Vangest JH12

Published On 28 de Agosto de 2012 | Geral

Já não é novidade que nosso país, existem portugueses capazes de feitos notáveis. No mundo automóvel, já foram feitos outros projectos interessantes, do melhor que se faz não só no nosso país como no estrangeiro. Um dos mais recentes exemplos disso, é o novo todo-o-terreno, 100% made in Portugal que vai competir no campeonato nacional da modalidade.

Este projecto existe por culpa de duas pessoas. Um, de seu nome Carlos Oliveira, um apaixonado pelo Todo o Terreno e um empresário de enorme sucesso e por outro lado do responsável máximo do design do veículo, João Ornelas. Carlos Oliveira contribuiu com os apoios financeiros e João Ornelas com o seu know-how.

Ambos fazem parte da empresa Vangest, e esta é uma empresa totalmente portuguesa que que conseguiu conquistar notoriedade a nível mundial. São muitas as qualidades deste grupo e onde porventura as que mais se destacam são: a inovação, qualidade, prestígio, criatividade. Com a sede na Marinha Grande, a Vangest fabrica inúmeros componentes para a indústria automóvel mundial, tendo várias marcas internacionais na sua carteira (VW, Skoda Hyundai Seat etc). Mas não é só o sector automóvel a requisitar os serviços desta empresa nacional, outros fabricantes procuram a qualidade de engenheira da Vangest, são eles fabricantes de aviões, como a Embraer, Boeing, Airbus, entre outras. Com 26 anos de história, a Vangest realça as qualidades do nosso país pelo globo em áreas tão diferenciadas, até mesmo na área médica.

Foi na zona centro do país, na Marinha Grande que nasceu o Vangest JH12, com a tecnologia Vangest e as linhas da Grandesign. Este veículo único de todo-o-terreno é destinado a ser pilotado por Carlos Oliveira tendo como co-pilotos encarregues da navegação, as suas filhas Ana e Rita Oliveira de forma alternada.

O Vangest JH12 by Grandesign é um 4×4 de chassis tubular, que possui uma caixa de velocidades Sadev muito comum nestas andanças e a sua locomoção pertence a um potente motor diesel de origem alemã. Um de 3,0 litros bi-turbo da BMW, capaz de debitar uns expressivos 280 cavalos de potência máxima.

Com um design verdadeiramente agressivo e robusto, este 4×4 está pronto para competir nas próximas provas do Campeonato Nacional de Todo o Terreno, com Carlos Oliveira a ter um privilégio de correr num projecto tão ambicioso, com uma esperança de futuro muito promissora. Pois se o Vangest estiver à altura dos acontecimentos, o objectivo passará mais tarde por conseguir construir um segundo JH12 e subsequentemente um evolução do mesmo, com especificações adaptadas para provas internacionais, uma vez que o projecto principal está vocacionado para as provas em solo português.

Sérgio Gonçalves
Latest posts by Sérgio Gonçalves (see all)

2 Responses to Vangest JH12

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.