Rally Histórico Portugal

Published On 13 de Outubro de 2012 | Clássicos

A dupla formada por Jose Lareppe e Joseph Lambert em Opel Kadett GTE de 1978 foi a vencedora da sétima edição do Rally de Portugal Histórico. Esta dupla cimentou a sua vantagem face às restantes 78 equipas, ao longo de 14 provas especiais de qualificação.

Jose Lareppe, que foi o primeiro piloto a conseguir vencer duas vezes esta prova, ascendeu à liderança logo na primeira chegada a Viseu. A partir daí e graças a uma regularidade impressionantes, nunca mais largou essa posição, demonstrando que é um grande especialista neste tipo de competição.

O domínio dos pilotos estrangeiros ficou reforçado depois dos melhores pilotos nacionais terem passado por momentos mais difíceis: Paulo Marques teve problemas de caixa de velocidades no BMW 1600 e atrasou-se bastante, enquanto João Vieira Borges em BMW 635 CSI de 1980 e António Mexia Leitão em Porsche 911 tiveram enganos de percurso, mais penalizador para o primeiro, pelo que Leitão acabou por assumir o lugar de melhor piloto português, ocupando a 6ª posição da geral, com Cipriano Antunes em Audi Quattro na oitava e Paulo Marques no décimo posto.

O piloto belga Daniel Reuter, num Porsche 913/6 de 1970 ficou em segundo lugar, sempre à espera do erro de Lareppe, que nunca aconteceu. A fechar os lugares do pódio ficou o espanhol Jose Otegui, em Audi Quattro de 1981, que beneficiou dos problemas que afectaram na última fase da prova o seu compatriota Marcos Adan (Porsche 911 T de 1969) e o belga Johnny Delhez (Ford Escort de 1976).

Jose Lareppe referia ainda no final: «este é claramente o melhor rali de regularidade da Europa. Ganhei duas vezes Monte Carlo, mas em nada se compara com Portugal. Este ano comecei mal, no primeiro dia tive problemas de motor que me atrasaram, mas consegui descobrir a causa e depois foi sempre rolar. Cheguei ao primeiro lugar antes do que queria, pois preferia tê-lo feito mais tarde. Depois, acabou por ser muito duro, pois fazer tantos quilómetros com tanta concentração e com tanta navegação exige muito dos dois elementos da equipa.»

O Rally Histórico de Portugal teve a sua primeira edição em 2006. O Automóvel Club de Portugal criou uma prova que tinha por objectivo não só a competição, mas o convívio e promover turisticamente o País.

Nesse ano, 4 etapas, 1700 Km de percurso, 39 provas de regularidade e 240 controlos foi a ementa servida a 90 concorrentes que, após percorrerem as estradas da zona centro do país que ficaram na história de muitas das edições do Campeonato do Mundo, algumas com chuva e o nevoeiro, disputaram na Serra de Sintra, nos troços míticos desta região, a vitória na primeira edição histórica.

A mistura de competitividade, turismo e convívio social deixou em todos o desejo de voltar em 2007 e desde então a prova tem-se realizado sempre.

Segue-me
Latest posts by Rui Augusto (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.