Primeiro contacto: Toyota Auris 2013

Published On 27 de Dezembro de 2012 | Ensaios

2013-toyota-auris-ensaio-1

O Autoblog.pt teve a oportunidade de conhecer o novo Toyota Auris e de conhecer as suas principais características. Neste pequeno teste ao automóvel japonês foi possível verificar uma série de melhorias em relação ao modelo anterior.

A Toyota melhorou muitos aspectos para conseguir atrair mais clientes para este modelo, uma vez que este é o único modelo disponível da Toyota para o muito competitivo segmento C.Também as motorizações foram actualizadas de forma a poluírem menos, e foi introduzida uma versão híbrida com grande ambição.

2013-toyota-auris-ensaio-4

Este modelo é construído na Europa (Inglaterra) e é produzido apenas para os europeus. O novo Auris insere-se numa estratégia ambiciosa por parte da Toyota. Estratégia essa, que pretende alcançar uma quota de mercado na ordem dos 5% no velho continente. Esses 5% são qualquer coisa como um milhão de unidades. Um objectivo que não parece difícil de alcançar e para o qual o Auris é uma das “armas” fundamentais para conseguir esse feito. Aliás os planos estimados do construtor nipónico, passam por vender cerca de 100 mil unidades, já em 2013, ou seja, cerca de 25% a mais do que conseguiu em relação à geração anterior.

Do que podemos observar, no capítulo estético o Auris da segunda geração é muito mais agradável ao olhar, tem uma imagem mais próxima (e consensual) do que os clientes europeus procuram. Outro aspecto positivo é espaço interior, que é também melhor e mais generoso. Em termos de capacidade de bagageira, a mesma tem mais capacidade do que no modelo anterior, que conta agora com 360 litros de capacidade.

2013-toyota-auris-ensaio-3

Quando observamos ao detalhe o novo Toyota Auris, podemos reparar em vários pormenores que se destacam, em especial o seu design mais dinâmico, moderno e futurista e que será visto com mais agrado por parte dos europeus. A sua carroçaria e o seu design, foi também construído tendo em mente a coeficiente aerodinâmico, em especial para reduzir os consumos. O seu coeficiente aerodinâmico (Cd) é de 0,277, ou seja um bom valor para o segmento. Na frente do automóvel destaque para a grelha inferior trapezoidal, e o logo da marca de maiores dimensões na grelha principal. Na traseira do Auris o destaque vai para um spoiler integrado, que transmite sempre uma imagem mais desportiva. A altura ao solo da carroçaria também é menor, na ordem dos 5,5 cm, e distância ao solo do automóvel (todo) também foi melhorada mas apenas por um 1 centímetro.

Como já foi referido anteriormente, a aerodinâmica foi melhorada, juntamente com a redução de peso e com as melhorias nos motores 1.33 Dual VVT-i e 1.6, a gasolina; 1.4D-4D e 2.0 D-4D, a gasóleo, e o Híbrido (com potencia combinada de 136 cv) contribuíram para uma diminuição do consumo de combustível e de emissões de CO2 em toda a gama. Isso também permitiu baixar os custos: os cálculos apontam, no caso de uma versão híbrida, para uma economia da ordem dos 2500 euros, ou seja, 1300 euros em combustível, 600 euros em manutenção e igual valor em pneus.

2013-toyota-auris-ensaio-5

A nova geração Auris foi projectada para oferecer em toda a sua gama uma média de emissões CO2 de apenas 109 g/km, o que representa redução de 13% face à gama anterior.

No interior, pudemos verificar que o habitáculo é mais espaçoso, com destaque para os passageiros que viajam atrás, que beneficiam da ausência de túnel de transmissão ou seja do “alto” que normalmente incomoda o passageiro que ocupa o lugar traseiro central. Deu para perceber que os materiais são de boa qualidade, algo que melhorou bastante em relação ao “antigo” Auris. É bem construído, e os materiais são bastante agradáveis ao tacto. O tablier, encontra-se numa posição mais vertical, o que favorece a leitura das informações que surgem no ecrã táctil, mesmo para quem viaja atrás. Importante referência para a posição de condução, que foi melhorada e é mais baixa cerca de 4,0 cm. Deu para perceber que é fácil obter uma boa posição de condução pelas múltiplas regulações tanto do volante como do banco.

2013-toyota-auris-ensaio-2

Outra característica nova e muito relevante é o facto do novo Auris pesar menos 50 kg em relação ao Auris anterior. A redução de peso foi obtida à custa da utilização de aços ultra resistentes na construção da estrutura que são mais leves e que só por si, permitiram uma redução de 15 kg. Alguns componentes do chassis permitiram outra redução de 15 kg e a estrutura do banco traseiro mais leve, permitiu poupar cerca de 10 kg. O emagrecimento termina com a integração do spoiler traseiro, que só por si permitiu uma poupança de 10 kg. Ou seja o peso total do novo Toyota Auris é de apenas 1150kg, um valor muito razoável.

O novo Auris vem bastante equipado de origem, porém se quiser poder consultar a lista de opcionais, onde encontrará o sistema de navegação Touch & Go, a pintura metalizada e o tejadilho panorâmico Skyview, que segundo a marca é o maior do segmento.

2013-toyota-auris-ensaio-6

No curto contacto dinâmico com o novo Auris, deu para perceber que o modelo japonês é muito confortável, fácil de guiar e com um refinamento superior em relação ao Auris antigo. O motor ensaiado foi o 1.4 D-4D de 90 cavalos e será porventura o motor mais importante para o nosso país, pelo preço e pelos consumos reduzidos. Todos os comandos são de fácil interacção e muito confiáveis e o comportamento dinâmico agrada, pois consegue ser bastante preciso e confortável.

Referência final para uma novidade que irá ser introduzida na gama Auris em Julho do próximo ano: a variante carrinha Auris Touring Sports.

Um especial agradecimento ao Stand de vendas Caetano Auto (Litoral/Ribatejo) em Tomar e ao técnico de vendas Jorge Graça pela disponibilidade para este 1º contacto com o novo Auris.

Preços Auris:
1.33 Dual VVT-i Active – 18.160 euros
1.33 Dual VVT-i Comfort – 21.100 euros
1.33 Dual VVT-i Exclusive – 23.795 euros
1.6 Valvematic Exclusive – 26.670 euros
1.4 D-4D Active – 21.770 euros
1.4 D-4D Comfort – 24.000 euros
1.4 D-4D Comfort + Pack Sport (oferta de lançamento) – 24.000 euros
1.4 D-4D Exclusive – 26.555 euros
2.0 D-4D Exclusive – 31.965 euros
Híbrido
Comfort – 25.445 euros
Sport – 27.605 euros

Sérgio Gonçalves
Latest posts by Sérgio Gonçalves (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.