Rali de Portugal

Published On 15 de Abril de 2013 | Desporto

2013-rally-portugal-1

O Rali de Portugal é umas das provas mais emblemáticas do Campeonato do Mundo de Ralis, e a etapa deste ano teve todos os condimentos que o tornam tão carismático e interessante, ao ponto de a esmagadora maioria dos pilotos adorarem esta prova.

Sébastien Ogier pilotando o seu Volkswagen Polo R WRC deve ser um dos que mais gosta do rali de Portugal pois não só voltou a vencer (pela terceira vez) o Vodafone Rali de Portugal, como voltou a fazer história, ainda que tenha tido alguma sorte à mistura.

O piloto francês andou alguns dias muito debilitado devido a uma gripe que o afectou no início da semana passada. Para além disso nos dois primeiros dias do rali, teve um grave problema mecânico no seu automóvel, que quase o obrigou a abandonar a prova. Ainda assim, Ogier esteve mesmo em grande, pois venceu a Power Stage amealhando assim mais três aos 25 pontos da respectiva vitória.

2013-rally-portugal-3

O segundo lugar do pódio foi ocupado por Mikko Hirvonen, que fez uma prova interessante, lutou pela vitória até ao final, e conseguiu mesmo recuperar muito tempo a Ogier no final dos últimos troços do rali mas sem conseguir no entanto recuperar o suficiente, terminando a prova a menos de um minuto de Ogier.

Quem não teve tanta sorte foi o piloto Mads Ostberg que no ano passado ganhou este rali. Chegou mesmo a liderar a prova no primeiro dia, na Power Stage conseguiu alcançar o segundo posto mas terminou o rali, no 8º posto da classificação geral . A principal razão para esse declínio foi um despiste em que foi protagonista no primeiro dia e que lhe retirou qualquer esperança de repetir a proeza do ano passado.

Já Jari Matti Latvala conseguiu conquistar o seu primeiro pódio (3º lugar final) em Portugal, conseguindo também ser terceiro na Power Stage.

Na categoria WRC2 Lappi Esapekka foi o grande dominador nesta prova, onde o seu Skoda Fabia S2000 deu uma enorme ajuda, pois revelou ser um automóvel muito competitivo e fiável.

Na categoria WRC3 que esteve em grande destaque foi Bryan Bouffier terminando o rali ao volante do seu Citroen DS3 R3T no 1º lugar nesta categoria e na 15ª posição da geral.

2013-rally-portugal-2

Nas contas do campeonato Junior WRC, o grande vencedor foi o piloto sueco Pontis Tidemand.

Já entre os portugueses, o melhor representante foi Bruno Magalhães com o seu Peugeot 207 S2000, já que conseguiu ultrapassar Miguel J. Barbosa no último dia do rali.

Para o ano há mais, e a esperança de muitos fãs do automobilismo e dos ralis é que esta prova volte a ser disputada no norte e centro do país como já foi noutros tempos, a ver vamos…

Classificação final:

1º Sebastien Ogier / Julien Ingrassia – VW Polo R WRC – a 4h07m38,7s
2º Mikko Hirvonen / Jarmo Lehtinen – Citroen DS3 WRC – a 58,2s
3º Jari-Matti Latvala / Miikka Anttila – VW Polo R WRC – a 4m04,5s
4º Evgeny Novikov / Ilka Minor – Ford Fiesta WRC – a 5m27,7s
5º Nasser Al-Attiyah / Giovanni Bernacchini – Citroen DS3 WRC – a 7m43,5s
6º Andreas Mikkelsen / Mikko Markkula – VW Polo R WRC – a 9m39,8s
7º Martin Prokop / Michal Ernst – Ford Fiesta WRC – a 15m04,2s
8º Mads Ostberg / Jonas Andersson – Ford Fiesta WRC – a 15m43,6s
9º Khalid Al Qassimi / Scott Martin – Citroen DS3 WRC – a 15m56,9s
10º Lappi Esapekka / Janne Ferm – Skoda Fabia S2000 – a 16m21,0s
11º Robert Barrable / Stuart Loudon – Ford Fiesta S2000 – 27m57,5s
12º Daniel Sordo / Carlos del Barrio – Citroen DS3 WRC – a 30m36,8s
13º Bryan Bouffier / Xavier Panseri – Citroen DS3 R3T – a 31m13,8s
14º Sepp Wiegand / Frank Christian – Skoda Fabia S2000 – a 31m24,1s
15º Nicolas Fuchs / Fernando Mussano – Mitsubishi Lancer Evo X – a 35m46,9s

Sérgio Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.