BWW M550d xDrive – 4 turbocompressores e 400 cavalos de potência

Published On 27 de Abril de 2017 | Novidades

Esta nova unidade motriz vai estar disponível em breve no nosso país tanto na variante berlina como em carrinha e surge numa altura em que a marca alemã deu a conhecer a mais recente versão da Série 5 Touring.

Para os amantes do diesel e dos motores com grande binário a BMW dotou este motor de 3,0 litros, 6 cilindros com 4 turbos, um a mais do que a geração anterior. Como tal, a potência máxima é agora de 400 cavalos (mais 19 cv que antes) às 4400 rpm e 760 Nm (mais 20 nm que antes) logo às 1000 rpm.

Para passar ao solo toda esta potência, esta versão irá contar com o conhecido sistema de tração integral xDrive. De série (e única opção) acoplado a este sistema, irá estar uma caixa de velocidades automática de 8 relações com afinação especifica M Performance.

As performances anunciadas revelam que o exercício de 0 a 100 km/h é cumprido em 4,4 segundos na berlina e 4,6 segundos na carrinha. Ambos possuem a mesma velocidade máxima de 250 km/h, limitada eletronicamente. Os consumos médios de combustível anunciados para a berlina é de 5,9 l/100 e 6,2 l/100 para a carrinha.

Com suspensão adaptativa M Suspension e molas 10mm mais baixa que a restante gama o comportamento dinâmico desportivo está assegurado. Além destes componentes este modelo também contra com sistema de 4 rodas direcionais a que a marca dá o nome de Integral Active Steering.

A carroçaria recebe elementos estéticos específicos da versão “M” tais como; difusor traseiro, sais laterais diferentes, capas de espelhos, pinças de travão pintadas de azul e um aileron traseiro na mala. Na frente existe outros pormenores como a grelha pintada em cinza (Cerium) e para-choques especifico. A completar o pacote “M” as bonitas jantes de 19 polegadas de série.

O interior recebe soleiras das portas iluminadas com a respetiva inscrição M550d, bancos mais desportivos, abundância no revestimento em pele, alcântara e alumínio. Já o volante recebe as patilhas para troca de marchas e os pedais e instrumentação recebem o tradicional logo “M”.

Sérgio Gonçalves
Latest posts by Sérgio Gonçalves (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.