Toyota Auris Hybrid

Published On 12 de Janeiro de 2013 | Ensaios

Auris Hybrid

Depois do primeiro contacto com o novíssimo Toyota Auris, o Autoblog.pt foi uma vez mais convidado para testar um modelo único da gama Auris. Este novo modelo é mais uma “arma” importante da marca japonesa para se impor entre os modelos híbridos, em especial na Europa. Este tipo de solução começa a atrair cada vez mais pessoas para que privilegia uma condução com baixos consumos, especialmente em cidade e também para todas as pessoas que se preocupam com o meio ambiente, pois este modelo emite baixos valores de (93g/km) CO2 por quilómetro.

Convém recordar que o modelo Toyota Auris chegou a Portugal em Abril de 2007 e, desde então, foram comercializadas 16206 unidades no nosso país, tornando-se assim no segundo modelo mais vendido no nosso país, pela Toyota, logo a seguir ao Yaris.

toyota Auris híbrido

Sentados no seu interior, podemos constatar as mesmas qualidades anteriormente vistas no Auris 1.4 D4D. Nesta versão Hybrid, o centro de gravidade (mais baixo) encontra-se alterado em relação aos restantes Auris, pois as baterias encontram-se colocadas sob o banco traseiro. Esta alteração permite uma melhor capacidade de bagageira na ordem dos 10 litros e quer perfaz um total de 360 litros de capacidade disponível para carga.

Ao volante podemos constatar que o comportamento dinâmico do Auris Hybrid responde de forma eficaz às solicitações que lhe exigimos. É muito estável a curvar muito por culpa da melhor distribuição do peso e o centro de gravidade mais baixo, que tornam a condução do automóvel japonês muito segura e simplificada. E no fundo é o que se pretende neste segmento, ou seja uma grande facilidade de condução. Todos os comandos estão devidamente ajustados e calibrados para transmitir esse tipo de sensação, em especial a direcção e o comando preciso da caixa de velocidades.
No capítulo da suspensão, o conforto está garantido, e juntamente com uns bancos envolventes e confortáveis, contribuem para tornar qualquer viagem num exercício simples e sem queixumes.

interior Toyota Auris

Neste pequeno contacto foi possível verificar que este Auris é de facto um automóvel muito “poupadinho”, especialmente em cidade onde o motor eléctrico dá uma grande ajuda. A marca anuncia consumos muito reduzidos, 3,8 litros aos 100 de consumo combinado.

O seu motor a combustão tem 1.8 Litros de capacidade e em conjunto com o seu motor eléctrico perfaz um total de 136 cavalos, o que lhe permite cumprir o tradicional arranque de 0 a 100 km/h em 11,4 segundos. A velocidade máxima é de 180 km/h. A caixa de velocidades é a já conhecida CVT, ou seja é uma caixa de variação continua.

Este modelo pode ser escolhido com dois níveis de equipamento: Hybrid Comfort e Hybrid Sport. Ambos são muito generosos no equipamento de série, e poucas são as opções que ficam de fora da lista de série. Na configuração Comfort o destaque vai para a Ar condicionado automático o rádio com Bluetooth e ecrã táctil, a camara auxiliar de estacionamento e os tradicionais equipamentos de segurança, o controlo de estabilidade (VSC) e tracção (TRC) os airbags frontais, laterais, os de cortina e os airbags para os joelhos. Na versão Hybrid Sport os principais destaques no equipamento em vão as jantes são de 17 polegadas ao contrário das de 15 polegadas na versão Comfort, o sensor de luz e chuva, o sistema “Entry & Smart” que dispensa a chave para por o automóvel em funcionamento. O Ar condicionado neste modelo, também é automático mas acresce o “dual zone”. Outros equipamentos passam pelo Cruise Control, o Park assist, os estofos em pele parcial e respectivamente aquecidos, e a consola central em pele. Como principais opções está o tecto panorâmico (Skyview) que segundo a Toyota é o maior tecto em vidro montado num automóvel.

Auris

Os preços segundo os dados que nos cederam no concessionário, começam nos 27.000€ na versão Comfort e terminam nos 30.600€ para a versão Sport já com o sistema de navegação e o respectivo tecto panorâmico. Importante referir que a versão Comfort no Auris diesel custa 26.400€, o que significa que o Auris Hybrid tem um preço muito competitivo que juntamente com os baixos consumos pode ajudar na decisão aquando da compra de um destes modelos novos.

Como já tínhamos referenciado quando tivemos o primeiro contacto com o novo Auris, sendo o Auris Hybrid único no segmento C, em Junho do próximo ano vai chegar a carrinha Auris Touring Sports, que vai estar disponível, com os mesmos três tipos de motorização: híbrida, gasolina e diesel.

Uma vez mais um especial agradecimento ao Stand de vendas Caetano Auto (Litoral/Ribatejo) em Tomar e ao técnico de vendas Jorge Graça pela disponibilidade para este 1º contacto com o novo Auris Hybrid.

Sérgio Gonçalves
Latest posts by Sérgio Gonçalves (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.