurança para os condutores, passageiros e outros utilizadores da estrada.

Apesar de em Portugal a utilização de pneus de Inverno ser rara (embora em zonas como Bragança, Guarda e Vila Real ser aconselhável e recomendável), verificam-se por vezes casos em que condutores menos informados adquirem este tipo de pneus quer sejam novos ou usados incorrendo em menor eficácia e segurança. Outra situação que merece atenção é a aquisição de viaturas usadas provenientes de outros mercados equipadas com pneus de Inverno ou a aquisição por alguns stands de pneus de Inverno (em alguns casos mais baratos) para equiparem os veículos com pneus novos.

Para comprovar a diferença de performance entre pneus de verão e inverno, veja os seguintes vídeos:

Travagem em condições secas

Travagem em condições molhadas

Slalom

Segue-me
Latest posts by Rui Augusto (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.