Subaru BRZ STI não vai ter turbo

Published On 6 de Agosto de 2013 | Novidades

car_photo_580240_25

As primeiras fotos da versão mais potente do Subaru BRZ STI foram divulgadas através da página japonesa da Subaru e revelam já algumas alterações no capítulo estético porém não são muito esclarecedoras em relação ao resto do carro. Este automóvel é o irmão do Toyota GT86 e do Scion FR-S, e é o primeiro a trazer mais potência como muitos fãs deste modelo tanto desejavam.

No capítulo estético é possível ver algumas alterações nos pára-choques. No frontal é adicionado um spoiler, e continuando na frente também se constata que existe extractores de ar nos cantos dos guarda-lamas.

car_photo_580237_25

Porém a grande novidade para esta versão as imagens não mostram, que é o facto de este modelo possuir mais potência que o modelo convencional. Porém ao contrário de muitos rumores, o motor de 2,0 litros boxer com injecção directa mantém-se naturalmente aspirado e não vai ter turbocompressor. Passará a debitar qualquer coisa como 240 cavalos e contará com um comando variável de válvulas e um regime de rotação máximo de 7500 rpm.

Segundo o responsável máximo pelo projecto o japonês Tetsuya Tada, que numa recente entrevista à revista Autocar, a não utilização de um motor turbo prende-se com a falta de espaço no compartimento para albergar um intercooler. Porém este responsável não descarta na totalidade a possibilidade de adoptar a sobrealimentação.

Outros dos possíveis cenários poderá por integrar neste modelo um sistema KERS semelhante ao usado na Fórmula 1. Reunindo estas características, este modelo facilmente poderá cumprir o arranque de 0 a 100 km/h em menos de seis segundos e conseguir uma velocidade máxima superior aos 225 km/h do “normal” BRZ.

car_photo_580243_25

Esta versão deverá adoptar muitos dos elementos do concept apresentado em 2011 que poderá ver nestas fotos, e deverá possuir um conjunto de alterações para acompanhar não só a potência como estar à altura da sigla STI. Travões maiores, jantes de 18 polegadas, suspensão mais baixa e preparada para maiores “abusos” e um kit aerodinâmico que provavelmente irá incorporar um aileron traseiro maior, sais laterais diferentes e um spoiler dianteiro.

car_photo_580246_25

Sérgio Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.