Seat Leon Cupra 280

Published On 8 de Janeiro de 2014 | Novidades

9e33b35ac23643a005603ead48a91761_XL

A Seat revelou as primeiras fotos e os detalhes técnicos do novo Leon Cupra 280, que se torna assim no automóvel produzido em série mais potentes que a marca espanhola alguma vez produziu. Para além disto é a primeira vez que este modelo é disponibilizado com uma carroçaria de três portas conhecida como SC.

Este novo modelo será disponibilizado com dois níveis de potência, um com 265 cavalos e o mais potente com 280 cavalos. Em ambos os modelos, a unidade motriz é o motor de 2,0 litros TFSI, que é partilhado com outros automóveis do grupo VAG caso do Golf R ou do Audi S3.

No entanto este modelo não contará com o sistema de tração às 4 rodas que equipam os modelos acima descritos, já que a Seat apenas disponibiliza o Cupra com tração frontal.

No entanto para melhor a tração a Seat equipa o Cupra com um diferencial autoblocante semelhante ao que é usado no Golf GTI, quando este é equipado com o Performance Pack.

A Seat oferece dois tipos diferentes de transmissão, uma caixa de 6 velocidade manual ou um caixa automática de dupla embraiagem DSG.

As performances são de bom nível para ambas as versões, o Leon Cupra SC de 265 cavalos com caixa de 6 velocidades cumpre o exercício de 0 a 100 km/h em 5,9 segundos, quando equipado com caixa de velocidade DSG é 0,1 s mais rápido.

O Leon Cupra de 280 cavalos cumpre o arranque de 0 a 100 km/g em 5,7 segundos com a transmissão DSG. Ambas as versões anunciam um consumo médio de 6,4 l/100 km e de 6,6 l/100 no caso das versões com caixa manual.

Para além da potência extra a versão Cupra 280 conta com jantes especiais de 19 polegadas, capas de espelho em preto e um aileron traseiro.

Pela primeira vez o Cupra recebe uma nova direção progressiva de origem, que segundo a marca melhora o comportamento em curva assim como a agilidade do modelo.

Quando combinado com o diferencial autoblocante e a nova geração do Dynamic Chassis Control, o Cupra será significativamente mais desportivo e eficaz tanto em pista como em estrada em relação ao seu antecessor.

Pesando menos 55 kg que o modelo que agora substitui, e com ajuda do start/stop e equipamento de recuperação de energia, os Cupra com caixa manual emitirão 149 g/km e os consumos médios situam-se nos 6,4 l/100km para o modelo de 265 cavalos e 6,6 l/100km para o modelo de 280 cavalos.

Sérgio Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.