Rampa Capital do Móvel/Paços de Ferreira

Published On 28 de Julho de 2013 | Desporto

1072682_10152060814638696_1975160636_o

O grande protagonista de mais uma prova do Campeonato de Portugal de Montanha foi Pedro Salvador, sendo que o grande candidato ao título deste ano ficou-se pelo segundo lugar do pódio.

Não foi um fim-de-semana perfeito para esta modalidade, já que existiu períodos onde surgiu alguma chuva, ainda assim não impediu um espectáculo sempre emocionante onde a velocidade e eficácia são sempre apreciadas pelo muito público.

Pedro Salvador efectuou duas subidas a um nível que mais ninguém conseguiu igualar, mesmo com um pequeno percalço mecânico pelo meio. O piloto natural de Chaves acabou mesmo por bater o recorde da rampa por largos segundos, o que demonstra bem a “sede” de vitória que Salvador levou para Paços de Ferreira. Com tanto domínio acabou por nem querer fazer a 3ª subida da rampa, pois não era necessário, a vitória estava entregue.

Tiago Reis não quis arriscar muito e preferiu os pontos seguros de um 2º lugar para estar muito perto de conquistar o título nacional. Nunca arriscou ir atrás do ritmo imprimido por Salvador mas também rodou suficientemente rápido para quem vinha atrás não ter hipóteses de o alcançar.

1075547_10152061474638696_329232746_o

No último lugar do pódio ficou o piloto João Fonseca. Este teve uma luta muito intensa e interessante com Paulo Ramalho já que ambos correm com monolugares iguais (Juno CN09), acabando o primeiro por levar a melhor.

Na categoria 1 o grande vencedor acabou por ser António Nogueira, que ainda alcançou o 6º lugar da geral. O piloto do Porsche 911 GT2 não deu hipóteses. Em segundo nesta categoria ficou João Barros ao volante do Seat Leon SuperCopa e no último lugar do pódio ficou João Barros com um automóvel bem mais “modesto”, um Clio S1600.

Olhando para os automóveis clássicos, o grande vencedor acabou por ser José Pedro Gomes com o seu Ford Escort MKII, porém foi uma vitória ao milésimo, já que apenas bateu Aníbal Rolo (Renault 5 Turbo) por apenas 161 milésimos.

Por fim no Challenge desafio Único FEUP 1 a vitória foi alcançada por Abel Santos e Miguel Moura. No FEUP 2 foi para os pilotos Luís Delgado e Raul Delgado e no FEUP 3 a vitória sorriu a Hugo Couto e Luís Carneiro.

Classificação final:

1º 2 – Pedro Salvador – Juno CN11 – 3m44,534s
2º 2 – Tiago Reis – Norma M20F – 3m54,592s
3º 2 – João Fonseca – Juno CN09 – 4m02,183s
4º 2 – Paulo Ramalho – Juno CN09 – 4m03,216s
5º 2 – Rui Ramalho – Juno CN09 – 4m05,477s
6º 1 – António Nogueira – Porsche 911 GT2 – 4m08,699s
7º 1 – Joaquim Teixeira – Seat Leon SuperCopa – 4m21,920s
8º 1 – João Barros – Renault Clio S1600 – 4m23,709s
9º 1 – Luís Silva – BMW 320 iS – 4m25,683s
10º 1 – Mário Barbosa – Citroen Saxo Kit-Car – 4m26,974s
(…)

Sérgio Gonçalves
Latest posts by Sérgio Gonçalves (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.