Renault Megane Red Bull Racing RB8: emoções em ambiente F1

Published On 11 de Outubro de 2013 | Novidades

Renault-Megane-Red-Bull-Rac

Junte o mais eficaz desportivo de tracção dianteira do mercado à equipa campeã do mundo de Fórmula 1 em título e o resultado dá pelo nome de… Renault Mégane R.S. Red Bull Racing RB8! Os 265 cavalos de potência, a exclusiva cor crepúsculo, mas também as várias assinaturas Red Bull Racing tornam real o sonho de encarnar no Sebastian Vettel. Mas este é um sonho bastante exclusivo. Não pelo preço, já que vai ser comercializado por 38.550€, mas pela exclusividade associada a uma série limitada. Apenas 11 unidades do Renault Mégane R.S. Red Bull Racing estão destinadas a Portugal, mas todas equipadas com a mais recente geração do R.S. Monitor – o mais completo sistema de telemetria do mercado!

Se o domínio que a parceria Red Bull Racing Renault tem evidenciado na Fórmula 1 começa a ganhar contornos históricos, até por estar em boa posição para conquistar o tetra campeonato, o Mégane R.S., há mais anos que reivindica o estatuto de mais rápido desportivo de tracção dianteira do mercado. No “inferno verde” de Nürburgring (a pista de desenvolvimento e de testes da maioria dos desportivos e superdesportivos), desde 2008 que nenhum outro modelo consegue destronar o Mégane R.S. do topo da tabela de tempos. Depois do “radical” Mégane R26.R, em 2011, foi a vez do Mégane Trophy estabelecer um recorde que ainda nenhum outro modelo de tracção dianteira conseguiu superar.

A escolha do Mégane R.S. para homenagear o tricampeonato conquistado em 2012 pela equipa Red Bull Racing acaba assim por ser perfeitamente natural. O resultado é uma série limitada designada por Renault Mégane R.S. Red Bull Racing RB8. Onze unidades do modelo estão reservadas para Portugal – o que realça ainda mais o seu carácter exclusivo. Ou seja, este é um daqueles casos raros em que a procura vai ultrapassar largamente a oferta, até pelo facto de ser comercializado por uns surpreendentes… 38.550€!

E são vários os pormenores distintivos do Renault Mégane R.S. Red Bull Racing RB8… A exclusiva cor azul crepúsculo da carroçaria remete imediatamente para o universo da Fórmula 1, já que é inspirada no azul dos monolugares da Red Bull Racing. Os acabamentos exteriores “Platinun Grey” nos espelhos retrovisores, na grelha dianteira, no “aileron” traseiro e no aro das jantes em liga leve de 19 polegadas; bem como o “stripping” Red Bull Racing na traseira e nas laterais e o autocolante “World Champion” nos vidros traseiros laterais completam um pacote estético que acentua o carácter desportivo da versão, mas sem abdicar de uma imagem algo distinta.

No habitáculo também são vários os elementos diferenciadores do Mégane R.S. Red Bull Racing RB8… Natural destaque para a placa numerada em alumínio e para a inserção do símbolo “Red Bull Racing” nas soleiras das portas em metal, nos tapetes e nos bancos da Recaro – autênticas bacquet!

Diagrama GG

Mas ainda no interior, esta série limitada estreia dois sistemas que, no futuro, serão transversais à restante gama Mégane R.S.: o Renault R-Link e o R.S. Monitor 2.0.

O tablet multimédia integrado R-Link, com as funções multimédia de navegação, rádio, telefone e audiostreaming Bluetooth®, entradas para aparelhos portáteis e serviços online é comum aos restantes modelos da marca, mas incorpora um “pequeno” grande pormenor: o R.S. Monitor 2.0.

Se, até hoje, o Mégane R.S. era dotado de um sistema de telemetria que só tinha paralelo nos superdesportivos, a segunda geração do R.S. Monitor pode mesmo ser considerado o mais completo sistema de telemetria montado em fábrica num automóvel de grande produção e mesmo comparando com alguns superdesportivos.

Por estar incorporado no R-Link, beneficia da amplitude conferida pelo ecrã de sete polegadas em 3D, com comando táctil ou através do joystick colocado na consola central. Os grafismos, as cores, mas também as múltiplas informações e funções que encerra constituem uma significativa evolução em relação à anterior versão do R.S. Monitor.

Na realidade, o R.S. Monitor satisfaz até o mais exigente amante de condução desportiva, tantas são as informações que disponibiliza. Uma vez aos comandos do Mégane R.S. Red Bull Racing RB8, até o Sebastian Vettel ficaria espantado com toda a panóplia de informações, mais comum no universo da Fórmula 1. Nesse sentido, destaque para:

  • Os “Manómetros” com informação da temperatura de água, óleo do motor, caixa de velocidades, embraiagem; mas também com informação do binário, potência do motor, admissão de ar, combustível, ângulo do volante, etc…
  • Os “Gráficos de Barras” que mostram os valores dos parâmetros escolhidos de forma numérica e gráfica, como binário, potência, pressão do turbo, etc…
  • O “Gráfico de Performance”, que mostra as variações das acelerações em função da distância e/ou velocidade;
  • O “Diagrama G-G”, que indica a performance máxima através da combinação entre a aceleração longitudinal e lateral. Um diagrama G-G é específico para cada velocidade;
  • O manómetro de “Aderência das Rodas Motrizes”, que monitoriza o funcionamento do diferencial, indicando a repartição de binário entre as rodas dianteiras (motrizes) em função da aderência do momento;
  • Os gráficos “Curvas Motor”, que permitem visualizar as curvas de potência e binário do motor, bem como os valores representativos do regime de utilização;
  • O “Osciloscópio” que, em função do parâmetro (potência, temperatura, binário, etc…) escolhido pelo utilizador, mostra a sua variação de forma gráfica e através de um manómetro;
  • O “Cronómetro”, que permite medir o tempo decorrido entre um ponto de partida e um ponto de chegada definidos pelo utilizador;
  • O “Cronómetro GPS”, que permite medir o tempo decorrido entre um ponto de partida e um ponto de chegada definidos pelo utilizador, apesentando o percurso/circuito realizado;
  • A “Aquisição de Dados”, que permite a gravação de todos os dados num dispositivo de armazenamento USB, informando ainda o espaço e o tempo disponíveis;
  • O “R.S. Manutenção”, que avalia o estado do desgaste dos pneus, amortecedores, pastilhas e discos de travão e, em função desses dados, estabelece uma previsão para a próxima manutenção.

Cronometro GPS

O Renault Mégane R.S. Red Bull Racing RB8 só está disponível com o chassis Cup, sendo equipado com o motor 2.0 litros 16v turbo a gasolina, com 265 CV (195 kW) de potência às 5500 rpm e um binário de 360 Nm a partir das 3000 rpm. Com emissões de 174 g de CO2 (graças à introdução do sistema Stop & Start), este bloco posiciona-se entre os melhores da categoria, já que permite atingir uma velocidade máxima de 254 km/h, cumprir dos 0 aos 100 km/h em escassos 6 segundos e chegar dos 0 aos 1000 metros em 25,4 segundos.

Em Portugal, o Renault Mégane R.S. Red Bull Racing RB8 beneficia, tal como os restantes modelos da gama Renault, da garantia contratual de cinco anos / 150.000 km.

Segue-me
Latest posts by Rui Augusto (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.