Rumor: Toyota de regresso à F1?

Published On 23 de Abril de 2013 | Desporto

toyota-formula1

A marca japonesa esteve presente na categoria máxima do desporto automóvel entre 2002 e 2009 sem conhecer grande sucesso, ou qualquer vitória, mesmo dispondo de um dos maiores orçamentos já conhecidos na Fórmula 1. Saiu sem glória mas parecem ganhar força os rumores que colocam a marca de novo no grande palco.

É já no próximo ano que entrará em vigor um novo regulamento no que diz respeito aos motores. Como serão motores turbo, de baixa cilindrada (1600cc V6), muitas são as marcas de automóveis que tem manifestado o interesse em participar neste campeonato nos próximos anos.

No caso da Toyota seria um regresso, assim como a Honda que brevemente irá anuncia a sua decisão para voltar à F1. Há também a forte possibilidade (segundo outros rumores) de o grupo VAG se vir estrear nesta categoria, o que seria algo inédito e uma mais-valia.

Ainda assim no caso particular da Toyota, há quem diga que a marca japonesa apenas voltará como fornecedora de motores e não como equipa oficial como no passado. Aliás segundo os mesmos rumores, a equipa que irá receber os motores da Toyota será de novo a Williams, algo que já aconteceu em 2007, 2008 e 2009.

A Toyota actualmente ainda detém a estrutura desportiva em Colónia na Alemanha, mas aproveitou esta para dedicar-se por completo ao Campeonato do Mundo FIA de Endurance, competição essa reveladora que o gigante nipónico tem qualidades para se bater de igual para igual com a (competitiva) Audi nesse campeonato.

Sabe-se que este ano irá continuar nesse campeonato de resistência, e onde já planeia construir e desenvolver um novo protótipo, tendo em conta o futuro regulamento de 2014. Isto contudo não deverá ser impedimento para entrar na Fórmula 1 de novo já que o construtor japonês tem capacidade financeira para estar presente em ambas as competições de forma oficial.

Sérgio Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.