Recorde de 24 horas: Opel Astra é o Diesel de produção mais rápido do mundo

Published On 24 de Outubro de 2013 | Curiosidades

Opel-Astra-Rekordfahrt-288709

O anel de velocidade do centro de testes de Millbrook, em Inglaterra, foi palco para a tentativa de recorde de ‘endurance’ e velocidade protagonizada por 12 pilotos que se revezaram em turnos ao volante de dois Opel Astra 2.0 CDTI de produção em série. Para cada automóvel, a jornada representou uma distância de 4800 km com curtas paragens que não excederam 22 minutos no total. A média resultante foi de 201 km/h, o que deverá fixar um novo recorde mundial para veículos de passageiros da classe FIA com motores Diesel sobrealimentados com 1600 a 2000 cm3 de cilindrada.

Na totalidade, a equipa de testes da Opel e da marca irmã Vauxhall obteve registos de 12 recordes mundiais e seis recordes britânicos de resistência e velocidade. O ‘sprint’ de 24 horas foi realizado com modelos Astra de série, aos quais foi acrescentado equipamento de segurança como arco anti-capotamento, bancos de competição Corbeau e cintos de segurança Luke. Os automóveis foram vistoriados, selados e guardados sob supervisão das autoridades desportivas inglesas até à altura de irem para a pista. A Opel/Vauxhall aguarda o sancionamento dos registos pela FIA.

Opel-Astra-Rekordfahrt-288706

Para além de três especialistas da Opel, a condução nesta exigente prova foi repartida com nove jornalistas da especialidade automóvel. O antigo piloto de Turismos e actual director do departamento da Opel de ‘Performance Cars & Motorsport’, Volker Strycek, liderou a equipa. Strycek era um homem muito satisfeito com os registos obtidos no final da maratona de 24 horas: «Os dois Astra estiveram irrepreensíveis, andando sempre com acelerador a fundo. A combinação de ‘performance’ com eficiência traduz-se de forma notável nos resultados que alcançámos. E nenhum dos carros precisou sequer de uma gota de óleo».

Parceira desta iniciativa, a Michelin dotou ambos os carros com pneus Pilot Super Sports que equipam de série muitos dos modelos Astra. Para aferir a capacidade de os pneus suportarem tão dura prova, a Opel havia realizado testes complementares de cerca de 1000 km em pleno verão. Volker Strycek explica: «Fizemos uma única troca de pneus em cada carro, por mera precaução. O trabalho da suspensão e dos pneus é muito intenso nestas condições por causa das forças que são exercidas devido à inclinação do anel de velocidade».

Opel-Astra-Rekordfahrt-288712

Para além dos pilotos deste ‘sprint’, Volker Strycek comandou também uma equipa de ‘box’ muito experiente, que encarou a iniciativa como se se tratasse de uma prova desportiva tipo 24 Horas de Le Mans. Esta equipa executou de forma extremamente rápida tarefas como reabastecimentos e trocas de condutores, dia e noite, e foi graças aos seus elementos que os Astra estiveram parados apenas 22 minutos durante as 24 horas do ‘sprint’.

«Este teste duríssimo demonstra a durabilidade, a segurança e a ‘performance’ do Astra, em condições extremas que nenhum condutor tentaria normalmente», disse o Vice-Presidente interino da Opel/Vauxhall para Vendas e Pós-Venda, e Presidente e CEO da Vauxhall, Duncan Aldred. «Quando alguém compra um automóvel atribui importância máxima à fiabilidade e à segurança dinâmica. Para além dos recordes que nos propusemos alcançar, o intuito era também provar essas qualidades do nosso Astra».

Segue-me
Latest posts by Rui Augusto (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.